web analytics

Alienígena em uniforme da USAF contata informante

O Dr. Michael Salla acaba de publicar outro artigo intrigante, que embora pareça ser extraordinário demais para ser verdade, não podemos deixar de apresentar aos nosso leitores, pois se pelo menos uma fração disso for verdadeiro já se trata de algo a ser considerado.

Alienígena em uniforme da USAF contata informante

Foto ampliada de um suposto OVNI de alienígenas nórdicos.

Em 24 de maio, minha fonte anônima, JP, que forneceu dezenas de fotos de diferentes tipos de naves pertencentes a um programa espacial secreto da Força Aérea dos EUA (USAF) diz que encontrou um extraterrestre “nórdico” de aparência humana. Ele alega que o nórdico estava usando um uniforme da USAF e o convidou para dar uma volta em uma nave em forma de disco, numa área isolada de floresta, em Orlando, Flórida.

JP recusou a oferta, mas tirou fotos da espaçonave depois que ela partiu (abaixo). Sua lembrança da conversa com o nórdico revela que eles estão cooperando diretamente com a USAF e respeitando os termos de um acordo sobre sua interação com o público em geral.

O que segue é a conversa no Skype que tive com o JP, juntamente com alguns comentários. Eu criei uma página onde artigos e vídeos anteriores com suas fotos, juntamente com originais, podem ser encontrados para análise independente.

A conversa começou às 10h32, horário do leste dos EUA. Eu removi erros gramaticais e adicionei texto extra entre colchetes para esclarecer o que JP está dizendo:

JP disse que a imagem acima lembra o nórdico que ele conheceu, mas ele tinha um corte de cabelo militar padrão.

JP: 9h. Bom contato hoje.

Michael Salla: O que aconteceu?

JP: Eu fui para o bosque. Eu estava ouvindo um zumbido no meu ouvido. Eu estou achando que foi como um chamado. Como eu tenho do último contato. Eu me encontrei com esse homem. Vestindo um macacão da Força Aérea dos Estados Unidos. Azul escuro. Seu rosto era diferente. Possivelmente um nórdico.

JP: Olhos azuis claros, cabelos loiros, usando um macacão da Força Aérea dos Estados Unidos. Ele foi muito gentil. Ele disse que muitas dessas naves serão vistas por toda parte. Ele me convidou para ir à nave. Eu disse não.
Sim [ele me perguntou novamente] se eu tinha certeza…

JP: Eu disse a ele que vamos começar a precisar de provas em vídeo. Ele me disse que [devido a] um acordo que eles têm com os Estados Unidos e outros países, eles não podem.

Isso é consistente com o que contatados como George Adamski, Howard Menger e outros disseram sobre os extraterrestres de aparência humana que cada um deles ajudou a se misturarem às comunidades locais para evitar o reconhecimento do público em geral, e até das autoridades nacionais.

É importante notar que o atual primeiro-ministro russo, Dimitry Medvedev, revelou em dezembro de 2012 que, quando se tornou presidente, recebeu um arquivo altamente confidencial sobre como as autoridades russas e globais registram e rastreiam extraterrestres secretamente vivendo entre a população humana.

Tudo isso sugere que acordos secretos foram de fato alcançados entre autoridades públicas e extraterrestres nórdicos, onde qualquer tipo de gravação em vídeo de sua existência não é permitido por aqueles que contataram.

Volto agora à minha conversa no Skype com o JP, onde perguntei a ele sobre sua decisão de não aceitar a oferta nórdica para entrar em sua nave:

Michael Salla: Surpreso você disse que não. Você teve um mau pressentimento a qualquer momento?

JP: Não, eu realmente senti felicidade, mas eu estava meio chateado por não conseguir o vídeo.

Michael Salla: Hmmm, você teria sito permitido a tirar fotos?

JP: Ele me disse. Este tipo de nave vai ser visto por toda parte. Depois ele falou comigo. Ele me tocou. Tive um flash que eu estava dentro da nave. Flutuando ao redor. Foi uma fração de segundo. Então ele me disse, você está de volta.

Aqui, JP está sugerindo que o “nórdico” havia combinado que ele visse o interior da nave sem entrar fisicamente. Talvez a projeção astral ou algum outro tipo de encontro não físico tivesse ocorrido.

JP, em seguida, continua a perguntar sobre a cooperação entre os países nórdicos e a USAF:

JP: Eu perguntei a ele, o que está acontecendo com vocês e a Força Aérea dos Estados Unidos. Ele me disse que eles estão trabalhando em um grande projeto juntos.
Um par de projetos no Golfo do México envolvendo alguns membros da Força Aérea MacDill.

Michael Salla: Por que ele estava vestindo um uniforme da Força Aérea dos EUA?

JP: Todos esses estrondos sonoros fazem parte do projeto que eles estão fazendo.

Michael Salla: Ele tinha o distintivo de Operações Especiais da USAF?

Em incidentes anteriores, JP descreveu o fato de ter sido levado a bordo de uma espaçonave em forma de retângulo, onde viu ocupantes em uniformes da USAF, com o distintivo das Operações Especiais da Força Aérea. Os incidentes ocorreram ao lado da Base Aérea MacDill, sede do Comando de Operações Especiais dos EUA.

JP disse que o distintivo usado pelos nórdicos era diferente e continha símbolos de uma estrela e uma crescente.

À esquerda, distintivo usado pelo pessoal de Operações Especiais da USAF. À direita, um esboço do distintivo usado pelo ET nórdico que trabalha para a USAF.

