Prepare-se para o contato alienígena antes que seja tarde demais, alertam os cientistas

Tempo de leitura: 3 min.

Os alienígenas podem entrar em contato com a Terra amanhã e devemos saber o que dizer a eles, alertaram os cientistas, ao lançarem um novo centro de pesquisa para preparar a humanidade para o primeiro contato.

Prepare-se para o contato alienígena antes que seja tarde demais, alertam os cientistas

A Universidade de St. Andrews uniu forças com a Rede de Pesquisa SETI (Search for Extraterrestrial Intelligence – Procura por Inteligência Extraterrestre) do Reino Unido para estabelecer protocolos e procedimentos se alienígenas forem encontrados.

A equipe alerta que, embora existam medidas para lidar com ameaças representadas por impactos de asteroides, não há uma resposta acordada se um sinal de rádio for captado de outra forma de vida inteligente.

O SETI Post-Detection Hub reunirá especialistas de todo o mundo para decidir como decifrar métodos, promulgar leis espaciais e antecipar impactos sociais.

O Dr, John Elliott, pesquisador honorário da Escola de Ciência da Computação em St. Andrews e coordenador do Hub, disse:

“Alguma vez receberemos uma mensagem dos ETs? Nós não sabemos. Também não saibamos quando isso vai acontecer.

Mas sabemos que não podemos nos dar ao luxo de estar mal preparados – científica, social e politicamente sem rumo – para um evento que pode se tornar realidade já amanhã e que não podemos nos dar ao luxo de administrar mal.

Precisamos coordenar nosso conhecimento especializado não apenas para avaliar as evidências, mas também para considerar a resposta social humana, à medida que nossa compreensão progride e o que sabemos e o que não sabemos for comunicado. E a hora de fazer isso é agora.”

A verdade está lá fora

O potencial de problemas na comunicação com a vida alienígena foi explorado na quarta parte da franquia de filmes Star Trek, The Voyage Home (Brasil: Jornada nas Estrelas IV: A Volta para Casa / Portugal: Star Trek IV: Regresso à Terra).

Ele retrata uma sonda alienígena enviando uma mensagem que inadvertidamente causa estragos na tecnologia humana, com a crise apenas resolvida quando Kirk e sua tripulação percebem que está tentando se comunicar com as baleias do planeta.

Muitos cientistas agora pensam que a vida inteligente em outras partes do universo é uma possibilidade real, e a NASA lançou recentemente uma investigação de nove meses para investigar centenas de avistamentos de OVNIs inexplicáveis.

A investigação sobre ‘fenômenos aéreos não identificados’ está sendo liderada pelo Dr. Thomas Zurbuchen, da Diretoria de Missões Científicas da NASA, e deve apresentar um relatório no próximo verão.

No ano passado, a Força-Tarefa OVNI do Pentágono divulgou um relatório sobre 144 incidentes de OVNIs entre 2004 e 2021, muitos dos quais foram vistos por pilotos militares.

Embora os investigadores concluíssem que não havia evidências de que os objetos tivessem vindo do espaço sideral ou de um adversário estrangeiro, eles disseram que a maioria não podia ser explicada.

Protocolos precisam ser atualizados

Atualmente, os únicos protocolos de ‘contato’ acordados existentes para encontrar vida alienígena foram elaborados pela própria comunidade SETI em 1989 e não foram revisados ​​desde 2010. Mas eles se concentram inteiramente na conduta científica.

A Royal Society realizou uma Reunião de Discussão Científica sobre “A detecção de vida extraterrestre e as consequências para a ciência e a sociedade” em 2010, mas não houve um acordo global sobre como lidar com o contato.

Aprender a decifrar uma língua ou método de comunicação alienígena provavelmente será um dos principais obstáculos que os especialistas precisarão considerar.

Em um recente documentário da BBC, “First Contact: An Alien Encounter” (“Primeiro Contato: Um Encontro Alienígena”, em tradução livre), os cientistas admitiram que talvez nunca seja possível entender o que os alienígenas estão tentando nos dizer.

Alexander Rehding, professor de música da Universidade de Harvard, disse que os humanos ainda não aprenderam a traduzir a comunicação animal.

Ele disse:

“As baleias são um estudo muito bom e, de certa forma, são a coisa mais próxima que temos de alienígenas aqui na Terra.

