Capitão de companhia aérea filma vários OVNIs sobre o Colorado – EUA

Tempo de leitura: 4 min.

Após alarmantes recentes e múltiplos encontros de companhias aéreas comerciais envolvendo OVNIs, o jornalista e cineasta, Jeremy Corbell, obteve e compartilhou novas imagens exclusivas com o Liberation Times.

Capitão de companhia aérea filma vários OVNIs sobre o Colorado - EU
Captura de tela de vídeo.

A filmagem mostra misteriosos objetos brilhantes, testemunhados por mais de uma hora, antes de se fundirem em uma formação triangular. O evento foi capturado por um veterano capitão de uma companhia aérea comercial, com mais de 28.000 horas de voo, sobre os céus do estado do Colorado, nos EUA, no final de outubro de 2022.

Vídeo mostrando a formação do triângulo Fonte – Canal do YouTube de Jeremy Corbell

Vídeo mostrando a formação do triângulo tomando forma Fonte – Canal do YouTube de Jeremy Corbell

O capitão, que tem mais de quarenta anos de experiência, refletiu sobre o que presenciou, comentando:

“Sou piloto profissional há mais de 40 anos, com mais de 28.000 horas de voo. Nunca vi nada assim na minha vida.”

Tão chocado e confuso com o que ele e seu co-piloto estavam observando, o capitão de sua cabine e usando seu telefone, filmou (contra o pára-brisa) os objetos brilhantes.

O capitão, que deseja permanecer anônimo, comentou o evento, afirmando:

“Todo o evento começou por volta da meia-noite, horário do leste, na área do Colorado. Estávamos indo para o oeste a 35.000 pés (10.600 m), a cerca de 540 milhas por hora (870 km/h).

Então eu vi essa estrela cadente, que não cruzou o céu, mas veio verticalmente direto para a direita da Ursa Maior em uma velocidade incrivelmente alta.

Imediatamente depois, a nave apareceu. Eu vi esta nave brilhante movendo-se para cima e para baixo repetidamente. Então meu co-piloto disse: ‘P**a m**da, são dois deles’. Havia um brilhante e outro mais escuro e, à medida que a hora passava, eles começaram a ficar mais brilhantes.”

De acordo com o capitão, outra luz desapareceu repetidamente antes de reaparecer na primeira hora do encontro.

O relato fornecido pelo capitão, apoiada por imagens que o acompanham, parece mostrar vários objetos coordenados entre si, sugerindo controle inteligente.

Os objetos permaneceram na mesma seção do céu por mais de uma hora, o que o capitão pôde observar de sua visão da cabine. Isso o levou a acreditar que eles não estavam localizados na atmosfera da Terra. Porém ele não acredita que eram satélites devido à falta de movimento.

O capitão disse:

“Os satélites e a estação espacial se movem no céu. Estes não se moveram por 500 milhas (800 km). Eles não ficaram maiores ou menores. Eles estavam tão altos e pareciam não estar em nossa atmosfera.”

Pelo ângulo de observação, a visão estacionária também poderia indicar que o objeto estava seguindo ou rastreando a aeronave. Depois de uma hora, uma formação triangular começou a surgir quando uma terceira luz apareceu. O capitão comentou:

“A grande nave ficou em um ponto enquanto as outras duas começaram a se mover. O vídeo mostra-os em um triângulo que durou cerca de 20 minutos. Recebemos então um novo rumo e perdemos a visão pelo resto da noite.”

O vídeo também mostra o que o capitão chama de “nave maior” se separando em dois objetos. Sobre este aspecto, o capitão comentou:

“A nave maior no final do vídeo parecia começar a se separar, mas permaneceu na posição original. Uma explicação possível poderia ser ela vindo a nós a uma velocidade incrível.”

O Liberation Times conversou com uma fonte contratada de defesa para fornecer uma análise do vídeo e do relato de uma testemunha ocular.

A fonte comentou:

“Depois de ler o depoimento da testemunha ocular, o avistamento parece bastante inexplicável. Uma estrela cadente/meteoro desceu verticalmente em alta velocidade e um objeto luminoso se dividiu em dois, três objetos luminosos que ficaram estacionários por centenas de quilômetros.

“Satélites como o Starlink definitivamente mostrariam movimento, e drones militares de alta altitude não permaneceriam estacionários por tanto tempo. A filmagem mostra uma formação triangular que consiste em uma nave triangular com vértices iluminados ou uma formação triangular de uma nave maior seguida por duas naves menores.

“Mas os drones de reconhecimento de alta altitude não irradiariam tanta luz, pois são projetados para serem furtivos e definitivamente não voariam em formação delta, como visto nas imagens. Os drones de reconhecimento operam sozinhos e escuros. E os satélites normalmente não aparecem em uma formação delta e certamente teriam se movido com o passar do tempo. Não consigo pensar em nada que se comporte assim.”