Mais tarde, ele me explicou que o uniforme em si tinha a sigla USAF, com o acrônimo também escrito em uma língua estrangeira que ele não reconheceu imediatamente, mas depois de fazer alguma pesquisa na internet, descobriu que parecia ser antigo sumério. Aparentemente, isso permitiu que os nórdicos andassem sem serem perturbados dentro das bases da USAF:

JP: Outro tipo de insígnia espacial.

Michael Salla: O que fez você pensar que era um uniforme da USAF e não um uniforme nórdico?

JP: Para se camuflar na base [USAF] quando eles estão andando. O distintivo tinha que ser da Força Aérea dos Estados Unidos.

Michael Salla: Ele disse que ele anda pelas bases da USAF, MacDill?

JP:… Sim, em outras bases ao redor do mundo.

Michael Salla: Isso faz sentido. Ele disse há quanto tempo seu grupo trabalha com a USAF em projetos conjuntos? Quando isso começou?

JP: Nunca chegamos longe nessa conversa. Estou pensando há muito tempo, Michael. Quando ele saiu … eu corri para o minha caminhonete.

Michael Salla: A conversa foi feita em inglês ou telepaticamente?

JP: Inglês. Tipo europeu. Como as pessoas falam na Inglaterra. O inglês perfeito. Não é americano.

Michael Salla: Você conseguiu tirar fotos?

JP: Sim.

JP disse que foi capaz de tirar fotos da nave, uma vez que decolou, mas não enquanto estava no chão. As fotos originais da nave partindo estão localizadas abaixo. O vídeo a seguir contém todas as fotos que ele enviou, juntamente com zooms de duas das fotos.

JP diz que, enquanto a nave estava no chão, ele estava a cerca de 25 metros dela, mas seu celular não funcionava. Ele calculou que o tamanho da embarcação era de cerca de 20 metros de diâmetro e tinha três janelas que ele podia ver através dela.

Em seguida, perguntei ao JP sobre o que o nórdico havia lhe dito sobre a cooperação com a USAF:

Michael Salla: Que tipo de projetos os nórdicos estavam trabalhando com a USAF?

JP: Treinando como manobrar as naves. Manobras invasivas em todo os Estados Unidos, na Europa, no Oriente Médio, na Rússia, na Ásia.

Michael Salla: Os nórdicos estavam ensinando as manobras invasivas à USAF? Você pode explicar mais?

JP: Como uma nave persegue outra nave. Não é o mesmo que um jato perseguindo outro jato.

Michael Salla: Os nórdicos compartilhavam tecnologia com a USAF ou apenas conhecimento?

JP: A Força Aérea dos Estados Unidos tem a tecnologia, mas não sabe como usá-la corretamente. É [como] a comparação de dar um smartphone para um índio na Amazônia. O índio não saberia como carregar o telefone, não saberá como pesquisar procurar…

Então, basicamente, eles estão ensinando a tecnologia, a física. Quando usar as armas, porque as armas às vezes afetam a habilidade da nave quando ela está voando.

A arma que a nave possui é uma energia de arma pulsante superaquecida. Feixes radioativos de luz, como interagir com tempestades para conservar e ganhar energia.

Vale ressaltar aqui que, com base nos testemunhos de William Tompkins, Corey Goode e muitos outros, o complexo industrial militar dos EUA precisava trabalhar com cientistas alemães após a Segunda Guerra Mundial para aprender sobre a tecnologia de espaçonaves extraterrestres caídas que foram recuperadas em Roswell e em outros lugares… Com base no depoimento de JP, a USAF, em particular, ainda precisa de ajuda para entender a tecnologia extraterrestre nórdica, que é mais avançada do que a nave espacial recuperada pertencente aos pequenos extraterrestres Gray, cujos corpos foram frequentemente encontrados dentro dos veículos acidentados.

É importante notar que, em incidentes anteriores envolvendo os avistamentos de veículos aeroespaciais da USAF e naves espaciais nórdicas, ele foi solicitado por agentes secretos a olhar na direção da nave. Isto sugere que ele faz parte de uma iniciativa de divulgação sancionada, onde ele está sendo ajudado a revelar a existência de um programa espacial secreto da Força Aérea, e sua aliança com um grupo de extraterrestres nórdicos.

JP disse em ocasiões anteriores que foi dito que ele não tem permissão para tirar vídeos da nave, mas que as fotos são OK. Ele diz que quando tenta obter vídeos da espaçonave que ele está presenciando, seu celular pára de funcionar.

Eu conheço o JP desde 2008 e acredito que ele está revelando com precisão os eventos como eles ocorreram. As fotografias fornecem provas concretas de que os incríveis acontecimentos que ele testemunhou são genuínos.

(Fonte)

Colaboração: Lênio


Veja outro artigo, publicado em março deste ano, onde o informante JP novamente envia fotos de supostas naves ao Dr. Michale Salla.

Suposta nave antigravitacional triangular é fotografada na Flórida – EUA

n3m3

Termos recém pesquisados por leitores:

Loading...

ATENÇÃO: Os comentários abaixo são de responsabilidade única e exclusiva de seus próprio autores e o site OVNI Hoje não se responsabiliza por quaisquer inconveniências por eles causados, como também reserva o direito aos seus moderadores de banir qualquer usuário que bem determinarem. Ao usar a área de comentários abaixo, você concorda com esses termos.

Assim, seja civilizado ao comentar e reporte abusos, marcando tais comentários como 'inapropriados', acessando a pequena flecha apontada para baixo no lado direito de cada comentário.

Obrigado.

Ad Blocker Detectado

Olá leitor. O OVNI Hoje depende dos anúncios aqui publicados para que seja possível pagar sua hospedagem e trazer notícias a você de forma gratuita. Por favor, considere nos apoiar desabilitando o seu bloqueador de anúncios. Obrigado

Refresh