web analytics

Os códigos proibidos de Da Vinci o ligam aos alienígenas, propõe famosa série de TV

Os códigos proibidos de Da Vinci

Às vezes o programa Alienígenas do Passado apresenta um caso convincente. Outras vezes, nem tanto. Este é um daqueles episódios entre os dois tipos de casos. É preciso um pouco de fé e confiança no enredo geral para visualizar a imagem inteira.

Alguns teóricos dos astronautas da antiguidade podem não conhecer todos os detalhes dessa teoria em particular. Cabe à discrição do telespectador em determinar se Leonardo da Vinci está mesmo vinculado a alienígenas. Qual é o ditado? “Eu quero acreditar.”

Dan Brown perdeu tudo

Fique com inveja Dan Brown. ‘O Código Da Vinci’ pode ter desvendado algumas ligações interessantes entre religião, acobertamentos, sociedades secretas e arte renascentista, mas perdeu tudo o que é importante. Alguns pesquisadores afirmam que há ainda mais mensagens ocultas encontradas no trabalho de da Vinci. Além disso, há uma provável influência extraterrestre.

“Tal coisa é até mesmo possível?” “Sim, é.”

Não é nem necessário dizer que Leonardo da Vinci (LDV) estava à frente do seu tempo. O prodigioso volume de suas obras é difícil de explorar totalmente durante uma vida.
Seus cadernos e manuscritos permanecem, no entanto, e contêm tudo, desde planos de construção de tanques e helicópteros até invenções incríveis que se tornaram realidade séculos depois.

Seu impacto é tão profundo que seu ‘Salvator Mundi‘ foi comprado por um príncipe saudita para um novo museu em Abu Dhabi por US $ 400 milhões. Durante sua vida, LDV foi examinado pela Igreja Católica Romana devido a seus gostos filosóficos de amplo alcance. Consequentemente, ele teve que esconder informações em suas pinturas para evitar ser rotulado de herege.

Leonardo da Vinci desaparece

Entre os anos 1476-1478, o LDV desapareceu dos registros. Sua vida, de outra forma, não teve outras lacunas. Pouco antes desta época, no entanto, ele teve uma experiência interessante. Um dos contos autobiográficas de seu diário relata a história de ser atraído para uma caverna durante a caminhada. Ele foi atraído pelo desejo de experimentar aquela maravilha internamente. Alguns dos teóricos dos astronautas da antiguidade sugerem que sua experiência dentro da caverna permitiu que ele visse o futuro, e provavelmente está relacionada à interação com alienígenas.

“Adoração dos Magos”

Usando uma técnica chamada termografia, a “Adoração dos Magos” de LDV foi analisada em 2002 em Florença, Itália. Um sub-desenho foi descoberto dentro da pintura dos três reis magos que visitavam o menino Jesus. A análise, no entanto, mostrou muito mais do que é visível a olho nu.

Aconteceu que havia camadas de tinta, algumas adições, que não foram pintadas pelo artista original. Um desses detalhes pintados sobre um templo pagão, teria sido um problema na época com a igreja predominante. De fato, um dos desenhos de fundo é um templo com a flor de lótus (ou seja, a flor da vida). Alguns dos teóricos dos astronautas da antiguidade afirmam que LDV estava obcecado com a flor de lótus, o que pode indicar sua conexão com o contato alienígena em potencial.

“A Virgem das Rochas”

Uma pintura posterior chamada ‘A Virgem das Rochas’ pode ser ligada à sua experiência na caverna. A pintura retrata figuras vindas das sombras, pois João Batista e Jesus são mostrados como bebês. O que é incomum é o posicionamento, com Jesus sendo protegido pelo arcanjo Uriel e João sob o olhar atento da Virgem Maria.

Os teóricos dos astronautas da antiguidade sugerem que a configuração da caverna assustadora é uma referência à sua experiência pessoal, e a transposição de figuras protetoras indica o status de Uriel como um alienígena. Hã?

“A Última Ceia”

“A Última Ceia” foi explorada ad nauseum, mas um resumo rápido está em ordem.
A pintura retrata o momento em que Jesus disse a seus discípulos que o trairiam, e todos eles estão congelados em ação.

