web analytics

7 invenções suprimidas que mudariam o mundo

Pesquisadores do fenômeno dos OVNIs sempre disseram que a tecnologia utilizada por essa naves, se usada por nós humanos, transformaria nosso planeta de forma radical, até mesmo fornecendo energia gratuita para toda a humanidade. Daí uma razão para que aqueles que estão no poder não quererem que isto seja revelado para as massas.

É claro, há pessoas que acham que isto é besteira, e que estes indivíduos no poder seriam os primeiros a quererem que tecnologias inovadoras e gratuitas chegassem até nós.

Mas será mesmo? Bem, se formos avaliar pelo artigo abaixo, nem mesmo as tecnologias por nós desenvolvidas chegam às massas, se elas não significarem lucro para aqueles que estão no controle do mundo:

7 invenções suprimidas que mudariam o mundo

O mundo está impregnado de pobreza, com poucas coisas preciosas em termos de avanço humanitário, porque aqueles que dominam o mundo suprimiram uma série de tecnologias que poderiam ter mudado o mundo e criado uma utopia.

Tentando trazer suas inovações para o mundo em geral, os brilhantes inventores dessas tecnologias foram penalizados pelos que estão no poder. Alguns foram assassinados por lucro.

Então, sem mais delongas, aqui estão algumas dessas tecnologias. Aqui estão 7 invenções suprimidas que teriam mudado o mundo:

1. Nikola Tesla (1856-1943) – Projeto da Torre Wardenclyffe – energia livre

A energia eléctrica está em toda parte, presente em quantidades ilimitadas e pode conduzir as máquinas do mundo sem a necessidade de carvão, petróleo, gás ou qualquer outro combustível. – Nikola Tesla (1856-1943)

O multi-talentoso Tesla abrange muitos limites disciplinares. Seu gênio deu origem a uma série de invenções que mudaram o mundo.

Uma de suas mais famosas invenções foi o Projeto da Torre Wardenclyffe, que foi a tentativa de Tesla de fornecer a todos no mundo energia livre através do aproveitamento da eletricidade da ionosfera da Terra por meio das torres. Sem fios, as torres poderiam transmitir a eletricidade aproveitada para as áreas do nível do solo que a exigissem.

No entanto, o financiamento da Tesla foi interrompido. Seu equipamento e laboratório foram incendiados juntamente com a propriedade intelectual relacionada, porque representava uma ameaça à redução do custo do sistema de rede elétrica convencional.

Se o Projeto da Torre Wardenclyffe de Tesla tivesse sido autorizado a florescer e não fosse destruído, então hoje poderíamos estar vivendo em uma utopia.

Tesla morreu como um homem solitário e esquecido, atingido pela pobreza em Nova Iorque.

 

 2. Raymond Rife (1888-1971) e seu microscópio universal para curar o câncer

Depois de curar com sucesso vários pacientes com câncer, a American Medical Association (AMA), de propriedade de Rockefeller, teve esse trabalho encerrado, fechando as instalações de Rife e apreendendo seus equipamentos: Essencialmente, Rife se recusou a entregar os direitos de seu trabalho ao AMA porque viu os interesses financeiros como motivos ocultos.

A máquina de câncer não seria permitida ao mundo em geral porque a AMA e o estabelecimento médico/farmacêutico não querem curar pacientes.

Isso significaria que perderiam os clientes e não teriam mais lucros … então eles precisavam continuar com um tratamento que só cuida dos sintomas, garantindo o retorno do câncer e, assim, repetindo os negócios.

Depois de anos de casos judiciais subsequentes com as grande empresas do estabelecimento de câncer, tendo pouco dinheiro e exilado no México para evitar a prisão nos EUA, Rife morreu de alcoolismo.

As pressões de assédio relacionadas com as batalhas legais e constantes ameaças de prisão foram demais para ele.

 

3. Wilhelm Reich (1897 – 1957) – Controle climático

Wilhelm Reich construiu um instrumento que ele chamou de cloudbuster o qual induziu com sucesso a mudança do clima. Ele havia sido usado para acabar com muitas secas, produzindo nuvens de chuva.

Este mecanismo viável para fazer nuvens de chuva para a irrigação de culturas em áreas de seca foi interrompido por todos os lacaios, sempre vigilantes para aqueles que estão no poder.

Permitir algo como isso poderia levar à abundância de alimentos e contribuir muito para acabar com a fome no mundo.

No entanto, os controladores não querem que a fome no mundo termine. Se isso acontecesse, tornaria mais difícil controlar as pessoas naquilo que não seria mais países do terceiro mundo … Não esqueça, a agenda oculta de escravidão.

Consequentemente, Reich foi perseguido por pessoas como da FDA (Food and Drug Administration), acusando-o de fraude com seu instrumento cloudbuster. Seu equipamento foi apreendido e destruído.

