web analytics

Espaçonave ‘autônoma’ pode ajudar a salvar a Terra de colisões de asteroides


Batizada de ‘Hera’ em homenagem à deusa grega do casamento, esta proposta missão de defesa planetária visitaria o asteroide 65803 Didymos, de 780 metros de largura e seu minúsculo satélite, um objeto de 160 metros chamado informalmente de ‘Didymoon’.

* Conteúdo da matéria com veracidade comprovada, de fontes originais fidedignas. (Em se tratando de tese ou opinião científica, só pode ser garantida a veracidade da declaração da pessoa envolvida, e não o fato por ela declarado.) (Missão do OVNI Hoje)

Espaçonave 'autônoma' pode ajudar a salvar a Terra de colisões de asteroides
Uma impressão artística da nave espacial Hera da Agência Espacial Européia. (Imagem: © ESA)

Enquanto missões no espaço profundo normalmente dependem de controladores na Terra para enviar comandos de navegação, Hera terá um sistema de navegação automática integrado. Isso permitirá que a Hera se pilote em tempo real em vez de esperar vários minutos para receber um sinal de comando enviado pela Terra.

Paolo Martino, engenheiro chefe de sistemas da Hera, disse em um comunicado:

Se você acha que carros autônomos são o futuro na Terra, então Hera é a pioneira da autonomia no espaço profundo.

Ter um sistema de navegação autônomo permitirá que a espaçonave voe para mais perto de Didymos e Didymoon, o que permitirá obter melhores imagens de alta resolução de suas superfícies, disseram autoridades da Agência Espacial Européia (ESA) no comunicado.

Muito parecido com um carro autônomo, a espaçonave Hera contará com dados de sensores, câmeras e lasers “para construir um modelo coerente de seu entorno”, disse Jesus Gil Fernandez, engenheiro de orientação, navegação e controle da ESA.

A Hera não confiará inteiramente em seu piloto automático para esta primeira missão. A missão ainda é projetada para ser operada a partir do solo, e não começará a testar o novo sistema até que todos os principais objetivos da missão estejam completos, disse Fernandez.

A espaçonave Hera é uma parte da maior missão de avaliação de impacto e deflexão de asteroides (AIDA), que também inclui uma espaçonave da NASA que seguirá para o mesmo sistema de asteroides. A missão do Teste de Redirecionamento de Asteroides Duplos (DART) da NASA visa derrubar uma espaçonave na superfície do asteroide, e a espaçonave levará dois pequenos cubesats (satélites em forma de cubo) que examinarão a superfície do asteroide.

Enquanto a missão do DART é esmagar o asteroide, a missão de Hera é orbitar o asteroide e observar a colisão a uma distância segura, antes de descer para estudar a cratera de impacto de perto. O objetivo da missão é demonstrar uma estratégia de defesa planetária conhecida como deflexão de asteroide. Em outras palavras, os cientistas querem descobrir se é possível salvar a Terra de um ataque de asteroides potencialmente catastrófico ao lançar uma espaçonave contra o asteroide para tira-lo de sua rota.

(Fonte)

Colaboração: Lênio


Há uma preocupação real dos cientistas quanto a um possível impacto de uma rocha espacial contra o nosso planeta. Mas será que há mesmo uma real possibilidade de que sejamos exterminados pelo impacto de um asteroide?

Um astrofísico acha que sim:

n3m3

…E se você ainda não acessou nossa página principal, está perdendo um universo de informações.

Visite também nosso site associado, otimundo.com, para mais artigos interessantes, clicando aqui!

ATENÇÃO: Os comentários abaixo são de responsabilidade única e exclusiva de seus próprio autores e o site OVNI Hoje não se responsabiliza por quaisquer inconveniências por eles causados, como também reserva o direito aos seus moderadores de banir qualquer usuário que bem determinarem. Ao usar a área de comentários abaixo, você concorda com esses termos.

Assim, seja civilizado ao comentar e reporte abusos, marcando tais comentários como 'inapropriados', acessando a pequena flecha apontada para baixo no lado direito de cada comentário.

Obrigado.

Ad Blocker Detectado

Olá leitor. O OVNI Hoje depende dos anúncios aqui publicados para que seja possível pagar sua hospedagem e trazer notícias a você de forma gratuita. Por favor, considere nos apoiar desabilitando o seu bloqueador de anúncios. Obrigado

Refresh