web analytics

Caças russos são vistos testando armamentos espaciais não identificados

Caças russos são vistos testando armamentos espaciais não identificados

Neste ponto, parece óbvio que se tornou uma questão quando, e não se, uma guerra no espaço irá ocorrer. As Forças Armadas dos EUA estão se preparando para a Guerra Espacial I há algum tempo, e as outras superpotências do mundo não estão muito atrasadas – ou talvez estejam um passo à frente. Observadores mencionaram que muitas espaçonaves e satélites russos começaram a se comportar de maneiras desconhecidas e sem precedentes ultimamente, e a Força Aérea do Exército de Libertação Popular da China foi flagrada testando aviões hipersônicos desconhecidos de órbita baixa. Onde está a Força Espacial quando você precisa?

Para adicionar mais combustível à aparente preparação da guerra espacial, recentemente foi vista uma nova arma não identificada sendo testada por uma aeronave MiG-31 no aeroporto de Zhukovsky, nos arredores de Moscou, base russa para testes de novas aeronaves e armas. Em sua análise na The War Zone, o detetive de aviação Tyler Rogoway escreve que a arma parece ser um míssil hipersônico similar aos testados na China recentemente, ou um foguete de espaço aberto projetado para explodir satélites orbitais em pedacinhos.

A arma, seja ela qual for, tem o rótulo “81 Blue” e é quase do tamanho do MiG que a carrega. Há poucos detalhes ainda por vir, mas a arma parece ser similar a outras armas anti-satélite (de sigla em inglês, ASAT). Esses foguetes ASAT do ar para o espaço foram testados pela Força Aérea dos EUA já nos anos 80, e com tanta atenção recente às guerras por satélites que se aproximavam, não há como dizer para que o foguete poderia ser destinado.

Se toda a atenção dada aos satélites e à supremacia do espaço sugerir qualquer coisa, é que a guerra no espaço está chegando. Em breve. Todos esses desenvolvimentos e testes recentes de armas espaciais poderiam estar relacionados à recente onda de estrondos misteriosos ouvidos em todo o mundo? Neste ponto, eu ficaria surpreso se não fosse. Basta colocar esses estrondos ao lado de outros desenvolvimentos recentes: aumento das aparições de bolas de fogo no céu; estrondos inexplicáveis ​​sacudindo o chão; satélites “matadores” acordando e agindo de forma irregular; os Estados Unidos criando uma Força Espacial; China e Rússia testando novas armas espaciais.

É apenas uma questão de tempo até que detritos de fogo comecem a chover à nossa volta.

(Fonte)


Estamos vivendo em tempos interessantes.  Infelizmente, muitas dessas coisas interessantes são malignas.

n3m3

ATENÇÃO: Os comentários abaixo são de responsabilidade única e exclusiva de seus próprio autores e o site OVNI Hoje não se responsabiliza por quaisquer inconveniências por eles causados, como também reserva o direito aos seus moderadores de banir qualquer usuário que bem determinarem. Ao usar a área de comentários abaixo, você concorda com esses termos.

Assim, seja civilizado ao comentar e reporte abusos, marcando tais comentários como 'inapropriados', acessando a pequena flecha apontada para baixo no lado direito de cada comentário.

Obrigado.

Ad Blocker Detectado

Olá leitor. O OVNI Hoje depende dos anúncios aqui publicados para que seja possível pagar sua hospedagem e trazer notícias a você de forma gratuita. Por favor, considere nos apoiar desabilitando o seu bloqueador de anúncios. Obrigado

Refresh