web analytics

Estariam os alienígenas utilizando nuvens como camuflagem para suas naves

 

alienígenas utilizando nuvens como camuflagem para suas naves

Uma série de imagens enviadas para a MUFON (Mutual UFO Network) investigar é agora o ponto de debate mais quente entre especialistas em clima e entusiastas de OVNIs. A imagem mostra um OVNI em forma de disco escondido atrás das nuvens, e muitas pessoas afirmam que é uma prova irrefutável de que os alienígenas estão monitorando as atividades humanas.

Nuvens lenticulares ou OVNI alienígena?

O incidente assustador aparentemente aconteceu no Reino Unido em 08 de junho de 2018, e a imagem foi capturada por um morador local quando ele saiu de casa para fumar um cigarro. Ele ficou surpreso ao ver uma gigantesca nave-mãe escondida atrás das nuvens e rapidamente capturou a imagem com seu smartphone.

As imagens capturadas logo se tornaram virais on-line, especialmente depois que o canal do YouTube ‘UFOmania’ a compartilhou. Depois de ver o vídeo, muitos céticos começaram a argumentar que o objeto visto pode ser na verdade uma nuvem lenticular, que é um fenômeno completamente natural.

No entanto, entusiastas de OVNIs se opuseram às reivindicações dos céticos e deixaram claro que as nuvens lenticulares não terão aquelas arestas definidas que o objeto mostrou na foto. De acordo com os teóricos da conspiração, os alienígenas visitam a Terra há centenas de milhares de anos e, na maioria das vezes, usam nuvens para se esconder dos seres terrestres.

Paul Courtney, um usuário do YouTube, argumentou que essas espaçonaves alienígenas poderiam estar usando tecnologia avançada de camuflagem na nuvem para esconder sua presença. Alguns outros comentaristas argumentaram que naves alienígenas têm habilidades de mudança de formatos.

Uma seção de outros usuários afirmou que esses avistamentos são imagens holográficas irradiadas nos céus como parte do ‘Project Blue Beam‘.

“Exibição holográfica mostrada para nos enganar e acreditar em alienígenas de outro planeta. O único problema é que eles são seres interdimensionais expulsos do céu para a terra, que uma vez eram anjos que se rebelaram contra Deus e são anjos caídos”, comentou Ruben.Janbroers, outro YouTuber.

Nesse meio tempo, uma seção de teóricos da conspiração conectou esse avistamento estranho aos programas de controle climático. Eles acreditam que o governo está executando um programa secreto de controle do clima no céu, e as formas bizarras de nuvens estão indicando que o programa está acontecendo de forma constante.

(Para informações de como ativar a legenda em português do vídeo abaixo, embora esta não seja precisa, clique aqui):

(Fonte)


Vale lembrar que a ocorrência de nuvens lenticulares é perfeitamente ‘explicável’ em regiões montanhosas, mas que ultimamente elas também têm aparecido em regiões planas, sem qualquer acidente geográfico que justifique suas formações.

Abaixo está um artigo com uma foto de uma dessas “nuvens” que apareceu na cidade de Porto Alegre, no Rio Grande do Sul (BR) em janeiro de 2014. Pode-se notar na foto que ela destoa totalmente das outras nuvens ao seu redor. OVNI?

Nuvens lenticulares (ou algo mais estranho) aparecem em regiões não propícias ao fenômeno

n3m3

Termos recém pesquisados por leitores:

"

ATENÇÃO: Os comentários abaixo são de responsabilidade única e exclusiva de seus próprio autores e o site OVNI Hoje não se responsabiliza por quaisquer inconveniências por eles causados, como também reserva o direito aos seus moderadores de banir qualquer usuário que bem determinarem. Ao usar a área de comentários abaixo, você concorda com esses termos.

Assim, seja civilizado ao comentar e reporte abusos, marcando tais comentários como 'inapropriados', acessando a pequena flecha apontada para baixo no lado direito de cada comentário.

Obrigado.

Ad Blocker Detectado

Olá leitor. O OVNI Hoje depende dos anúncios aqui publicados para que seja possível pagar sua hospedagem e trazer notícias a você de forma gratuita. Por favor, considere nos apoiar desabilitando o seu bloqueador de anúncios. Obrigado

Refresh