web analytics

O lado oculto da Lua: O que é? O que tem lá?

O lado oculto da Lua

Você já ouviu falar sobre o ‘lado escuro’, ou oculto da Lua? É a porção da Lua que está permanentemente afastada da Terra. Obviamente, ele ainda recebe a luz do Sol. A razão pela qual nunca podemos ver este lado da Lua da Terra é porque o tempo que leva para a Lua girar uma vez em seu eixo é a mesma quantidade de tempo que leva para ela orbitar ao redor da Terra, aproximadamente 27 dias. As velocidades de rotação e revolução da Lua são exatamente sincronizadas, de modo que, do ponto de vista da Terra, sempre vemos o mesmo lado da Lua girando. Coincidência? Talvez não.

Também é razoável notar que as teorias sobre a existência da Lua são altamente questionáveis, pois dada a física por si só, é impossível saber como ela surgiu. Teorias sobre a criação da Lua têm muito pouca evidência para suportá-las. Teorias de colisões planetárias dando origem a objetos com tais características e colocações perfeitas são altamente improváveis, dado o que sabemos sobre a física. Muitos cientistas apontaram isso ao longo dos anos e muitos deles concordam que a forma como a Lua surgiu é um completo mistério. Membros da Academia Soviética de Ciências (Vasin e Shcherbakov, 1970) publicaram um artigo intitulado “A Lua é a Criação da Inteligência Alienígena?” Este artigo ofereceu uma outra explicação de como a Lua pode ter sido criada. Esta parece ser uma hipótese melhor, porque há realmente uma quantidade considerável de evidências que apontam para algo suspeito acontecendo na Lua.

Não podemos deixar de chegar à conclusão de que a Lua, por direito, não deveria estar lá. O fato dela estar é um daqueles golpes de sorte quase bom demais para aceitar – Isaac Asimov, professor russo de bioquímica

 

É mais fácil explicar a inexistência da Lua do que sua existência – Cientista da NASA, Robin Brett

 

A melhor explicação para a Lua é [que se trata de] um erro de observação – a Lua não existe – Irwin Shapiro, Astrofísico da Harvard

Quando mais pessoas começaram a fazer perguntas sobre algum tipo de presença na Lua, a resposta mais comum foi o fato de que seria impossível, e que os astrônomos amadores, dada a tecnologia de hoje, seriam capazes de identificar tais alegações com facilidade. Esta resposta é apenas metade válida, dado o fato de que eles só seriam capazes de observar um lado da Lua! Muitas informações estão disponíveis para sugerir que há algum tipo de estrutura na Lua e também algum tipo de operação que é desconhecida pela maioria das pessoas no planeta Terra. Podem ser operações humanas, operações extraterrestres ou operações humanas e extraterrestres conjuntas. Se você vai esconder algo dos olhos dos astrônomos, o “lado oculto” da Lua é o lugar perfeito para fazê-lo.

Vamos dar uma olhada em algumas das evidências que sugerem que algo está acontecendo lá em cima.

Uma pesquisa conduzida pela Universidade de Stanford foi capaz de identificar os anéis ao redor de Júpiter antes que a ciência pudesse confirmá-los. Antes que a sonda Pioneer 10 da NASA estivesse prestes a voar por Júpiter, o observador remoto Ingo Swann foi capaz de descrever as mesmas características ilustradas pela Pioneer 10 da NASA ao visualizar remotamente o planeta. A visualização remota é a capacidade de os indivíduos descreverem uma localização geográfica distante de até várias centenas de milhares de quilômetros (ou ainda mais) de distância. É como projetar sua consciência para outro lugar fora do seu corpo. Este fenômeno foi confirmado por vários estudos. A coisa interessante sobre a visão remota é que ela ganhou um alto nível de interesse da comunidade de inteligência e os programas foram envolvidos com sigilo no mundo confidencial dentro do departamento de defesa dos EUA por anos.

