web analytics

Documento de 1.500 páginas é publicado sobre o avistamento de OVNI pelo voo JAL 1628

 

avistamento de OVNI pelo voo JAL 1628

O avistamento de OVNIs por 50 minutos, pela tripulação do voo de carga JAL 1628 da companhia aérea japonesa é considerado um dos mais conhecidos avistamentos de OVNIs por pilotos. A FAA (Administração Federal da Aviação) dos EUA enviou agora uma pesquisa de cerca de 1.500 páginas de documentos sobre o incidente, que na verdade foram destruídos há 17 anos.

Em 17 de novembro de 1986, o voo de carga ‘JAL 1628’ estava a caminho de Paris para o aeroporto internacional de Narita, perto de Tóquio, quando a tripulação comandada pelo capitão Kenju Terauchi descobriu, cerca das 17h11, horário local, objetos sobre o leste do Alasca à sua esquerda, que pareciam acompanhá-lo a partir daquele momento.

Capitão Kenju Terauchi

O próprio Terauchi foi um ex-piloto de caça com mais de 10.000 horas de experiência em voo. Ele foi acompanhado por seu co-piloto Takanori Tamefuji e o engenheiro de voo Yoshio Tsukuba.

De acordo com as descrições, esses dois objetos tinham unidades de propulsão luminosa, enquanto a forma geral não podia ser identificada com precisão devido à escuridão. Quando os dois objetos se aproximaram do avião, suas luzes era tão brilhante que iluminaram fortemente o interior da cabine de voo e os pilotos até sentiram o calor emanando dessa luz em seus rostos.

Logo após os dois objetos terem desaparecido sem deixar vestígios, apareceu um terceiro objeto, mas agora muito maior e em forma de disco (ver ilustração), que também seguiu o avião. Depois que o radar a bordo indicou um terceiro objeto, mas nem este nem os dois objetos anteriores estavam visíveis no radar do Controle de Tráfego Aéreo em Anchorage, o Controle pediu a um voo da United Airlines e a uma aeronave militar para confirmar o objeto voador não identificado.

Embora Terauchi tenha estimado o tamanho do objeto em cerca de duas vezes o tamanho de seu próprio avião, nenhum dos aviões que se aproximavam puderam confirmar isso.

Acima do Monte Denali às 17h51 o traço do terceiro objeto foi perdido, também do ponto de vista dos pilotos japoneses.

Em um relatório final do Controle de Tráfego Aéreo dos EUA, a Federal Aviation Administration (FAA) corrigiu declarações anteriores de que haviam localizado os objetos no radar e afirmou que as declarações e descrições dos pilotos foram reconhecidas, mas que não foram confirmadas pelos dados ou outro material.

Por muitos anos, o pesquisador norte-americano de ovnilogia / ufologia John Greenewald tem se esforçado para a liberação e publicação de documentos OVNI secretos do governo, autoridades e militares dos EUA. Com o seu site ‘The Black Vault‘, ele criou provavelmente o mais extenso arquivo online de arquivos governamentais outrora secretos, liberados no âmbito da Lei de Liberdade de Informação dos EUA (FOIA).

Após Greenewald já ter solicitado os arquivos da FAA sobre o incidente OVNI em torno do voo JL 1628 em 2001 com referência à Lei de Liberdade de Informação dos EUA, ele foi informado em 2009 que todos os arquivos do incidente já haviam sido destruídos em 2001.

Apesar desta afirmação sobre a destruição dos arquivos, Greenewald agora, 17 anos depois, encontrou um pacote de 1.500 páginas em torno do avistamento do OVNI pelo voo JAL 1628 nas listas de arquivos da FAA e disponibilizou esses documentos em seu ‘Black Vault‘ para todos.

Todas as 1.500 páginas dos documentos da FAA para visualização podem ser encontradas AQUI.

(Fonte)


O avistamento dos OVNIs pelo voo JAL 1628 está entre os mais importantes avistamentos da era moderna.

Para mais detalhes sobre este intrigante incidente, acesse o artigo abaixo:

1986: O caso do OVNI gigante do Alaska

n3m3

ATENÇÃO: Os comentários abaixo são de responsabilidade única e exclusiva de seus próprio autores e o site OVNI Hoje não se responsabiliza por quaisquer inconveniências por eles causados, como também reserva o direito aos seus moderadores de banir qualquer usuário que bem determinarem. Ao usar a área de comentários abaixo, você concorda com esses termos.

Assim, seja civilizado ao comentar e reporte abusos, marcando tais comentários como 'inapropriados', acessando a pequena flecha apontada para baixo no lado direito de cada comentário.

Obrigado.

Ad Blocker Detectado

Olá leitor. O OVNI Hoje depende dos anúncios aqui publicados para que seja possível pagar sua hospedagem e trazer notícias a você de forma gratuita. Por favor, considere nos apoiar desabilitando o seu bloqueador de anúncios. Obrigado

Refresh