A figura à direita de Jesus é presumida como sendo o apóstolo João, mas muitos pensam que é Maria Madalena, por causa das características femininas. Além disso, a face e o ângulo apontando para baixo correspondem à crença de LDV de que as mulheres devem ser retratadas dessa maneira. Finalmente, a imagem espelhada de roupas e poses, que juntas formam um M maiúsculo, indicam Maria Madalena. Então, por que ela foi colocada na pintura? E onde está o cálice comumente conhecido como o Santo Graal?

De acordo com a equipe do Alienígenas do Passado, os dois itens estão relacionados, e tudo se resume a uma representação da gravidez de Maria Madalena, filhos divinos de Jesus, que eventualmente leva à LDV de alguma forma.

Música escondida

Pode haver notas musicais em “A Última Ceia”. Um músico francês olhou para as linhas horizontais e verticais da pintura e notou um pentagrama musical. Pequenos pedaços de pão ao longo da mesa representam notas musicais, e as linhas da toalha se alinham perfeitamente com as mãos dos apóstolos. Finalmente, a música começa e termina com um E (Mi), que permite que seja repetida infinitamente.

A equipe do Alienígenas do Passado conectam essa música “oculta” à meditação, canto e vibração, que se conecta harmonicamente às divindades, semelhante a algumas religiões. Uma conexão menor é feita com as missões Voyager da NASA e também com o o filme Contatos Imediatos do Terceiro Grau.

Salvator Mundi

O Louvre de Abu Dhabi parece um disco voador. Ele foi claramente criado para parecer futurista, e à noite ele brilha com o conjunto de luzes no céu. Além disso, o arquiteto afirmou que queria que ele parecesse futurista. Então, por que exatamente está abrigando “Salvator Mundi”, de LDV, e por que o príncipe saudita pagou um preço tão astronômico (trocadilho intencional) por isso?

A ligação não está totalmente desenvolvida, mas a pintura mostra Jesus segurando uma Pedra Chintamani, que é uma joia do hinduísmo e do budismo. Sua tradução literal é ‘a jóia que concede desejos’. A questão é: por que um pintor tradicionalmente católico romano está exibindo algo do budismo alguns séculos antes? Além disso, a Pedra Chintamani na pintura tem 3 pontos brancos que se alinham perfeitamente às estrelas da constelação de Orion. Isso faz uma ligação com os antigos egípcios, mexicanos, etc.

“João Batista”

Por último, mas não menos importante, a pintura de “João Batista” mostra São João apontando para cima. De acordo com o programa Alienígenas do Passado, é para ‘outro reino’. Além disso, se a pintura  for espelhada, o rosto de um extraterrestre aparece no meio. Julgue por você mesmo.

(Para informações de como ativar a legenda em português do vídeo abaixo, embora ela não seja precisa e não funcione em aparelhos móveis, clique aqui):

Então o que tudo isso significa? As imagens estão ligadas? Da Vinci incluiu ligações alienígenas em suas pinturas? É difícil dizer, e Alienígenas do Passado não pinta uma imagem perfeita neste episódio…

(Fonte)

Colaboração: SENAM


Você concorda com a teoria apresentada pelo programa Alienígenas do Passado? Estaria mesmo Leonardo da Vinci ligado aos alienígenas e tentando nos informar?

A área de comentários está aberta.

n3m3

Termos recém pesquisados por leitores:

ATENÇÃO: Os comentários abaixo são de responsabilidade única e exclusiva de seus próprio autores e o site OVNI Hoje não se responsabiliza por quaisquer inconveniências por eles causados, como também reserva o direito aos seus moderadores de banir qualquer usuário que bem determinarem. Ao usar a área de comentários abaixo, você concorda com esses termos.

Assim, seja civilizado ao comentar e reporte abusos, marcando tais comentários como 'inapropriados', acessando a pequena flecha apontada para baixo no lado direito de cada comentário.

Obrigado.

Ad Blocker Detectado

Olá leitor. O OVNI Hoje depende dos anúncios aqui publicados para que seja possível pagar sua hospedagem e trazer notícias a você de forma gratuita. Por favor, considere nos apoiar desabilitando o seu bloqueador de anúncios. Obrigado

Refresh