web analytics

O que a Apolo 11 descobriu durante dois minutos perdidos de silêncio?

* Conteúdo da matéria ainda necessitando informações adicionais ou provas mais concretas para constatar a veracidade dos fatos, mesmo se vindo de fontes fidedignas. (Missão do OVNI Hoje)

A tripulação da Apolo 11, da NASA, conseguiu o primeiro pouso tripulado na Lua em 1969, mas há alguns pesquisadores que questionam se a agência espacial contou toda a verdade sobre o pouso. Aqui está o que alguns acreditam que aconteceu durante dois minutos misteriosos, quando a Apolo 11 ficou em silêncio no rádio.

O que a Apolo 11 descobriu durante dois minutos perdidos de silêncio?
Pouso na Lua: Pesquisadores afirmam que Neil Armstrong viu ‘OVNIs estacionados’ na Lua (Imagem: NASA / ANIÁS ANTIGOS)

Especialistas em pouso lunar que estudaram atentamente a missão Apolo 11 afirmaram corajosamente que a NASA está retendo informações sobre o que realmente aconteceu em 20 de julho de 1969. Logo após o pouso lunar da NASA, pilotado pelos astronautas Neil Armstrong e Buzz Aldrin, as comunicações de rádio foram interrompidas.

Aparecendo na série Alienígenas do Passado, do History Channel, o Dr. Michael Salla, autor de “Exopolitics: Political Implications of the Extraterrestrial Presence” (“Exopolítica: Implicações Políticas da Presença Extraterrestre”), disse que o fato tem estado no centro de um intenso debate.

O especialista disse:

Durante a missão lunar Apolo de 1969, após o pouso, houve uma lacuna muito estranha nas transmissões de rádio.

O que aconteceu nesses dois minutos tem sido objeto de muita controvérsia.

Ao longo dos anos, os céticos e teóricos da conspiração usaram os dois minutos de silêncio do rádio para desafiar a NASA e alegar que os humanos nunca foram à Lua.

Alguns cientistas e pesquisadores chegaram a afirmar que os astronautas da NASA encontraram evidências de atividade alienígena na Lua.

Um desses pesquisadores é o escritor David Childress, que disse que comunicados de ‘OVNIs estacionados’ na Lua foram interceptados durante essa lacuna e retidos do público.

Childress disse:

Os astronautas, aparentemente, conversaram sobre terem visto objetos extraterrestres na Lua, inclusive discos voadores estacionados ao longo da borda de uma cratera dentro da visão deles.

O também teórico da conspiração Mike Bara, autor de “Ancient Aliens on the Moon” (“Alienígenas do Passado na Lua”) também alegou que os astronautas da NASA ficaram impressionados com uma incrível descoberta.

Bara, que também apareceu no History Channel, disse que os dois astronautas da NASA estavam evidentemente perturbados com algo que viram na Lua, 30 minutos após o pouso.

A revelação foi feita por um canal “médico” secreto de comunicação entre a Apolo 11 e o controle da missão da NASA na Terra.

Bara disse:

Agora a verdade é que cada um dos astronautas tinha um canal médico separado.

Esse canal não era público e poderia ter sido usado com muita facilidade para transmitir informações que você não queria que fossem ouvidas nas transmissões do público em geral.

O que é realmente interessante sobre essa história, porém, é o fato de que 30 minutos após o pouso na Lua, essa história estava circulando pela NASA que, adivinhe só, eles viram algo na borda da cratera, todos estavam perturbados, eles não sabia o que fazer, eles não sabiam se deveriam sair.

E David Whitehead, apresentador de rádio e criador do podcast Truth Warrior, argumentou que a história é creditada pela linguagem corporal tensa e sombria do astronauta em entrevistas pós-retorno.

Withehead disse:

É interessante quando você assiste ao feed, quando eles voltam da Lua e eles não estão sentados pulando para cima e para baixo de alegria e dizendo: “Eu tive a experiência mais incrível da minha vida, eu estive na Lua”.

Eles não estão dizendo isso. Eles parecem muito sombrios, muito deprimidos, eles estão olhando para baixo.

Eles quase parecem querer vomitar – é tanto assim que estão perturbados.

Eles poderiam ter visto algo lá que não queriam contar ao público devido as implicações?

Após o sucesso da Apolo 11, a NASA enviou mais seis missões tripuladas à Lua antes que o interesse público pela exploração lunar diminuísse.

O último astronauta a pisar na Lua foi Gene Cernan, da missão Apollo 17 – *o 11º e último homem a pôr os pés no satélite natural da Terra.

(*Oficialmente, é claro. – n3m3)

O fato da NASA não ter voltado à Lua desde o encerramento do Programa Apolo tem sido outro ponto de discórdia entre os teóricos da conspiração e os céticos do pouso na Lua.

Alan Butler, autor de “Who Built the Moon?” (“Quem Contruíu a Lua?”), disse na séria Alienígenas do Passado:

Uma das questões mais interessantes em relação à nossa interação com a Lua, é o fato de nunca termos voltado lá desde o fim das missões Apolo.

E o que mais é muito revelador é que, embora a União Soviética na época estava quase conseguindo enviar seus próprios astronautas à Lua, isso parece nunca ter sido feito.

Será que havia agências associadas à Lua, alienígenas ou outros seres que desejavam que a humanidade permanecesse longe da Lua?

(Fonte)


Tendo os astronautas realmente pisado na Lua, ou não, a história está muito mal contada, com muitas lacunas ainda a serem preenchidas.

n3m3

…E se você ainda não acessou nossa página principal, está perdendo um universo de informações.

Visite também nosso site associado, otimundo.com, para mais artigos interessantes, clicando aqui!

ATENÇÃO: Os comentários abaixo são de responsabilidade única e exclusiva de seus próprio autores e o site OVNI Hoje não se responsabiliza por quaisquer inconveniências por eles causados, como também reserva o direito aos seus moderadores de banir qualquer usuário que bem determinarem. Ao usar a área de comentários abaixo, você concorda com esses termos.

Assim, seja civilizado ao comentar e reporte abusos, marcando tais comentários como 'inapropriados', acessando a pequena flecha apontada para baixo no lado direito de cada comentário.

Obrigado.

Ad Blocker Detectado

Olá leitor. O OVNI Hoje depende dos anúncios aqui publicados para que seja possível pagar sua hospedagem e trazer notícias a você de forma gratuita. Por favor, considere nos apoiar desabilitando o seu bloqueador de anúncios. Obrigado

Refresh