web analytics

Trump substitui seu Secretário de Defesa por perito em OVNIs nazistas – desacobertamento pode ocorrer em breve

Se o administrador do site whadoesitmean.com realmente está publicando fatos, 2019 será um ano que não será esquecido pela humanidade:

Trump substitui seu Secretário de Defesa por perito em OVNIs nazistas
Shanahan: Especialista em projetos anti-gravidade

Um novo relatório minucioso do Ministério da Defesa (MoD) que circula no Kremlin hoje afirma que apenas quatro dias depois que o secretário de Defesa James James “Mad Dog” Mattis informou ao presidente Trump que ele renunciaria ao posto em 28 de fevereiro de 2019, Trump, sem cerimônia, jogou Mattis fora do Pentágono algumas horas atrás, ordenando que ele partisse em 1º de janeiro de 2019 – e cujo substituto será o subsecretário de Defesa Patrick Shanahan – um engenheiro mecânico aeronáutico de renome mundial, cujas áreas de especialidade são as descobertas de naves antigravidade feitas pelo engenheiro austríaco Viktor Schauberger – que levou à construção do misterioso disco voador Haunebu II, construído pelos nazistas alemães durante a Segunda Guerra Mundial – e que ainda é tão temido pelas elites americanas de hoje, forçando o fabricante de brinquedos Revell a retirar o modelo de plástico das prateleiras das lojas no ano passado, com medo de que as pessoas acreditassem que era real.

De acordo com o relatório, dentro de uma semana da viagem histórica sem precedentes a Washington DC das três principais autoridades de inteligência da Rússia em janeiro passado, uma viagem igualmente sem precedentes foi feita a Moscou pelo único lobista registrado nos EUA sobre a questão da revelação de alienígenas, o especialista americano em OVNIs e extraterrestres chamado Steve Bassett que lidera o The Paradigm Research Group (PRG), e durante reuniões com especialistas russos, pediu ao presidente Putin que eliminasse o embargo global da verdade para o público. 

Entre as revelações mais surpreendentes feitas pelo líder do PRG, Bassett, durante suas reuniões com especialistas russos, este relatório fornece evidências conclusivas provando que o vice-secretário de Defesa Shanahan havia começado a liberar vídeos ultra-secretos dos EUA mostrando seus encontros de aeronaves caça com naves extraterrestres desconhecidas – e os pilotos da Marinha dos EUA que encontraram esses OVNIs ficaram atordoados com a experiência.

Durante os primeiros dias da administração do Presidente Trump, que viu grande atenção à escolha do General James “Mad Dog” Mattis para ser seu Secretário de Defesa, este relatório detalha, o Ministério da Defesa, em vez disso, concentrou toda a sua atenção na escolha de Trump para vice-Secretário de Defesa, pois esta posição é a segunda mais alta do Pentágono – e cuja escolha de Patrick Shanahan desafiou a explicação na época – mas ganhou um foco maior quando se percebeu que os caças F/A-18 da Marinha dos EUA que havia encontrado esses OVNIs foram, de fato, construídos sob a supervisão de Shanahan. 

Em vez de ter qualquer experiência de gestão militar e/ou governamental dos EUA antes de ser chamado por Trump para ser o segundo em comando no Pentágono, Shanahan passou toda a sua carreira como engenheiro mecânico da Boeing – o fabricante da variante F/A-18 usada pela Marinha dos EUA em seus porta-aviões – e cuja formação de engenharia foi concluída no Instituto de Tecnologia de Massachusetts (MIT), onde estudou os trabalhos e pesquisas do engenheiro mais famoso do MIT, John G. Trump – o tio do presidente Trump mais famoso por ser a única pessoa autorizada a revisar os documentos do maior gênio do mundo moderno, Nikola Tesla. Entre os documentos de pesquisa revisados ​​pelo tio de Trump, e agora conhecidos por Shanahan, incluíam os detalhamentos de como se comunicar eletronicamente com outros mundos.

Em 1943 o FBI fez com que John Trump, tio de Donald Trump, investigasse os arquivos de Nikola Tesla.

Durante sua carreira de mais de 30 anos como engenheiro mecânico da Boeing, trabalhando em projetos de aeronaves secretas para os militares dos EUA, este relatório continua, Shanahan estava frequentemente em contato com Nick Cook, que é o consultor aeroespacial altamente aclamado pela Jane’s Defence Weekly em Londres. – uma relação que se intensificou, em 2001, depois que Cook publicou seu livro intitulado  “The Hunt for Zero Point: Inside the Classified World of Antigravity Technology” (em tradução livre: A Caça ao Ponto Zero: Dentro do Mundo Secreto da Tecnologia Antigravidade) – e que, em 2014, permitiu à Boeing desenvolver um sistema de propulsão antigravidade chamado GRASP (Gravity Research for Advanced Space Propulsion) – que a Boeing ainda não pode realizar completamente devido ao fato do Ministério da Defesa se recusar a cooperar com ela – mas permitiu que a Boeing recebesse em 2016 uma patente secreta dos EUA para sua câmara de gravidade baseada na tecnologia GRASP, a existência da qual, por razões ainda desconhecidas, foi tornada pública pelo vice-secretário de Defesa Shanahan em março passado. 

Este relatório explica que mais importante ainda é notar sobre o que Cook documentou em seu livro e relatou a Shanahan, que são as descobertas antigravitacionais feitas pelo engenheiro austríaco Viktor Schauberger durante a Segunda Guerra Mundial – que acreditava que as máquinas poderiam ser projetadas de forma melhor para que “seguissem o fluxo da natureza”, e não contra – e um de seus projetos era produzir para os nazistas alemães uma máquina voadora, em forma de pires, que usasse um sistema de “propulsão por vórtices”. Sua teoria era que, se a água ou o ar fosse girado em uma forma de oscilação de torção (conhecida como coloidal), um acúmulo de energia resultaria, o que, com imenso poder, poderia causar levitação.

