web analytics

Painel de discussão sobre OVNIs / UFOs pela American University é realizado

Lembra-se do painel de discussão que iria ser promovido pela American University (Universidade Americana), mas teve um pequeno contratempo quando o ex-apresentador da CNN, Miles O’Brien disse que não poderia servir como moderador do evento, devido aos conflitos em sua agenda? 

Pois bem, o painel ocorreu no dia 11 de novembro passado, e Miles O’Brian foi substituído e abaixo está um interessante artigo sobre este evento, publicado por Billy Cox em seu blog devoid, hospedado na Herald Tribune:

O trabalho intitulado Sovereignty and the UFO (A Soberania e o OVNI), escrito pelos cientistas políticos Alexander Wendt e Raymond Duvall em 2008, apresentou a teoria do porquê das instituições de alto ensino dos EUA serem incapazes de desempenhar sérios debates sobre ‘O Grande Tabu’.  A desconexão é mais política do que científica e o resultado disso, eles argumentam, foi a pobreza intelectual em ampla escala.

"Once you have eliminated the impossible, whatever remains, however improbable, must be the truth" -- Mister Spock/CREDIT: www.fanpop.com

“Um vez que você elimina o impossível, aquilo que sobra, embora improvável, deve ser a verdade” — Senhor Spock/CREDITO: www.fanpop.com

Eles declararam, “Se a primeira responsabilidade dos acadêmicos é a de falar a verdade, então a verdade é a de que após sessenta anos de OVNIs modernos, os seres humanos ainda não tem a menor ideia do que eles sejam, e nem mesmo estão tentando descobrir.  Isto deveria surpreender e perturbar a nós todos, bem como projetar uma dúvida sobre a estrutura de regras que requer e sustenta esta situação.

Na American University, o professor de relações internacionais Patrick Jackson, Reitor Associado da Escola de Serviço Internacional, não só está familiarizado com a obra de Wendt/Duval, mas também simpatiza com partes importantes dela.  “A ciência é a empolgação do não saber.  Eu gostaria de pensar que queremos que nossos alunos pensem mais amplamente do que simplesmente reproduzam de alguma forma a mesma velha ideia que escutaram durante suas vidas todas“, diz Jackson. “Eu quero dizer, o que é a estabilidade profissional como professor, se não for explorado aquilo que Nietzche chamou de pensamentos fora de hora?

Desta forma, na quarta-feira (11/11 – anteontem), Jackson se ofereceu para substituir o repórter de ciências da PBS, Miles O’Brien (devido aos conflitos na agenda de O’Brien), para moderar um painel de discussão de três horas da American University, intitulado “UFOs: Encounters by Generals, Pilots, and Government Officials.”  Este é um evento de entrada franca para o público em geral, que é a extensão de um seminário ministrado pelo professor de cinema, John Weiskopf.  Os participantes são: veterano da Força Aérea dos EUA, Charles Halt (Caso Bentwaters); cientista aposentado da NASA Richard Haines (fundador do Centro de Relatos da Aviação Nacional para Fenômenos Anômalos); investigador do caso Roswell, Thomas Carey; e a escritora do best seller do New York Times, Leslie Kean (UFOs: Generals, Pilots and Government Officials Go On the Record).

Isto é muito importante.  Embora um aumentado número de instituições estejam mais receptivas à ideia de patrocinar discussões sobre a inteligência extraterrestre, o modelo SETI — os ETs são como nós, brincando com sinais de rádio enquanto estão convenientemente presos em alguma ilha cósmica muito, muito longe — seria o máximo que eles considerariam.  A reunião de quarta-feria é (foi) diferente.

Quantas vezes uma classe de honra olha seriamente ao fenômeno dos OVNIs?  John Weiskopf deve ser premiado por ter feito isto acontecer“, declara Kean. “A American University está abrindo novos caminhos aqui, que poderiam ajudar a encorajar outras universidades a fazerem o mesmo.  Muitas pessoas e departamentos na AU estão divulgando este evento e eles levam muito a sério o assunto.  Eu espero que isso pavimente o caminho para a comunidade acadêmica se tornar mais objetiva e racional sobre este assunto.”

…”O que são as relações internacionais se não um encontro com ‘o outro’ de alguma forma? Neste caso, esta forma seria alienígena“, diz Jackson, que ainda não está convencido da evidência sobre a realidade ET.  “Se você olhar para a Jornada nas Estrelas, seja lidando com os Klingons, ou com a Federação, tudo é política internacional.  O que queremos fazer é estimular a criatividade intelectual e promover uma discussão robusta, e não fechar as portas dizendo que é uma prima facie absurda.

Poderia o sucesso do simpósio da AU sinalizar as outras universidade de que é OK promover fóruns sobre OVNIs sem ‘pegar piolhos’?  “Eu poderia imaginar um caminho“, diz Jackson. “Mas vamos fazer o fórum para ver o que acontece.”

– Billy Cox

Assim que tivermos maiores informações sobre os resultados do painel de discussão, publicaremos aqui no OVNI Hoje.

n3m3

Termos recém pesquisados por leitores:

"

ATENÇÃO: Os comentários abaixo são de responsabilidade única e exclusiva de seus próprio autores e o site OVNI Hoje não se responsabiliza por quaisquer inconveniências por eles causados, como também reserva o direito aos seus moderadores de banir qualquer usuário que bem determinarem. Ao usar a área de comentários abaixo, você concorda com esses termos.

Assim, seja civilizado ao comentar e reporte abusos, marcando tais comentários como 'inapropriados', acessando a pequena flecha apontada para baixo no lado direito de cada comentário.

Obrigado.

Ad Blocker Detectado

Olá leitor. O OVNI Hoje depende dos anúncios aqui publicados para que seja possível pagar sua hospedagem e trazer notícias a você de forma gratuita. Por favor, considere nos apoiar desabilitando o seu bloqueador de anúncios. Obrigado

Refresh