web analytics

Cientistas alemães dizem que EmDrive é impossível

Cientistas alemães dizem que EmDrive é impossível

Parece que as leis da física ganharam novamente.

Nos últimos anos, os pesquisadores do laboratório de propulsão avançada Eagleworks da NASA testaram o controverso e potencialmente revolucionário motor espacial chamado EmDrive.

O EmDrive, que foi originalmente desenvolvido pelo cientista britânico Roger Shawyer no início dos anos 2000, supostamente gera impulsos por meio de pulsos de microondas ao redor de uma câmara cônica. Como o motor não requer combustível, teoricamente poderia tornar o voo espacial muito mais barato e eficiente, abrindo os céus para a exploração.

E o trabalho da equipe da NASA deu entusiastas do EmDrive alguma razão para o otimismo, detectando pequenas quantidades de impulso em testes de laboratório do dispositivo.

Mas agora chegamos à parte ‘controversa’: o EmDrive realmente não deveria funcionar. O motor não explode nada para fora de uma tubulação, então a Terceira Lei do Movimento de Newton – para cada ação há uma reação igual e oposta – não entra em jogo. Ninguém realmente entende como o impulso reivindicado pode ser gerado.

E agora parece que o impulso previamente detectado foi ilusório, pelo menos de acordo com uma equipe de pesquisadores na Alemanha. Eles construíram seu próprio EmDrive e o testaram em uma câmara de vácuo, como fizeram os pesquisadores da NASA.

A equipe alemã captou algo também. Mas a análise de acompanhamento “indica claramente que o ‘impulso’ não vem do EmDrive, mas de alguma interação eletromagnética”, escreveram os pesquisadores em seu novo estudo, que você pode ler aqui. Essa interação é provável entre os cabos de energia EmDrive e o campo magnético da Terra, concluiu a equipe.

A equipe alemã, liderada por Martin Tajmar, do Instituto de Engenharia Aeroespacial da Technische Universität Dresden, também apresentou seus resultados na semana passada na conferência Space Propulsion 2018, em Sevilha, na Espanha.

Os novos resultados provavelmente não serão a última palavra no EmDrive; outros pesquisadores podem querer dar uma olhada nisso também. Mas se você está contando com esse motor impossível para ajudar a humanidade a sair entre as estrelas, você pode querer recalibrar suas expectativas.

(Fonte)

Colaboração: Osnir Stremel Jr.


Esse controverso motor de propulsão tem sido testado não só pela NASA, que confirmou em 2015 o seu funcionamento, mas até mesmo pela China, a qual alegou tê-lo enviado ao espaço par testes.

Como o artigo indica ao final, certamente este não será o veredito final quando a funcionalidade deste possível sistema de propulsão, e provavelmente logo veremos um outro artigo contradizendo o que foi relatado pelos alemães.

n3m3

ATENÇÃO: Os comentários abaixo são de responsabilidade única e exclusiva de seus próprio autores e o site OVNI Hoje não se responsabiliza por quaisquer inconveniências por eles causados, como também reserva o direito aos seus moderadores de banir qualquer usuário que bem determinarem. Ao usar a área de comentários abaixo, você concorda com esses termos.

Assim, seja civilizado ao comentar e reporte abusos, marcando tais comentários como 'inapropriados', acessando a pequena flecha apontada para baixo no lado direito de cada comentário.

Obrigado.

Ad Blocker Detectado

Olá leitor. O OVNI Hoje depende dos anúncios aqui publicados para que seja possível pagar sua hospedagem e trazer notícias a você de forma gratuita. Por favor, considere nos apoiar desabilitando o seu bloqueador de anúncios. Obrigado

Refresh