Seus últimos dias foram passados ​​na prisão, onde foi dito que ele morreu de um ataque cardíaco.

 

4. Linus Pauling (1901-1994) – cura para doenças cardíacas através da ‘Teoria Unificada’

Pauling trabalhou com Matthias Rath e eles criaram uma abordagem unificada para curar doenças cardíacas.

Essencialmente, eles descobriram que a doença cardíaca é o resultado de uma deficiência de vitamina C a longo prazo.

A solução é tratar pacientes com altas doses frequentes (por exemplo, 6g/dia) de vitamina C, enquanto usam os aminoácidos lisina e prolina para remover a placa aterosclerótica que reveste as paredes internas dos vasos sanguíneos que causam um estreitamento ou bloqueio do lúmen ( espaço) dos vasos sanguíneos, que é responsável por restringir o fluxo sanguíneo e causar doenças cardiovasculares.

No entanto, devido aos maiores interesses na lucratividade corporativa e na percepção de ameaça financeira, essa terapia alternativa barata de grande sucesso não recebeu tanta atenção.

 

5. Stanley Meyer (1940-1998) e o carro que funciona na água

(Para informações de como ativar a legenda em português do vídeo abaixo, embora ela não seja precisa e possa não funcionar em dispositivos móveis, clique aqui):

Meyer inventou um carro que funcionava com água em vez da convencional gasolina de combustível fóssil. O carro foi capaz de viajar de Nova Iorque para Los Angeles em 22 litros de água!

O sistema do motor foi equipado com uma célula de combustível capaz de dividir a água em seus componentes de hidrogênio e oxigênio. O hidrogênio queimado era a fonte de combustível usada para gerar a energia necessária para alimentar o carro.

Com tal sustentabilidade energética, a invenção de Meyer poderia ter feito uma contribuição revolucionária ao meio ambiente e à economia do nosso planeta. Se as especificações completas de seu trabalho pudessem ser publicadas, estaríamos usando sua tecnologia hoje.

Meyer recusou a oferta de um bilhão de dólares para entregar os direitos e patentes. Por essa recusa, foi dito que ele foi assassinado por lucro; tendo morrido envenenado por urânio, ele era uma ameaça financeira grande demais para a indústria convencional de petróleo da elite dominante, com seus derivados petroquímicos.

Nota: É importante saber que Stanley Meyer não foi a única pessoa a inventar um carro movido a água.

 

6. Harry Hoxsey (1901-1974) – Os remédios Hoxey para curar o câncer

Harry Hoxey foi capaz de usar um remédio herbal e uma pasta aplicada externamente, desenvolvidos e transmitidos por sucessivas gerações, para tratar com sucesso o câncer.

A fórmula herbária desintoxicava o organismo e impulsionava o sistema imunológico, enquanto a pasta externa eliminava os tumores do lado de fora. A partir disso, 17 clínicas privadas de câncer foram estabelecidas nos EUA.

Em meados dos anos 50, vários médicos revisaram o trabalho de Hoxey e chegaram à conclusão:

Esta clínica agora possui sob tratamento ou observação entre quatro e cinco mil pacientes com câncer. Ela lida com aproximadamente noventa pacientes por dia. Aproximadamente 100 novos pacientes por semana chegam à clínica em busca de alívio, e as evidências que temos visto indicam que aproximadamente 90% desses pacientes são casos terminais.

Ao longo dos anos, a clínica acumulou mais de 10 mil histórias de casos, estudos fotográficos e estudos radiográficos de todos os Estados Unidos, Canadá, Alasca, México, Havaí e de outros lugares.

Achamos como um fato que a Hoxey Cancer Clinic em Dallas, Texas, está tratando com sucesso casos patologicamente comprovados de câncer, tanto internos como externos, sem o uso de cirurgia, rádio ou raio-X.

Alguns dos que foram apresentados a nós estão livres de sintomas há vinte e quatro anos, e as evidências físicas indicam que todos estão desfrutando de saúde excepcional neste momento.

Estamos dispostos a ajudar esta clínica, de qualquer forma possível, a trazer esse tratamento para o público americano. Estamos dispostos a usá-lo em nossos próprios pacientes.

A declaração acima representa as conclusões unânimes deste Comitê. Em testemunho disso, associamos nossas assinaturas.

S. Edgard Bond M.D., Willard G. Palmer M.D., Hans Kalm M.D, A.C. Timbs M.D., Frederick H. Thurston M.D. D.O., E.E. Loffler M.D., H.B. Mueller M.D., R.C. Bowie M.D., Benjamin F. Bowers M.D., Roy O. Yeats M.D

Tendo recebido a notícia, a American Medical Association – AMA tentou comprar o tratamento. Hoxey recusou, alegando que eles não o dariam gratuitamente às pessoas pobres.

