web analytics

NASA diz que Alpha Cent AB oferece condição de vida

Um novo estudo que envolveu o monitoramento de Alpha Centauri por mais de uma década pelo Observatório de Raios-X Chandra, da Nasa, indica que quaisquer planetas que orbitam as duas estrelas mais brilhantes do sistema Alpha Cen provavelmente não serão atingidos por grandes quantidades de radiação de raios-X de suas estrelas hospedeiras.

Esta descoberta fornece notícias encorajadoras sobre um aspecto fundamental da habitabilidade planetária.

NASA diz que Alpha Cent AB oferece condição de vida

Mais de uma década de observações mostram que as duas principais estrelas do sistema Alpha Centauri não estão enviando níveis perigosamente altos de raios-X – uma boa notícia para qualquer exoplaneta que possa estar lá. Imagem: Raio X: NASA / CXC / Universidade do Colorado / T.Ayres; Óptica: Zdeněk Bardon / ESO

Os raios X e os efeitos climáticos relacionados ao espaço são perigosos para a vida desprotegida, diretamente através de altas doses de radiação e indiretamente através da remoção de atmosferas planetárias.

Alpha Centauri é um sistema de estrelas triplas localizado a pouco mais de quatro anos-luz, ou cerca de 40 trilhões de quilômetros da Terra.

Tom Ayres, da Universidade do Colorado em Boulder, disse:

Por ser relativamente próximo, o sistema Alpha Centauri é visto por muitos como o melhor candidato para explorar por sinais de vida.

A questão é, vamos encontrar planetas em um ambiente propício à vida como a conhecemos?

As estrelas no sistema Alpha Centauri incluem um par chamado “A” e “B” (abreviação AB) que orbitam relativamente perto uma do outra. A Alpha Cen A é uma gêmea próxima do nosso Sol em quase todos os sentidos, inclusive na idade, enquanto o Alpha Cen B é um pouco menor e mais escura, mas ainda assim bastante semelhante ao Sol.

A terceira estrela, Alpha Cen C (também conhecida como Proxima), é uma estrela anã vermelha muito menor, que viaja ao redor do par AB em uma órbita muito maior, que a leva a mais de 10 mil vezes do par AB do que a distância entre a Terra-Sol. Proxima atualmente detém o título de estrela mais próxima da Terra, embora AB estejam em segundo lugar.

Os dados do Chandra revelam que as perspectivas de vida em termos de bombardeio de raios-X atuais são realmente melhores em torno da Alpha Cen A do que do Sol, e as taxas da Alpha Cen B são apenas um pouco piores. Proxima, por outro lado, é um tipo de estrela anã vermelha ativa, conhecida por enviar perigosas explosões de radiação de raios X, e é provavelmente hostil à vida.

Ayres disse:

Isso é uma notícia muito boa para Alpha Cen AB em termos da capacidade de uma possível vida em qualquer um dos seus planetas sobreviver a ataques de radiação das estrelas. Chandra nos mostra que a vida deveria ter uma chance de lutar em planetas ao redor de qualquer uma dessas estrelas.

Embora um planeta notável do tamanho da Terra tenha sido descoberto em torno de Proxima, os astrônomos continuam procurando sem sucesso por exoplanetas em torno do Alpha Cen A e B.

Medições de longo prazo capturaram os altos e baixos da atividade de raios-X da AB, análoga ao ciclo de 11 anos da mancha solar do Sol. Eles mostram que quaisquer planetas na zona habitável de A receberiam uma dose menor de raios-X, em média, do que planetas semelhantes em torno do Sol. Para a companheira B, a dose de raios-X para os planetas da zona habitável é maior do que do Sol, mas apenas por um fator de cerca de cinco.

Em comparação planetas na zona habitável em torno de Proxima recebem uma dose média de raios-X cerca de 500 vezes maior que a Terra, e 50.000 vezes maior durante uma grande ejeção.

(Fonte)


n3m3

Loading...

ATENÇÃO: Os comentários abaixo são de responsabilidade única e exclusiva de seus próprio autores e o site OVNI Hoje não se responsabiliza por quaisquer inconveniências por eles causados, como também reserva o direito aos seus moderadores de banir qualquer usuário que bem determinarem. Ao usar a área de comentários abaixo, você concorda com esses termos.

Assim, seja civilizado ao comentar e reporte abusos, marcando tais comentários como 'inapropriados', acessando a pequena flecha apontada para baixo no lado direito de cada comentário.

Obrigado.

Ad Blocker Detectado

Olá leitor. O OVNI Hoje depende dos anúncios aqui publicados para que seja possível pagar sua hospedagem e trazer notícias a você de forma gratuita. Por favor, considere nos apoiar desabilitando o seu bloqueador de anúncios. Obrigado

Refresh