Coreia do Norte lança novo míssil por sobre o Japão. Coreia do Sul revida lançado próprio míssil como demonstração de força

Ouça este artigo...
Tempo de leitura: 2 min.

Por razões já mencionadas aqui anteriormente, o OH está de olho na situação crítica da Coreia do Norte. Hoje, mais uma notícia de que aquele regime comunista continua desafiando o mundo.

Coreia do Norte lança novo míssilA Coreia do Norte lançou outro míssil nesta sexta-feira, o primeiro lançamento de mísseis da nação desde o seu teste nuclear maciço há mais de uma semana, levando as autoridades dos EUA a emitir uma ronda de condenações.

O míssil foi lançado em direção ao leste na manhã de sexta-feira, a partir de Sunan, o local do aeroporto internacional de Pyongyang. Ele voou sobre o norte do Japão antes de pousar no Oceano Pacífico, de acordo com o US Pacific Command.

O presidente Donald Trump, que no mês passado prometeu “fogo e fúria” se a Coreia do Norte aumentasse suas ameaças nucleares, não comentou imediatamente. No entanto, o secretário de Defesa, Jim Mattis, chamou o míssil de um ato imprudente dos norte-coreanos, acrescentando que o míssil “voou por sobre o Japão e fez com que milhões de japoneses procurassem cobertura”. Mattis disse que o presidente Trump foi informado sobre o míssil.

O secretário de Estado, Rex Tillerson, disse que a última rodada de sanções do Conselho de Segurança das Nações Unidas “representa o piso e não o teto” das ações que precisam ser tomadas contra a Coreia do Norte.

Ele declarou:

O lançamento provocativo de mísseis da Coreia do Norte representa a segunda vez que as pessoas do Japão, um aliado dos Estados Unidos, foram ameaçadas diretamente nas últimas semanas. Essas provocações contínuas só aprofundam o isolamento diplomático e econômico da Coreia do Norte. As resoluções do Conselho de Segurança das Nações Unidas, inclusive a resolução de sanções unânimes mais recente, representam o piso, não o teto das ações que devemos tomar. Solicitamos que todas as nações tomem novas medidas contra o regime de Kim.

O Conselho de Segurança da ONU agendou uma reunião de emergência para a tarde de sexta-feira, a pedido dos EUA e do Japão.

Em resposta ao teste, a Coreia do Sul lançou um míssil balístico próprio para mostrar que pode chegar ao local de lançamento da Coreia do Norte.

(Fonte)

E como se não bastasse a loucura no oriente, notícias chegam de que a Rússia está executando manobras militares, com milhares de homens, perto de sua fronteira com países da OTAN, na Europa.

n3m3

hit counter code
Ads Blocker Image Powered by Code Help Pro

BLOQUEADOR DE ANÚNCIOS DETECTADO!!!

Caro leitor, a existência do OVNI Hoje depende exclusivamente dos anúncios apresentados aqui. Por favor, apoie o OVNI Hoje e desabilite seu bloqueador de anúncios para este site. Obrigado!