Uma coisa é ler sobre OVNIs e outras coisas nos jornais ou nos livros. Outra é ouvir rumores que dizem que capturaram extraterrestres e derrubaram naves espaciais alienígenas. Mas é ainda outra questão totalmente diferente encontrar-se numa situação que confirma tudo. Eu encontrei torres, máquinas, luzes, edifícios, humanoides ocupados no trabalho, em algo que eu não conseguia compreender – Ingo Swann

Ingo escreveu muito sobre a Lua e suas descobertas, e o fato de que ele estava intimamente ligado e frequentemente usado pela comunidade de inteligência deve soar alguns alarmes ao percebermos a importância de seu trabalho. Além disso, o fato dele ter visto remotamente com sucesso anéis de Júpiter antes que a ciência moderna pudesse, é surpreendente. Estes resultados foram publicados pela Universidade de Stanford. Lá, ele descreve grandes estruturas, luzes, edifícios e algum tipo de presença humanoide.

O caso de Ingo não é o único que possui muita credibilidade. Não muito tempo atrás, Gary McKinnon executou uma grande invasão de computadores militares.

Em 2002, ele foi acusado e preso por hackear o Exército dos EUA, a Marinha, a Força Aérea e 16 computadores da NASA.

O que Gary achou? Ele encontrou uma lista de “oficiais não-terrestres de fora do mundo” que tinham um posto. Ele foi incapaz de dizer se eles representam a Força Aérea, a Marinha, o Exército ou nenhum deles. Ele também encontrou várias fotos de OVNIs e relações de transferências de “esquadrilhas para esquadrilhas” de materiais de “nave para nave”. Para assistir a uma entrevista com Gary McKinnon clique aqui.

Muitas pessoas não sabem que a Força Aérea dos Estados Unidos tem um comando espacial responsável ​​por conduzir “operações cibernéticas”. Gary McKinnon poderia lançar alguma luz sobre essas operações? Como podemos saber sobre essas operações? Todas elas permanecem secretas por uma questão de ‘segurança nacional’.

Os perigos da ocultação excessiva e injustificada dos fatos pertinentes superam em muito os perigos citados para justificá-la. Há um perigo muito grave, que uma necessidade anunciada de uma maior necessidade de segurança, será aproveitada por aqueles ansiosos para expandir seu significado para os próprios limites da censura e sigilo oficial. Isto não é o que pretendo permitir, na medida em que está no meu controle – JFK

Dado o fato que a informação acima é altamente credível e verificável, o que significa que realmente houve uma experiência de visão remota conduzida pela Universidade de Stanford (e muitos outros) envolvendo Ingo Swann, e que Gary McKinnon de fato realizou uma das maiores invasões de computadores militares de todos os tempos, faz sentido continuar explorando esse tópico.

Aqui está o testemunho dado em 2001 no National Press Club. Como parte do projeto de divulgação criado pelo Dr. Steven Greer, centenas de militares de alto escalão se apresentaram para compartilhar suas histórias. Abaixo estão alguns delatores que falam sobre a Lua:

Então o que você acha que tem no oculto da Lua? Para alguns dizerem que nunca fomos à Lua é ridículo. Claro, alguns dos pousos da Lua que foram televisionados poderiam ter sido falsificados, mas o fato permanece, nós fomos à Lua e a coisa real provavelmente não foi televisionada…

(Fonte)


Certamente o lado oculto da Lua é o lugar perfeito para esconder possíveis bases lunares. Porém, mesmo no lago exposto da Lua, muitas pessoas já encontraram estruturas suspeitas.

Enorme estrutura em ‘V’ na superfície da Lua pode indicar presença inteligente

n3m3

Termos recém pesquisados por leitores:

Loading...

ATENÇÃO: Os comentários abaixo são de responsabilidade única e exclusiva de seus próprio autores e o site OVNI Hoje não se responsabiliza por quaisquer inconveniências por eles causados, como também reserva o direito aos seus moderadores de banir qualquer usuário que bem determinarem. Ao usar a área de comentários abaixo, você concorda com esses termos.

Assim, seja civilizado ao comentar e reporte abusos, marcando tais comentários como 'inapropriados', acessando a pequena flecha apontada para baixo no lado direito de cada comentário.

Obrigado.

Ad Blocker Detectado

Olá leitor. O OVNI Hoje depende dos anúncios aqui publicados para que seja possível pagar sua hospedagem e trazer notícias a você de forma gratuita. Por favor, considere nos apoiar desabilitando o seu bloqueador de anúncios. Obrigado

Refresh