Uma longa batalha legal e política ocorreu, com muito interesse da mídia. Vários milhares de pessoas testemunharam que foram curadas usando o trabalho de Hoxey, enquanto a AMA recusou avaliações de terceiros.

Apesar dessas circunstâncias favorecendo Hoxey e vencendo seu caso, a fraternidade médica logo o rotulou como charlatão. Ele continuou seu tratamento ao longo dos anos e foi preso cerca de 100 vezes! A cada prisão ele foi capaz de pagar a fiança e continuar.

O fato de nenhum paciente testemunhar contra ele e o irmão do promotor público estar curado por seus métodos pode muito bem ter sido as razões de seu indulto contínuo. Finalmente, no entanto, a Food and Drug Administration – FDA conseguiu apreender os remédios das casas dos pacientes e fechar as clínicas.

Ironicamente, Hoxey contraiu câncer de bexiga e teve que ser operado.

Esta história, no entanto, tem um bom final. Uma ex-enfermeira em uma das clínicas, Mildred Nelson, levou o tratamento para o México.

A clínica, sob um nome diferente, ainda existe até hoje e, com base em relatos, é considerada uma instituição compassiva, atenciosa e, acima de tudo, bem-sucedida (80% de taxa de cura, com registros médicos para provar isso). As autoridades deliberadamente olharam para o outro lado.

 

7. A supressão da tecnologia dos discos voadores nazistas

Os nazistas desenvolveram a tecnologia antigravidade de discos voadores durante a Segunda Guerra Mundial. Foi dito que uma base secreta na Antártida os abrigava. Então, no final de 1945, essas super armas se mudaram para outra base militar, o Schwarze Sonne – Sol Negro, no lado oculto da lua.

Usando os discos no lado oculto da Lua, quando fosse a hora certa, uma invasão da Terra foi planejada, mas não se materializou.

Durante o período da guerra, vários relatos de testemunhas oculares em Londres, Nova Iorque e Praga relataram esses estranhos objetos voadores em forma de sino, com insígnias militares alemãs da cruz de ferro … viajando a velocidades muito altas.

Um engenheiro chamado Joseph Andreas Epp afirmou que esteve envolvido no desenvolvimento da tecnologia durante o período de guerra, e que o projeto Schriever-Habermohl envolveu cerca de 15 protótipos diferentes.

O que aconteceu com esta tecnologia nos anos após a Segunda Guerra Mundial?

 

Reflexão

Nenhum problema do destino humano está além dos seres humanos. A razão e o espírito do homem muitas vezes resolvem o aparentemente insolúvel – e acreditamos que eles podem fazer isso novamente. – John F. Kennedy, 1963

Temos visto um padrão bastante familiar, como nas invenções acima 1-6. Os inventores são abordados por representantes dos estabelecimentos da elite governante que elogiam suas inovações e se oferecem para comprar suas patentes.

No entanto, os inventores sentem que algo não está certo; que o estabelecimento tem segundas intenções geralmente relacionadas a interesses monetários, por isso eles se recusam a vender seu trabalho e as patentes.

Em seguida, o estabelecimento ameaça os inventores com a deformação de caráter, ação judicial ou até mesmo a morte … caso eles se recusem a vender seu trabalho e entregar as patentes.

As respostas para as muitas doenças chamadas incuráveis ​​existem.

Também existe uma infinita abundância de energia para todos nós nos conectarmos.

Enquanto precisamos tomar as ações necessárias e justas, em vez de dar muita atenção ao materialismo, precisamos mudar nosso foco em como nossos pensamentos podem manifestar a realidade. O tipo de realidade que realmente queremos que nos leva da escassez à abundância, de estarmos divididos  e governados a unidos, da guerra à paz, etc.

Essas supressões e outras precisam ser conhecidas no mundo.

(Fonte)


n3m3

Termos recém pesquisados por leitores:

Loading...

ATENÇÃO: Os comentários abaixo são de responsabilidade única e exclusiva de seus próprio autores e o site OVNI Hoje não se responsabiliza por quaisquer inconveniências por eles causados, como também reserva o direito aos seus moderadores de banir qualquer usuário que bem determinarem. Ao usar a área de comentários abaixo, você concorda com esses termos.

Assim, seja civilizado ao comentar e reporte abusos, marcando tais comentários como 'inapropriados', acessando a pequena flecha apontada para baixo no lado direito de cada comentário.

Obrigado.

Ad Blocker Detectado

Olá leitor. O OVNI Hoje depende dos anúncios aqui publicados para que seja possível pagar sua hospedagem e trazer notícias a você de forma gratuita. Por favor, considere nos apoiar desabilitando o seu bloqueador de anúncios. Obrigado

Refresh