web analytics

Grande Colisor de Hádrons pode evocar deus da destruição, segundo teóricos

Grande Colisor de Hádrons pode evocar deus da destruição

O Grande Colisor de Hádrons (LHC, na sigla em inglês) poderia acidentalmente evocar um deus se os experimentos no acelerador de partículas derem errado, de acordo com os teóricos da conspiração.

Pesquisadores usam o LHC para esmagar partículas, numa tentativa de descobrir novas partículas – como o Bóson de Higgs, ou partícula de Deus, que foi encontrada em 2012 no LHC. No entanto, as consequências podem ser muito mais graves, potencialmente evocando um deus ou até uma presença maligna, de acordo com os teóricos da conspiração.

A professora Irina Aref’eva e o doutor Igor Volovich, do Instituto de Matemática Steklov, em Moscou, afirmaram que quando duas partículas colidem no LHC, elas poderiam rasgar um buraco no tecido do espaço-tempo. Isso despertou o interesse de teóricos da conspiração que acreditavam que essa ruptura poderia ser um buraco de minhoca para outro universo.

O site All Time Conspiracies disse:

A alegação do CERN de que estava procurando a Partícula Divina era um disfarce  para desviar a atenção de seu verdadeiro propósito: criar um buraco de minhoca subterrâneo e abrir um portal através do qual deus pudesse chegar à Terra.

No entanto, não é o Deus Abraâmico que a maioria de nós está familiarizada.

Os cientistas do CERN planejam invocar Shiva, a fonte de todo o mal no hinduísmo; Shiva é o grande destruidor. Seu papel é acabar com o universo, obliterar toda a existência e, então, dar à luz de novo.

Sua consorte é Parvati, cujas formas incluem Kali, a deusa da morte Curiosamente, fora da sede do CERN, está  uma estátua de Shiva em uma de suas formas.’

O porquê do CERN, a organização que administra o LHC, querer destruir o próprio universo em que se encontra permanece incerto, mas esta não é a primeira teoria bizarra a questionar as intenções do CERN.

O astrônomo real Lord Martin Rees acredita que experimentos no LHC poderiam abrir um buraco negro.

Quando as partículas colidem quase à velocidade da luz, a atração gravitacional fica presa, o que teoricamente poderia produzir um buraco negro.

Em seu novo livro, “On The Future: Prospects for Humanity” (Sobre o Futuro: Perspectivas para a Humanidade – título em tradução livre), Lord Rees descreve como os experimentos poderiam dar errado.

Ele disse:

Talvez um buraco negro poderia se formar, e depois sugar tudo ao seu redor.

A segunda possibilidade assustadora é que os quarks se reagrupariam em objetos comprimidos chamados strangelets. Isto em si seria inofensivo. No entanto, sob algumas hipóteses, um strangelet poderia, por contágio, converter qualquer outra coisa que encontrar em uma nova forma de matéria, transformando toda a Terra em uma esfera hiperdensa de cerca de cem metros de diâmetro.

Lord Rees adicionou que a terceira maneira que os aceleradores de partículas poderiam obliterar a Terra seria criando uma “catástrofe que engole o próprio espaço”.

(Fonte)


Penso eu que a tese de que o LHC está tentando trazer Shiva para destruir o nosso Universo é um tanto sensacional demais para ser verdade. Contudo, o que o respeitado Lord Rees fala deve ser ouvido:

Experimento científico pode encolher a Terra, diz importante cientista

n3m3

Termos recém pesquisados por leitores:

Loading...

ATENÇÃO: Os comentários abaixo são de responsabilidade única e exclusiva de seus próprio autores e o site OVNI Hoje não se responsabiliza por quaisquer inconveniências por eles causados, como também reserva o direito aos seus moderadores de banir qualquer usuário que bem determinarem. Ao usar a área de comentários abaixo, você concorda com esses termos.

Assim, seja civilizado ao comentar e reporte abusos, marcando tais comentários como 'inapropriados', acessando a pequena flecha apontada para baixo no lado direito de cada comentário.

Obrigado.

Ad Blocker Detectado

Olá leitor. O OVNI Hoje depende dos anúncios aqui publicados para que seja possível pagar sua hospedagem e trazer notícias a você de forma gratuita. Por favor, considere nos apoiar desabilitando o seu bloqueador de anúncios. Obrigado

Refresh