web analytics

Uma revolução da Inteligência Artificial está ocorrendo em outros pontos do Universo

Uma revolução da Inteligência Artificial está ocorrendo em outros pontos do Universo

“Há atualmente uma revolução da Inteligência Artificial (IA) e vemos a inteligência artificial cada vez mais inteligente a cada dia”, disse Susan Schneider, professora associada de ciência cognitiva e filosofia da Universidade de Connecticut, que escreveu sobre a interseção entre SETI (Procura por Inteligência Extraterrestre) e IA. “Isso sugere que algo semelhante pode estar acontecendo em outros pontos do universo.
Uma vez que a sociedade cria a tecnologia que poderia colocá-los em contato com o cosmos, eles estão a apenas algumas centenas de anos de mudar seu próprio paradigma de biologia para a IA”.

A Terra é na verdade um planeta relativamente jovem, então alguns astrobiólogos acham que, se existem civilizações por aí, elas podem ser muito mais avançadas do que nós.

“Claro, nós temos rádio. Então nós temos computadores. Em seguida, a Lei de Moore transformou os computadores digitais em máquinas cada vez mais eficientes, ano após ano. As máquinas melhoraram muito rapidamente – muito, muito mais rapidamente que Darwin. Em 1900 você tinha rádio; em 1945, você tinha computadores ”, diz Seth Shostak, cientista sênior do Instituto SETI. ‘Parece-me que é curva difícil de evitar.”

Em seus escritos sobre IA e SETI, Schneider diz: “Eu pressionei pelo agnosticismo sobre a consciência das máquinas. Nós simplesmente não temos ideia se a consciência pode ser não biológica.”

Mas componentes não biológicos podem ser adicionados a seres conscientes. “Estou realmente preocupada que as civilizações tecnológicas podem não durar muito tempo, mas se o fizerem, há muitas razões para acreditar que elas serão pós-biológicas”, diz Schneider. “Eles vão melhorar seus cérebros em direção à inteligência sintética”.

Mas, aponta Shostak, os planetas são voláteis, propensos a erupções e terremotos e aos efeitos de uma estrela envelhecida. “As máquinas não vão necessariamente ficar em um planeta”, diz ele. “Planetas são perigosos para máquinas.”

Enquanto as definições da Singularidade são tão variadas quanto as fantasias do futuro, com uma razão muito óbvia, a maioria concorda que a inteligência artificial será o ponto de virada. Uma vez que uma IA seja ainda mais inteligente do que nós, ela poderá aprender com mais rapidez e nós simplesmente nunca conseguiremos acompanhá-la.
Isso nos tornará totalmente obsoletos, pelo menos em termos evolucionários.

Schneider é uma das poucas pensadoras – fora do reino da ficção científica – que considerou a noção de que a inteligência artificial já existe, e tem existido por eras.

Em seu estudo, Alien Minds (Mentes Alienígenas), Schneider pergunta:

Como os alienígenas podem pensar? E eles seriam conscientes? Eu não acredito que as civilizações alienígenas mais avançadas sejam biológicas. As civilizações mais sofisticadas serão pós-biológicas, formas de inteligência artificial ou superinteligência alienígena”.

Jason Wright, professor associado da Penn State, diz:

Eu tento manter uma mente muito aberta sobre o que estamos procurando.
Quando o SETI for bem-sucedido, não será como a ficção científica onde encontramos algo como nós.

Os programas de busca por inteligência extraterrestre (SETI) têm procurado por vida biológica. Nossa cultura retrata há muito tempo alienígenas como criaturas humanoides com queixos pequenos e pontudos, olhos enormes e cabeças grandes, aparentemente para abrigar cérebros maiores que os nossos. Paradigmaticamente, eles são “homenzinhos verdes”.

Embora estejamos cientes de que nossa cultura é antropomorfizante, Schneider imagina que sua sugestão de que extraterrestres são supercomputadores pode nos parecer absurda. Então, qual é o raciocínio dela para a visão de que as civilizações alienígenas mais inteligentes terão membros que sejam IAs superinteligentes?

Schneider apresenta duas observações que sustentam sua conclusão sobre a existência de superinteligências alienígenas.

