web analytics

Múmia de faraó pode ter sido removida para ocultar a verdade

* Conteúdo da matéria ainda necessitando informações adicionais ou provas mais concretas para constatar a veracidade dos fatos, mesmo se vindo de fontes fidedignas.

Múmia de faraó pode ter sido removida para ocultar a verdade

Em 1891, o arqueólogo italiano Alessandro Barsanti visitou Amarna, no Egito, em busca do corpo mumificado do faraó Aquenáton.

Ele explorou a tumba construída para Aquenáton, mas não conseguiu encontrar nenhuma evidência de sua múmia.

De acordo com o teórico, Giorgio A. Tsoukalos – falando na série Alienígenas do Passado – os arqueólogos estavam “certos” de que encontrariam seu corpo.

Em um episódio recente da série, o narrador faz a pergunta sobre o que aconteceu com o líder, sugerindo:

Talvez ele nunca tenha sido realmente enterrado em seu túmulo, ou ele pode ter sido removido.

Mas o mistério se aprofunda, de acordo com a série, uma vez que você mergulha na vida do governante. O reinado de 17 anos de Aquenáton, de 1353 aC até sua morte em 1370 aC, foi dominado por controvérsias.

Estátua do Faraó Aquenáton, retratado com corpo estranho.

O faraó procurou revolucionar a compreensão da religião, exigindo que seus súditos adorassem apenas um Deus em vez de vários.

A divindade em questão era o deus Sol, Aten – uma figura que o faraó disse ter visto entre as montanhas.

Os teóricos dos astronautas da antiguidade – que acreditam que alienígenas visitaram a Terra há milhares de anos – acreditam que esse ‘deus’ pode realmente ter sido uma nave voadora.

O autor David Wilcock, disse:

O Aton era algo que ele viu no céu entre duas montanhas, o que o inspirou a criar a cidade sagrada de Amarna.

A visão típica é que o Aten deve ser o Sol. Mas, é inteiramente possível que o que Aquenáton estava vendo fosse, na verdade, uma nave extraterrestre voando.

Giorgio também observou como as representações de Aquenáton com “um crânio alongado, uma barriga estranha e braços esquisitos”.

Ele concluiu:

Talvez Aquenáton não era desta Terra.

O narrador do episódio, em seguida, termina o segmento dizendo:

Imagine se a múmia de Aquenáton nunca foi encontrada porque foi deliberadamente escondida ou destruída, para evitar que descobríssemos suas origens alienígenas.

Essa não foi a única grande reivindicação feita no episódio da série.

Os teóricos também sugeriram que relíquias mostrando “meio pássaro, meio homem”, encontradas no Egito e no Peru, “provaram que alienígenas visitaram a Terra”.

(Fonte)


Aquenáton sempre foi retratado pelos antigos egípcios como tendo uma aparência um tanto estranha um homem humano. Uma pena não terem encontrado sua múmia, ou seus restos mortais, já que isto solucionaria definitivamente a dúvida de que ele poderia ter sido de outro mundo.

Para mais detalhes sobre este misterioso faraó, veja o artigo abaixo:

n3m3

…E se você ainda não acessou nossa página principal, está perdendo um universo de informações.

Visite também nosso site associado, otimundo.com, para mais artigos interessantes, clicando aqui!

ATENÇÃO: Os comentários abaixo são de responsabilidade única e exclusiva de seus próprio autores e o site OVNI Hoje não se responsabiliza por quaisquer inconveniências por eles causados, como também reserva o direito aos seus moderadores de banir qualquer usuário que bem determinarem. Ao usar a área de comentários abaixo, você concorda com esses termos.

Assim, seja civilizado ao comentar e reporte abusos, marcando tais comentários como 'inapropriados', acessando a pequena flecha apontada para baixo no lado direito de cada comentário.

Obrigado.

Ad Blocker Detectado

Olá leitor. O OVNI Hoje depende dos anúncios aqui publicados para que seja possível pagar sua hospedagem e trazer notícias a você de forma gratuita. Por favor, considere nos apoiar desabilitando o seu bloqueador de anúncios. Obrigado

Refresh