web analytics

O primeiro contato por rádio com ETs poderá ser sinais fantasmas de civilizações já extintas, dizem cientistas

O artigo abaixo, quando fala em primeiro contato com ETs, se refere à recepção de ondas de rádio transmitidas por possíveis civilizações alienígenas dos lugares mais longínquos de nossa galáxia.

O primeiro contato por rádio com ETs

A espécie humana tem transmitido ondas de rádio há apenas 80 anos, então nossas ondas de rádio cobrem menos de 0,001% da Via Láctea. Os sinais eletromagnéticos (círculos mostrados abaixo) das civilizações alienígenas continuarão viajando pela Via Láctea, mesmo depois que os alienígenas se forem. A aparência dos buracos dos círculos representa quando uma civilização morre.

Surpreendentemente, o número médio de sinais de ETs que cruzam a Terra em um determinado momento deve ser igual ao número de civilizações atualmente transmitindo – mesmo que as civilizações que ouvimos não sejam as mesmas que estão transmitindo atualmente.

Earth = Terra

Em um esforço para atualizar a Equação de Drake de 1961, que estima o número de civilizações detectáveis ​​e inteligentes na Via Láctea, o físico Claudio Grimaldi e seus colegas calcularam a área da galáxia que deveria ser preenchida com sinais alienígenas em um determinado momento.

Grimaldi, da Escola Politécnica Federal de Lausanne, na Suíça, disse:

Se a civilização emitisse [um sinal de rádio] do outro lado da galáxia, quando o sinal chegar aqui, a civilização já terá desaparecido.

Se os sinais de uma civilização alienígena chegarem à Terra, as probabilidades são de que os alienígenas já estejam mortos.’

Grimaldi está agora trabalhando em um artigo sobre porque não encontramos nenhum sinal até agora.

A equipe, que inclui Frank Drake (agora professor emérito do Instituto SETI em Mountain View, Califórnia, e da Universidade da Califórnia, Santa Cruz), presumiu que civilizações tecnologicamente experientes nascem e morrem em um taxa constante. Quando uma civilização morre e pára de transmitir, os sinais enviados continuam viajando como ondulações concêntricas em um lago.

Parte da Via Láctea deve ser preenchida com esses sinais fantasma.

Se uma civilização durou menos de 100.000 anos – o tempo que a luz leva para cruzar a galáxia – então as chances dos sinais chegarem à Terra enquanto a civilização ainda está transmitindo são muito pequenas, relataram os pesquisadores arXiv.org .

(Fonte)


Como é de se esperar, os cientistas de tendência predominante insistem em ignorar toda a documentação de governos do mundo todo provando que estamos sendo visitados por inteligências superiores à nossa, e eles se atém a procurar por sinais de rádio, uma tecnologia que possivelmente nem sequer é utilizada por outras civilizações no Universo, ou que, se usada, essas transmissões provavelmente não teriam força suficiente para cruzar as vastas distâncias entre sistemas solares.

A alegada inexistência de sinais de rádio captados por nossos astrônomos durante décadas de procura, versus a improbabilidade de estarmos sós no Universo, atesta que essas tentativas não passam de exercícios em futilidade.

Se o mesmo investimento feito até agora nessa procura, financeiro e intelectual, fosse despendido para decifrar o mistério dos OVNIs, já teríamos uma resposta para esse enigma há muito tempo.

n3m3

ATENÇÃO: Os comentários abaixo são de responsabilidade única e exclusiva de seus próprio autores e o site OVNI Hoje não se responsabiliza por quaisquer inconveniências por eles causados, como também reserva o direito aos seus moderadores de banir qualquer usuário que bem determinarem. Ao usar a área de comentários abaixo, você concorda com esses termos.

Assim, seja civilizado ao comentar e reporte abusos, marcando tais comentários como 'inapropriados', acessando a pequena flecha apontada para baixo no lado direito de cada comentário.

Obrigado.

Ad Blocker Detectado

Olá leitor. O OVNI Hoje depende dos anúncios aqui publicados para que seja possível pagar sua hospedagem e trazer notícias a você de forma gratuita. Por favor, considere nos apoiar desabilitando o seu bloqueador de anúncios. Obrigado

Refresh