web analytics

Documento oficial assinado por Brigadeiro comprova a Noite dos OVNIs no Brasil – Céticos podem chorar

Documento oficial assinado por Brigadeiro comprova a Noite dos OVNIs

Para aqueles que esqueceram ou ainda não conhecem sobre um dos avistamentos mais espetaculares de OVNI, a Noite de OVNIs do Brasil aconteceu em 19 de maio de 1986 e envolveu 21 objetos não identificados que foram vistos pelos radares e perseguidos por caças da Força Aérea do país. Apesar desse evento já ter sido comentado várias vezes aqui no OH e em outros canais de mídia, sua importância é tal que vale a pena mantê-lo vivo na memória de todos. Apesar dessa importância, ele praticamente foi colocado de lado pela imprensa internacional, embora trata-se de um dos eventos de OVNIs mais importantes do mundo, pois inúmeras testemunhas, especialmente pilotos treinados, avistaram esses objetos voando por uma vasta região do Brasil.

Regiões onde o fenômeno ocorreu em 1986.

Também, como já foi informado em outro artigo aqui no OHo interessante sobre a Noite dos OVNIs não foi apenas o número de objetos não identificados vistos naquela noite. A reação e a transparência das forças armadas e do governo do Brasil logo após o incidente também foram muito notáveis. Além disso, o suposto envolvimento do governo dos Estados Unidos também conseguiu chamar a atenção dos entusiastas de OVNIs.

Relembrando brevemente ocorrido:

Durante a Noite dos OVNIs do Brasil, a Força Aérea do país foi acionada para investigar e, se necessário, engajar os objetos misteriosos. A Força Aérea despachou aeronaves militares para a missão, inclusive o avião Northrop F-5E Tiger II e os caças Dassault Mirages III. Ambas as aeronaves eram capazes de voar em altas velocidades, mas, segundo relatórios da Força Aérea, os OVNIs simplesmente ultrapassavam os combatentes militares. Os objetos não identificados voavam até 40.000 km/h, fazendo-os desaparecer dos radares. Todo o jogo de gato e rato entre a Força Aérea e os misteriosos objetos voadores durou cerca de três horas.

No dia seguinte à Noite dos OVNIs, o secretário da Força Aérea Brasileira, Octávio Julio Moreira Lima, realizou uma conferência de imprensa sobre o incidente. As autoridades falaram sobre a Noite dos OVNIs, inclusive funcionários do governo e vários altos oficiais militares. Curiosamente, as autoridades prometeram ao público que uma investigação seria lançada no incidente e que suas descobertas seriam compartilhadas com todos.

De acordo com relatórios posteriores, no entanto, o governo dos EUA teria se envolvido e a divulgação completa nunca foi divulgada. O que se seguiu foram explicações céticas usuais sobre o que poderia ter acontecido durante a Noite dos OVNIs, tais como avistamentos causados ​​por chuvas de meteoros, relâmpagos, reflexo da Lua cheia ou um problema com o sistema de radar da Força Aérea. Eventualmente, o interesse no incidente desapareceu ao longo dos anos.

Ainda que as explicações oficiais na época tentaram abafar o incidente, temos um documento oficial que já foi publicado anteriormente aqui no OH (agradecimentos ao leitor Pazifico pela lembrança), assinado pelo Brigadeiro do Ar José Pessoa Cavalcanti de Albuquerque – então Comandante Interino do COMDA/NUCOMDABRA – com informações que na época eram confidenciais, as quais confirmam que o fenômeno não foi causado por causas naturais ou problemas nos radares, mas sim por objetos reais que em muito superavam as características de voo das aeronaves supersônicas da aeronáutica.

Algumas das considerações finais do documento informavam sobre a grande variação de altitude dos OVNIs, suas capacidades de acelerar e desacelerar de modo brusco, efetuando curvas com raios constantes e outras vezes com raios indefinidos, chegando à conclusão de que o fenômeno envolvia objetos sólidos que “refletiam de certa forma inteligência, pela capacidade de acompanhar e manter a distância dos observadores, como também voar em formação”.

Mas veja por si mesmo a veracidade dos fatos, clicando no link abaixo para abrir o documento em pdf:

 

Brasil-Ministerio-da-Aeronautica-Relatorio-sobre-Ovnis

Os céticos podem gritar, espernear e chorar o quanto quiserem, pois não poderão mudar a realidade dos fatos. O fenômeno OVNI está mais do que comprovado como sendo real e essas naves não são oriundas de tecnologia humana, pois são vistas desde os tempos bíblicos.

n3m3

Colaboração: Pazifico

Termos recém pesquisados por leitores:

Loading...

ATENÇÃO: Os comentários abaixo são de responsabilidade única e exclusiva de seus próprio autores e o site OVNI Hoje não se responsabiliza por quaisquer inconveniências por eles causados, como também reserva o direito aos seus moderadores de banir qualquer usuário que bem determinarem. Ao usar a área de comentários abaixo, você concorda com esses termos.

Assim, seja civilizado ao comentar e reporte abusos, marcando tais comentários como 'inapropriados', acessando a pequena flecha apontada para baixo no lado direito de cada comentário.

Obrigado.

Ad Blocker Detectado

Olá leitor. O OVNI Hoje depende dos anúncios aqui publicados para que seja possível pagar sua hospedagem e trazer notícias a você de forma gratuita. Por favor, considere nos apoiar desabilitando o seu bloqueador de anúncios. Obrigado

Refresh