web analytics

São descobertos 3 planetas do tamanho da Terra

3 planetas do tamanho da Terra

Imagem ilustrativa

O Instituto de Astrofísica das Canárias (IAC) e a Universidade de Oviedo apresentaram ontem (07) a descoberta de dois novos sistemas planetários, um deles hospedando três planetas com o mesmo tamanho da Terra. As informações sobre esses novos exoplanetas foram obtidas a partir dos dados coletados pela missão K2 do satélite Kepler da NASA, que foi iniciada em novembro de 2013.

O trabalho, que será publicado nos Monthly Notices da revista da Royal Astronomical Society (MNRAS), revela a existência de dois novos sistemas planetários detectados a partir dos eclipses que produzem na luz estelar de suas respectivas estrelas.

O primeiro sistema exoplanetário está localizado na estrela K2-239, caracterizada por estes pesquisadores como uma anã vermelha do tipo M3V, a partir de observações feitas com o Gran Telescopio Canarias (GTC), no Observatório Roque de los Muchachos (Garafía, La Palma).  A estrela está localizada na constelação do Sextante a 50 parsecs do Sol (a cerca de 160 anos-luz). Ela possui um sistema compacto de pelo menos três planetas rochosos de tamanho similar à Terra (1,1, 1,0 e 1,1 raios terrestres) que orbitam a estrela a cada 5,2, 7,8 e 10,1 dias, respectivamente.

A outra estrela anã vermelha, chamada K2-240, tem dois planetas do tipo super-Terra, aproximadamente duas vezes o tamanho do nosso planeta. Embora a temperatura atmosférica das estrelas anãs vermelhas, em torno das quais esses planetas giram, seja de 3.450 e 3.800 K, respectivamente, quase a metade da temperatura do nosso Sol. Esses pesquisadores estimam que todos os planetas descobertos terão temperaturas superficiais dezenas de graus mais altas que as do planeta Terra, devido à forte radiação que recebem nessas órbitas próximas a suas estrelas.

Futuras campanhas de observação com o novo telescópio espacial James Webb caracterizarão a composição das atmosferas dos planetas descobertos. Observações espectroscópicas com o instrumento ESPRESSO, instalado no Very Large Telescope (VLT), do European Southern Observatory (ESO), ou com futuros espectrógrafos no GTC ou em novas instalações astronômicas, como o ELT ou o TMT, serão cruciais determinar as massas, densidades e propriedades físicas destes planetas.

(Fonte)

Colaboração: Lênio


Lembrando que, embora suspeita-se que a temperatura desses planetas seja muito alta, aqui mesmo em nosso planeta temos seres vivos que prosperam ao redor das fontes hidrotermais no fundo dos oceanos, onde a água está acima da temperatura de ebulição. Ninguém sabe que tipos de vida poderemos encontrar nos mais variados ambientes do nosso Universo, e tudo que os cientistas podem fazer é se basear na vida aqui da Terra. 

Assim, esses mundos misteriosos podem muito bem abrigar a vida, inclusive civilizações sofisticadas.

n3m3

Termos recém pesquisados por leitores:

"

ATENÇÃO: Os comentários abaixo são de responsabilidade única e exclusiva de seus próprio autores e o site OVNI Hoje não se responsabiliza por quaisquer inconveniências por eles causados, como também reserva o direito aos seus moderadores de banir qualquer usuário que bem determinarem. Ao usar a área de comentários abaixo, você concorda com esses termos.

Assim, seja civilizado ao comentar e reporte abusos, marcando tais comentários como 'inapropriados', acessando a pequena flecha apontada para baixo no lado direito de cada comentário.

Obrigado.

Ad Blocker Detectado

Olá leitor. O OVNI Hoje depende dos anúncios aqui publicados para que seja possível pagar sua hospedagem e trazer notícias a você de forma gratuita. Por favor, considere nos apoiar desabilitando o seu bloqueador de anúncios. Obrigado

Refresh