As baleias são altamente inteligentes e seu ambiente é totalmente diferente do nosso. Os padrões que ouvimos são puramente padrões que reconhecemos como música, padrões repetidos.

É uma forma de vocalizar, mas não sabemos realmente para que serve. É música, é uma linguagem? O que isto significa? Isso pode nos dar uma noção de quão difícil é a tarefa em mãos.”

O Dr. Elliott admitiu que decifrar uma língua alienígena seria complicado sem algum tipo de Pedra de Roseta extraterrestre.

Ele disse:

“No entanto, muito pode ser colhido, sem isso. A linguagem para espécies inteligentes tem um sistema estruturado de várias camadas e estrutura interna.

Ao identificar quaisquer padrões dentro do sinal e calcular como esses padrões interagem, poderemos saber se ele passa nesse teste inicial de estrutura de superfície para exibir evidências de ser semelhante a uma linguagem.

Se sim, poderemos então passar a identificar as estruturas internas exibidas por todas as espécies inteligentes conhecidas. Uma vez feito isso, podemos passar para níveis mais profundos de ‘sintaxe’ para, finalmente, onde ela ‘encontra’ a semântica.”

William Borucki, ex-cientista espacial da NASA, acrescentou:

“Quando vejo como Hollywood retrata o contato, uma das coisas que acho irreal é que as pessoas podem se comunicar prontamente e têm ambições semelhantes, respostas semelhantes.

Mas quando penso na vida inteligente e na variedade dela na Terra, temos cães, macacos, polvos que têm a inteligência nos braços, não na cabeça.

Não podemos falar com a maioria das criaturas da Terra de maneira inteligente. Como vamos falar com civilizações inteligentes? Não tenho certeza se algum dia as entenderemos.”

(Fonte)

Colaboração: Sel


Bem, obviamente o que se leu acima é o ponto de vista de parte da comunidade científica – uma comunidade que procura por respostas em tudo e é altamente inclinada à opinião pessoal quando não se tem algum tipo de comprovação.

Assim, em se tratando de opinião pessoal e ao contrário do que alguns esses cientistas pensam, eu apostaria que se há seres inteligentes visitando o nosso planeta, eles sabem muito bem como comunicar conosco, pois, se formos considerar todos os registros históricos, eles têm estado aqui há milênios.

Mas é claro, a ciência convencional duvida disso.

n3m3

E não esqueça: nossa página principal é atualizada diariamente, com novos artigos podendo ser publicados ao longo do dia. Clique aqui.

Atenção: Qualquer artigo aqui publicado serve somente para cumprir a missão deste site. Assim, o OVNI Hoje não avaliza sua veracidade totalmente ou parcialmente.

Participe dos comentários mais abaixo… e (importante) se puder, colabore na manutenção do OVNI Hoje utilizando o QR code do PIX abaixo, ou use a chave PIX “OVNIHoje” (sem as aspas):

Agradecimentos aos colaboradores dos últimos meses: Edward de Lima, José de Castro, Teogenis de Oliveira, Egídia dos Santos, Silas Raposo, Reinaldo Galhardo, Luiz Buria, Silas Raposo, Maria Dorotea Soares.

Muito obrigado!


ÁREA DE COMENTÁRIOS

ATENÇÃO:

  • Os comentários são de responsabilidade única e exclusiva de cada pessoa que comenta. O OVNI Hoje não se responsabiliza por transtornos, rixas ou quaisquer outras indisposições causadas pelos comentários.
  • Comente educadamente e com ética, sempre tratando seu colega de comentários como você mesmo/a queira ser tratado/a.
  • Qualquer comentário com “pregação” política ou religiosa, obsceno ou inapropriado será prontamente apagado pelos moderadores.
  • A PRIMEIRA TENTATIVA DE BURLAR AS REGRAS INCORRERÁ EM BANIMENTO DA ÁREA DE COMENTÁRIOS!
hit counter code
Ads Blocker Image Powered by Code Help Pro

BLOQUEADOR DE ANÚNCIOS DETECTADO!!!

Caro leitor, a existência do OVNI Hoje depende exclusivamente dos anúncios apresentados aqui. Por favor, apoie o OVNI Hoje e desabilite seu bloqueador de anúncios para este site. Obrigado!