O caso traz à tona um tópico maior de como os incidentes de OVNIs são tratados pelas companhias aéreas comerciais, com o capitão afirmando que sua empresa é “contra nós falando sobre OVNIs”.

Jeremy Corbell, que obteve a filmagem e o testemunho, comentou:

“Os pilotos devem ser capazes de relatar encontros com OVNIs sem medo de represálias. Este não é o clima atual em que estamos vivendo. Isso precisa mudar. Cada vez mais sou contatado por pilotos de companhias aéreas comerciais e privadas.

Há um sentimento comum compartilhado de medo sobre ir a público com o que eles testemunharam ou encontraram. O estigma e as represálias, que são muito reais dentro dessa indústria, estão tornando mais difícil denunciar o que está acontecendo – com maior frequência.

O Congresso está exigindo mais informações sobre OVNIs e encontros da aviação por causa das ameaças à segurança da aviação e à Segurança Nacional. O DoD (Departamento de Defesa) reconhece o valor desse pensamento e concordou em continuar a persegui-lo.

“Por que essa m***a ainda está acontecendo? Por mais de 75 anos, os pilotos foram desencorajados de relatar encontros com OVNIs. Isso não pode continuar.”

Ryan Graves, ex-aviador naval, que co-presidente da Comunidade de Interesse Aeroespacial Não Identificado do Instituto Americano de Aeronáutica e Astronáutica (de sigla em inglês, AIAA), falou ao Liberation Times sobre o tema da segurança de voo em voos comerciais.

Graves comentou:

“As companhias aéreas não devem esperar até que haja ciência estabelecida sobre a origem de qualquer caso particular de OVNI. Há coleta de dados prudente e medidas de segurança que podem ser implementadas agora para aliviar a incerteza da tripulação.

“A Comunidade de Interesse AIAA UAP está reunindo especialistas em assuntos de segurança da aviação para ajudar a permitir mudanças nas políticas de segurança nas agências apropriadas com dados e fatos”.

A nova filmagem ocorre antes que o Gabinete do Diretor de Inteligência Nacional divulgue um novo relatório OVNI não classificado. Recentemente, militares internos tentaram enquadrar o relatório através da mídia, concentrando-se em objetos que podem identificar, enquanto ignoram os casos mais importantes, convincentes e inexplicáveis.

Com os recentes incidentes de companhias aéreas comerciais vindo à tona, parece que os eventos de OVNIs estão aumentando, ecoando um relatório de Inteligência do Senado, que afirmou que “ameaças transmídia à segurança nacional dos Estados Unidos estão se expandindo exponencialmente“.

(Fonte)

Colaboração: MaryH


E não esqueça: nossa página principal é atualizada diariamente, com novos artigos podendo ser publicados ao longo do dia. Clique aqui.

Atenção: Qualquer artigo aqui publicado serve somente para cumprir a missão deste site. Assim, o OVNI Hoje não avaliza sua veracidade totalmente ou parcialmente.

Participe dos comentários mais abaixo… e (importante) se puder, colabore na manutenção do OVNI Hoje utilizando o QR code do PIX abaixo, ou use a chave PIX “OVNIHoje” (sem as aspas):

Agradecimentos aos colaboradores dos últimos meses: Edward de Lima, José de Castro, Teogenis de Oliveira, Egídia dos Santos, Silas Raposo, Reinaldo Galhardo, Luiz Buria, Silas Raposo, Maria Dorotea Soares..

Muito obrigado!


ÁREA DE COMENTÁRIOS

ATENÇÃO:

  • Os comentários são de responsabilidade única e exclusiva de cada pessoa que comenta. O OVNI Hoje não se responsabiliza por transtornos, rixas ou quaisquer outras indisposições causadas pelos comentários.
  • Comente educadamente e com ética, sempre tratando seu colega de comentários como você mesmo/a queira ser tratado/a.
  • Qualquer comentário com “pregação” política ou religiosa, obsceno ou inapropriado será prontamente apagado pelos moderadores.
  • A PRIMEIRA TENTATIVA DE BURLAR AS REGRAS INCORRERÁ EM BANIMENTO DA ÁREA DE COMENTÁRIOS!

hit counter code
Ads Blocker Image Powered by Code Help Pro

BLOQUEADOR DE ANÚNCIOS DETECTADO!!!

Caro leitor, a existência do OVNI Hoje depende exclusivamente dos anúncios apresentados aqui. Por favor, apoie o OVNI Hoje e desabilite seu bloqueador de anúncios para este site. Obrigado!