web analytics

As pirâmides do Egito foram projetadas cientificamente. Envolvimento alienígena?

Recentemente, foi publicado um artigo aqui no OH, falando a respeito de uma teoria de que as pirâmides do Egito teriam sido construídas 5.000 anos antes do que a arqueologia convencional alega. Como era de se esperar, aquele artigo gerou muitas visitas e boa parte das pessoas que lá comentaram concordaram que estas construção são muito mais velhas do que os livros de história nos dizem

Agora, um breve artigo foi publicado num site do Reino Unido, comentando sobre um documentário da Netflix sobre as pirâmides, e tocando a possibilidade dos alienígenas terem sido responsáveis pela construção dessas enigmáticas estruturas.

Veja:

As pirâmides do Egito foram projetadas cientificamente. Envolvimento alienígena?

Pirâmides de Gizé.

A misteriosa Grande Pirâmide de Gizé, do Egito, continua a criar teorias da conspiração sobre como os egípcios conseguiram construir uma estrutura tão massiva.

Os arqueólogos há muito tempo estão confusos sobre como os antigos egípcios conseguiram alcançar o alinhamento quase perfeito. A grande pirâmide é construída com 2,3 milhões de pedras, pesando até 200 toneladas cada e cobrindo uma área de 52.000 m².

No documentário da Netflix, “The Pyramid Code” (O Código da Pirâmide), os teóricos desafiam a teoria da egiptologia tradicional.

Robert Bauval, autor de “The Orion Mystery”, explica:

De fato, eles conseguiram ter uma ordem na qual se basearam nessa, assim chamada, órbita cósmica, que durou 3 mil anos.

Nenhuma outra civilização fez isso.

Pessoas que são incapazes de acreditar que os antigos egípcios criaram estruturas tão gigantescas como as pirâmides se voltaram para outra explicação – alienígenas sendo uma delas.

Alegações de que “alienígenas construíram as pirâmides” são muito populares entre os teóricos da conspiração.

Segundo o narrador do documentário:

Talvez tenhamos que reconsiderar o que nos foi dito e o que achamos que vimos.

No entanto, ainda há algum debate sobre como trabalhadores antigos ergueram esses blocos do nível do solo para o topo das pirâmides; a mais alta das pirâmides de Gizé tinha 146,5 metros de altura.

No entanto, os arqueólogos encontraram evidências de rampas gigantescas de barro que teriam sido usadas para acessar os níveis superiores das pirâmides.

Perto da Grande Pirâmide de Gizé, os egiptólogos descobriram os restos de uma rampa feita de lascas de calcário, gesso e argila…

(Fonte)


Certamente, as rampas recém encontradas naquela região não provam absolutamente nada. Ao contrário do que o artigo acima mencionas, as rampas encontradas não se deslocavam e não poderiam ser utilizadas para acesso aos níveis superiores das pirâmides.

De qualquer forma, este assunto é realmente fascinante e podemos despender um dia inteiro levantando teorias a seu respeito, mas, infelizmente, tudo não passará de especulação, já que até mesmo os arqueólogos profissionais discordam entre si sobre muitas dessas questões.

Assista a seguir o documentário da Netflix mencionado no artigo acima. (Para informações de como ativar a legenda em português do vídeo abaixo, embora ela não seja precisa e possa não funcionar em dispositivos móveis, clique aqui):

n3m3

Termos recém pesquisados por leitores:

ATENÇÃO: Os comentários abaixo são de responsabilidade única e exclusiva de seus próprio autores e o site OVNI Hoje não se responsabiliza por quaisquer inconveniências por eles causados, como também reserva o direito aos seus moderadores de banir qualquer usuário que bem determinarem. Ao usar a área de comentários abaixo, você concorda com esses termos.

Assim, seja civilizado ao comentar e reporte abusos, marcando tais comentários como 'inapropriados', acessando a pequena flecha apontada para baixo no lado direito de cada comentário.

Obrigado.

Ad Blocker Detectado

Olá leitor. O OVNI Hoje depende dos anúncios aqui publicados para que seja possível pagar sua hospedagem e trazer notícias a você de forma gratuita. Por favor, considere nos apoiar desabilitando o seu bloqueador de anúncios. Obrigado

Refresh