web analytics

Astrônomos estão de olho no imprevisível cometa C/2017 S3

Com reportado aqui no OH em 10 de julho, um cometa com brilho duas vezes o tamanho de Júpiter foi descoberto em nosso Sistema Solar e está se aproximando do Sol.

Veja abaixo a informação mais recente sobre este corpo celeste, que parece ter vindo de fora de nosso Sistema Solar: 

cometa C/2017 S3

O cometa C/2017 S3 possui uma excentricidade de 1.0000787, o que torna sua órbita hiperbólica. Sua inclinação é de cerca de 99 graus em relação ao plano do sistema solar. Isso torna muito improvável que seja um cometa de nosso próprio sistema solar, lançado em uma órbita hiperbólica, escapando do Sol, por um contato próximo com Júpiter.

Este cometa estranho de repente aumentou seu brilhou em 2 de julho de 2018.

Michael Jäger (astrônomo da Áustria) tirou a foto acima da atmosfera verde em expansão do cometa logo após a explosão.

A nuvem de gás ao redor do núcleo do cometa tem cerca de 4 minutos de arco, diz Jäger. Isso significa que a atmosfera do cometa tem 260.000 km de diâmetro, quase o dobro do planeta Júpiter.

Apenas uma semana depois, o cometa diminuiu seu brilho, escurecendo quase ao ponto de não ser visto. Depois, ele explodiu novamente; sua atmosfera verde expandiu a um tamanho grande o suficiente para engolir Júpiter duas vezes.

Michael Jaeger capturou a cauda recém-formada do cometa em 20 de julho de 2018, veja a animação GIF abaixo:

Por que este cometa é tão imprevisível? É realmente um cometa ou é algo como Oumuamua? (Para quem não lembra, o Oumuamua é aquele objeto que veio de fora de nosso sistema solar, o qual alguns cientistas desconfiaram que poderia ter sido uma nave alienígena. Clique aqui para mais detalhes.)

Eles sugerem que provavelmente este cometa nunca sentiu o calor do Sol antes. O cometa está chegando da nuvem de Oort, um vasto reservatório de cometas frescos no sistema solar mais externo.

E esta será sua primeira vez entre os planetas internos. O calor não familiar a ele está fazendo com que as veias de gelo fresco estourem e causem o enorme brilho à medida que o cometa se aproxima.

Espera-se que ele aumente seu brilho muito mais, à medida que se aproxima do Sol dentro da órbita de Mercúrio em agosto, um caminho estreito e aberto que, por fim, o lançará de volta ao sistema solar externo, reportou o site spaceweather.

No entanto, fiquemos atentos para o inesperado.

(Fonte)


Como já era de se esperar, com a aproximação deste cometa e do maior eclipse lunar do século que ocorrerá neste final de semana, não há escassez de pessoas predizendo que algo está para acontecer em nosso planeta.

n3m3

Termos recém pesquisados por leitores:

Loading...

ATENÇÃO: Os comentários abaixo são de responsabilidade única e exclusiva de seus próprio autores e o site OVNI Hoje não se responsabiliza por quaisquer inconveniências por eles causados, como também reserva o direito aos seus moderadores de banir qualquer usuário que bem determinarem. Ao usar a área de comentários abaixo, você concorda com esses termos.

Assim, seja civilizado ao comentar e reporte abusos, marcando tais comentários como 'inapropriados', acessando a pequena flecha apontada para baixo no lado direito de cada comentário.

Obrigado.

Ad Blocker Detectado

Olá leitor. O OVNI Hoje depende dos anúncios aqui publicados para que seja possível pagar sua hospedagem e trazer notícias a você de forma gratuita. Por favor, considere nos apoiar desabilitando o seu bloqueador de anúncios. Obrigado

Refresh