web analytics

Erich Von Däniken irrita repórter ao afirmar que a mídia é omissa quanto ao fenômeno dos OVNIs

Erich Von Däniken irrita repórter

Como reportado pelo blog jasoncolavito.com, o jornal austríaco Kronen Zeitung publicou uma entrevista em alemão com  Erich Von Däniken, o famoso autor do livro ‘Eram os Deuses Astronautas?’, no início de maio passado, e perguntaram a ele como os alienígenas realmente se parecem.

Von Däniken disse:

Supõe-se que a evolução tenha sido diferente em outros planetas além do nosso. Eu sempre zombo e digo, talvez eles tenham crocodilos voadores ou árvores falantes.

Ele então disse ao entrevistador que a hipótese da panspermia sugere que os alienígenas se parecem com os seres humanos, porque a Terra foi semeada das estrelas. Após, Von Däniken acabou citando os antigos épicos da Índia como prova de que alienígenas do espaço visitaram a antiga Terra. Em especial, ele citou uma passagem sem nome de um épico sobre ‘três cidades’ flutuando pelo céu, afirmando que os alienígenas já retornaram à Terra e estão entre nós.

Von Däniken foi mais além, dizendo algo que todos nós sabemos, de que os “jornalistas e cientistas” da Europa Central criaram uma cultura onde a crença em OVNIs é fortemente criticada e, portanto, os austríacos, alemães e suíços são menos propensos a relatar avistamentos de OVNIs do que seus colegas americanos.

Na verdade, o artigo de Jason Colavito, editor do blog citado acima, ataca fortemente as convicções e declarações de Von Däniken, como pode ser visto no trecho abaixo:

É um pouco interessante ver como Von Däniken dobra suas crenças políticas em sua antiga teorização sobre astronautas. Ele é conservador de longa data e, como tal, tende a espelhar os piores excessos da ala de direita. Aqui, ele foi perguntado o porquê dos alienígenas não nos ajudarem a evitar as consequências da mudança climática, para impedir que os humanos destruam o planeta. Von Däniken nega que o planeta esteja com problemas ou que os alienígenas precisam ajudar. “Nós não vamos destruir o planeta. Nós vamos pegá-lo de volta. Eles não nos ajudam mais do que nós ajudamos as formigas”…

Mas o que mais perturbou Jason Colavito foi que, como escrito pelo próprio Jason, “Von Däniken recorreu à propaganda na era nazista para culpar a mídia por suprimir a verdade sobre alienígenas e astronautas da antiguidade, invocando a infame calúnia nazista do Lügenpresse – a ‘imprensa mentirosa’ – em uma tentativa de desacreditar a mídia.

Aqui está a declaração de Von Däniken:

O que eu culpo é a mídia: não temos uma ‘imprensa mentirosa’; o que temos é uma ‘ocultação por silêncio’.

Obviamente, o repórter do jornal austríaco, Michael Pommer, ficou irado com essa declaração, e desafiou Von Däniken, como pode ser lido abaixo:

POMMER: O que está sendo escondido? Eu prometo a você que nenhum governo nos pediu para esconder, digamos, um acidente de OVNI em Viena.

Erich Von Däniken: Claro que não. Você quer ser razoável. E para ser razoável significa que você não lida com OVNIs, porque você não quer parecer ridículo. Isso é o que eu quis dizer.

POMMER: O fato é que você vendeu mais de 73 milhões de livros em todo o mundo. Agora, novamente, há a teoria da conspiração de que você está inventando tudo, por dinheiro precioso.

EVD: As pessoas que dizem isso são [expletivo]. Eu amo céticos. Eu gosto de debater com eles. Eles perdem em qualquer caso. Mas essas pessoas não conhecem meus livros, nem nunca falaram comigo.

O artigo de Colavito termina acusando Von Däniken de sempre se negar a dar uma entrevista direta com ele, fazendo com que o bloggeiro escrevesse: “Então, você pode tentar se olhar no espelho antes de reclamar que os céticos não vão engajar você”.

Pois bem, Von Däniken pode ser tudo aquilo que seus opositores o acusam de ser, mas duas coisas não podem ser desmerecidas dele: primeiro, suas ideias e seus livros, certos e ou errados, serviram para instigar a mente da população mundial de que pode haver uma outra realidade além daquela imposta a nós pelo estabelecimento instaurado e, segundo, que realmente a mídia mundial, assim como os cientistas da tendência predominante, ou fogem do assunto OVNIs como “o diabo foge da cruz”, ou o ridicularizam, pois isso os faz sentir superiores aos demais. Só não vê isto quem não quer.

E, enquanto nós humanos ficarmos digladiando entre nós sobre quem está certo, ou quem está errado, toda energia que deveria ser utilizada para investigar um fenômeno que é indiscutivelmente real acaba sendo desperdiçada.

Talvez seja isso mesmo que aqueles que instauraram e comandam o status quo querem. Afinal, para que pensar nessas coisas, se há muitas futilidades – que são principalmente difundidas com intensidade e falsa importância pela mídia corporativa – para focarmos e sermos mantidos “apaziguados”. Lembrem-se, a Copa do Mundo vem aí, e nossos problemas, por mais urgentes ou críticos que pareçam, não são mais importantes do que torcer para nossos países.

Então, não questione nada e faça o que uma “pessoa normal” deve fazer… …A não ser, é claro, que você não seja como as massas.

n3m3

…Em tempo, se você ainda não conhece a obra mais famosa de Erich Von Däniken, veja o vídeo abaixo de ‘Eram os Deuses Astronautas’, completo e dublado em português:

Termos recém pesquisados por leitores:

Loading...

ATENÇÃO: Os comentários abaixo são de responsabilidade única e exclusiva de seus próprio autores e o site OVNI Hoje não se responsabiliza por quaisquer inconveniências por eles causados, como também reserva o direito aos seus moderadores de banir qualquer usuário que bem determinarem. Ao usar a área de comentários abaixo, você concorda com esses termos.

Assim, seja civilizado ao comentar e reporte abusos, marcando tais comentários como 'inapropriados', acessando a pequena flecha apontada para baixo no lado direito de cada comentário.

Obrigado.

Ad Blocker Detectado

Olá leitor. O OVNI Hoje depende dos anúncios aqui publicados para que seja possível pagar sua hospedagem e trazer notícias a você de forma gratuita. Por favor, considere nos apoiar desabilitando o seu bloqueador de anúncios. Obrigado

Refresh