web analytics

O que aconteceria se enviássemos humanos a Vênus?

Ouça este artigo...
Tempo de leitura: 2 min.
se enviássemos humanos a Vênus
Renderização artística da superfície de Vênus. Crédito: ESA/AOES.

Vênus é um planeta notável de muitas formas. Localizado a cerca de 108 milhões de quilômetros do Sol, Vênus é frequentemente chamado de gêmeo da Terra, porque é quase igual em tamanho e composição.

No entanto, Vênus é um mundo extremo e enviar seres humanos para aquele planeta é impossível, devido a coisas terríveis que aconteceriam.

 

Vênus é o planeta mais quente do nosso Sistema Solar e tem o dia mais longo. Um dia em Vênus dura mais que um ano e você pode comemorar dois aniversários no mesmo dia.

Quando o astrônomo italiano Galileu Galilei estudou Vênus com um telescópio, ficou surpreso ao descobrir que aquele planeta apresentava fases.

Como a Lua, essas fases dependiam de onde o planeta e o Sol se encontravam em relação à Terra. A descoberta dessas fases foi muito significativa, porque já foi usada como evidência de que Vênus e outros planetas orbitavam o Sol e não a Terra.

 

Vênus não está longe e se enviássemos uma nave espacial, só levaria 100 dias para chegar ao planeta. O problema é que seria impossível explorar um lugar de desembarque devido às nuvens que são feitas de dióxido de enxofre venenoso.

Acreditava-se que sob as nuvens de Vênus havia um paraíso tropical, mas no Século XX os astrônomos aprenderam mais sobre a verdadeira natureza de Vênus na superfície.

As nuvens de Vênus fazem chover ácido sulfúrico. No entanto, devido à sua atmosfera quente, a chuva se evapora no ar gerando uma névoa de ácido sulfúrico com mais de 16 quilômetros de espessura.

Quando uma pessoa ou objeto sair da neblina, a temperatura é de 315 graus Celsius, e a pressão é 10 vezes maior do que no nível do mar na Terra.

Comparação de tamanho entre Vênus e a Terra. Crédito: NASA / JPL / Magellan.

Na superfície de Vênus, a pressão é 92 vezes maior e a mesma pressão que temos a 800 metros sob nossos oceanos. A temperatura na superfície é de 465 graus Celsius, e esse tipo de calor pode derreter o chumbo.

O pouso no Pólo Norte de Vênus também seria impossível. Vênus pouco inclina seu eixo e a temperatura em Vênus é a mesma dia e noite durante todo o ano.

Mesmo que de alguma forma conseguíssemos aterrar uma nave espacial em Vênus, que é um cenário muito pouco realista, seria muito difícil explorar o planeta, porque é difícil ver algo além de 3,2 quilômetros. Como se isso não fosse ruim o suficiente, um astronauta também precisaria de uma quantidade contínua de oxigênio. Vênus não tem campo magnético e o bombardeamento por radiação cósmica de alta energia é uma grande preocupação, e existe o risco de danos celulares e câncer.

Enviar seres humanos a Vênus dificilmente seria possível, mas entre 1972-1980, a ex-União Soviética conseguiu colocar 8 sondas sem tripulação em sua superfície. O maior tempo que uma dessas sondas durou foi de apenas 110 minutos.

Então, há uma boa razão pela qual Vênus é muitas vezes referido como nossa versão do sistema solar do inferno.

(Fonte)

Embora Vênus apresente todas essas características que são nocivas à vida tal como conhecemos, há quem diga que aquele planeta possa suportar um tipo de vida diferente, que consegue resistir a essas condições extremas.

Rússia libera imagens secretas de 30 anos do planeta Vênus

n3m3

hit counter code
Ads Blocker Image Powered by Code Help Pro

BLOQUEADOR DE ANÚNCIOS DETECTADO!!!

Caro leitor, a existência do OVNI Hoje depende dos anúncios apresentados aqui. Por favor, apoie o OVNI Hoje e desabilite seu bloqueador de anúncios para este site. Obrigado!