A primeira é ‘a observação de janela curta’: uma vez que uma sociedade cria a tecnologia que poderia colocá-los em contato com o cosmos, ela está a apenas algumas centenas de anos de mudar seu próprio paradigma de biologia para a IA. Esta “janela curta” torna mais provável que os alienígenas que encontramos sejam pós-biológicos.

A observação da janela curta é apoiada pela evolução cultural humana, pelo menos até agora. Nossos primeiros sinais de rádio datam de apenas cento e vinte anos, e a exploração espacial tem apenas cinquenta anos, mas já estamos imersos em tecnologia digital, como telefones celulares e notebooks.

O segundo argumento de Schneider é “a maior idade das civilizações alienígenas”. Os proponentes do SETI concluíram que as civilizações alienígenas seriam muito mais antigas que as nossa “… todas as linhas de evidência convergem para a conclusão de que a idade máxima da inteligência extraterrestre seria bilhões de anos, especificamente, varia de 1,7 bilhão a 8 bilhões de anos.

Se as civilizações são milhões ou bilhões de anos mais velhas que nós, muitas seriam muito mais inteligentes do que nós. Pelos nossos padrões, muitos seriam superinteligentes. Nós somos bebês galácticos.

Schneider pergunta:

Mas elas seriam formas de IA, bem como formas de superinteligência?Mesmo se fossem biológicas, meramente fazendo o aprimoramentos biológicos de seus cérebros, sua superinteligência seria alcançada por meios artificiais, e poderíamos considerá-las como ‘inteligência artificial’. Mas suspeito de algo mais forte do que isso: espero que elas não sejam baseadas em carbono. O upload permite que uma criatura esteja próxima da imortalidade, permite reinicializações e permite que ela sobreviva sob uma variedade de condições que formas de vida baseadas em carbono não podem. Além disso, o silício parece ser um meio melhor para o processamento de informações do que o próprio cérebro.

Neurônios atingem uma velocidade de pico de cerca de 200 Hz, que é de magnitude mais lenta dos microprocessadores atuais. Enquanto o cérebro pode compensar parte disso com paralelismo maciço, recursos como ‘hubs‘ e assim por diante, capacidades mentais cruciais, como a atenção, dependem do processamento serial, que é incrivelmente lento e tem uma capacidade máxima de cerca de sete pedaços manejáveis.

Além disso, o número de neurônios em um cérebro humano é limitado pelo volume e metabolismo craniano, mas os computadores podem ocupar prédios inteiros ou cidades, e podem até ser conectados remotamente em todo o mundo. É claro que o cérebro humano é muito mais inteligente que qualquer computador moderno. Mas as máquinas inteligentes podem, em princípio, ser construídas pela engenharia reversa do cérebro e o aprimoramento de seus algoritmos.

(Fonte)


E lá vamos nós novamente escutando cientistas do “8 ou 80”, nada entre um e outro.

Não sei porque é tão difícil para eles imaginarem que lá fora no Universo há todos os tipos de inteligência, que podem ser biológicas – muito menos, bem como muito mais avançadas do que nós – além de civilizações que se “instalaram” em uma inteligência artificial, ou seja, seu cérebros são compostos de biologia e eletrônica, e até mesmo civilizações que foram aniquiladas pela sua criatura: a IA.

Com trilhões de planetas no Universo visível a nós, não seriam todas essas possibilidades mais próximos da realidade?

n3m3

ATENÇÃO: Os comentários abaixo são de responsabilidade única e exclusiva de seus próprio autores e o site OVNI Hoje não se responsabiliza por quaisquer inconveniências por eles causados, como também reserva o direito aos seus moderadores de banir qualquer usuário que bem determinarem. Ao usar a área de comentários abaixo, você concorda com esses termos.

Assim, seja civilizado ao comentar e reporte abusos, marcando tais comentários como 'inapropriados', acessando a pequena flecha apontada para baixo no lado direito de cada comentário.

Obrigado.

Ad Blocker Detectado

Olá leitor. O OVNI Hoje depende dos anúncios aqui publicados para que seja possível pagar sua hospedagem e trazer notícias a você de forma gratuita. Por favor, considere nos apoiar desabilitando o seu bloqueador de anúncios. Obrigado

Refresh