Entretanto, no rescaldo da Segunda Guerra Mundial, este relatório observa que toda a pesquisa de Schauberger, inclusive seus protótipos, foram capturados pelas forças soviéticas e aliadas (já que estavam espalhados por vários sites secretos de pesquisa nazistas alemães), com Schauberger, porém, em 1958, indo para os Estados Unidos em uma tentativa de recuperar o que possuía, mas terminou afirmando que foram roubados pelos americanos, e que morreu poucos dias depois de voltar para casa na Áustria de mãos vazias.

Com isso sendo historicamente documentado, que a exposição do que controla a humanidade está no que os controladores fizeram aos dois dos astros mais brilhantes da humanidade, Nikola Tesla e Viktor Schauberger, este relatório continua, sem dúvida que em algum momento no passado recente, o engenheiro da Boeing Shanahan, enquanto dirigia a pesquisa anti-gravidade secreta de sua empresa, teria entrado em contato com Donald Trump – pois agora o presidente Trump ainda controla o acesso aos arquivos de sua família contendo a pesquisa que seu tio John Trump fez sobre os documentos de Tesla. 

Ao compreender a história completa de Shanahan, portanto, este relatório diz, torna-se evidente porque Trump o chamou para ser a segunda pessoa mais poderosa das forças armadas dos EUA – e desde que ele se tornou vice-secretário de Defesa, Shanahan foi o maior impulsionador do Pentágono para a proposta de Trump em formar uma Força Espacial separada, que está agora em seus estágios finais antes de ir ao Congresso dos EUA no início de 2019 – e que agora também vê Shanahan como o ponto principal do Pentágono nesse esforço, que permanece impopular em muitos quarteis militares dos EUA.

Falando pelos “quartéis militares dos EUA” em oposição ao presidente Trump e ao vice-Secretário de Defesa Shanahan para criação da Força Espacial, o relatório diz, esteve o Secretário de Defesa Mattis – que, em sua carta de demissão de 20 de dezembro a Trump, aludiu enigmaticamente ao “único e abrangente sistema de alianças” da América, afirmando, sem o qual “não podemos proteger nossos interesses” – a mais singular delas sendo a suposta aliança que o presidente Dwight D. Eisenhower fez com pelo menos uma raça alienígena em 1954 – e confirmada como verdadeira por sua própria neta, Laura Magdalene Eisenhower, a qual revelou chocantemente que Eisenhower havia realmente negociado com uma raça alienígena para obter tecnologia deles em troca de permitir que os alienígenas capturassem alguns humanos para fins de pesquisa, sem nenhum dano real aos sujeitos do teste. 

Os detalhes publicamente conhecidos sobre essa aliança entre os EUA e os alienígenas, observa este relatório, é que na noite e na madrugada de 20 a 21 de fevereiro de 1954, durante as férias de Palm Springs, na Califórnia, o presidente Eisenhower desapareceu e supostamente foi levado à Base Aérea de Edwards para uma reunião secreta – quando ele apareceu na manhã seguinte em um culto na igreja em Los Angeles, os repórteres foram informados de que ele teve um tratamento odontológico de emergência na noite anterior, e tinha visitado um dentista local. No entanto, durante este período, dizem que Eisenhower conduziu uma reunião de ‘Primeiro Contato’ com extraterrestres, e que começou uma série de reuniões com diferentes raças extraterrestres que levaram a um “tratado” que acabou sendo assinado.

Sendo historicamente documentado que “Tesla assustou os banqueiros centrais … eles sabiam o que seu plano significava … independência energética significa uma quase completa perda de controle do povo“, e a nova Força Espacial do presidente Trump desafiando diretamente o sigilo do “Estado Profundo” (Deep State), conclui este relatório, não é de admirar que Trump esteja agora enfrentando o maior ataque à sua presidência, visto pelas suas elites monetárias controladas pelo banco central – que somente nas últimas 24 horas viu o Secretário do Tesouro de Trump chamar freneticamente os principais bancos dos Estados Unidos, para ter certeza de que eles estão protegidos contra o colapso – altos funcionários do Trump reunindo a equipe de proteção contra o colapso, que só é trazida durante a turbulência econômica do mercado – e o próprio Trump perguntando a seus principais conselheiros se ele pode demitir o chefe do banco central de seu país – e que agora tem todas essas forças malignas lutando contra Trump, sabendo muito bem o grave significado de Mattis ter acabado de ser expulso do Pentágono e Shanahan assumindo o controle total.

Tudo o que resta saber agora é se Trump revelará a verdade antes que os alienígenas o façam – sendo a primeira opção a preferida pelo Ministério da Defesa, pois a última significará guerra global total.

(Fonte)


n3m3

ATENÇÃO: Os comentários abaixo são de responsabilidade única e exclusiva de seus próprio autores e o site OVNI Hoje não se responsabiliza por quaisquer inconveniências por eles causados, como também reserva o direito aos seus moderadores de banir qualquer usuário que bem determinarem. Ao usar a área de comentários abaixo, você concorda com esses termos.

Assim, seja civilizado ao comentar e reporte abusos, marcando tais comentários como 'inapropriados', acessando a pequena flecha apontada para baixo no lado direito de cada comentário.

Obrigado.

Ad Blocker Detectado

Olá leitor. O OVNI Hoje depende dos anúncios aqui publicados para que seja possível pagar sua hospedagem e trazer notícias a você de forma gratuita. Por favor, considere nos apoiar desabilitando o seu bloqueador de anúncios. Obrigado

Refresh