web analytics

Vivemos numa realidade virtual – físico explica o porquê

vivemos numa realidade virtual

Muitos cientistas e físicos relataram que a realidade em que estamos é uma realidade holográfica simulada. No entanto, não tem havido muita explicação sobre porque estamos em tal realidade e como estamos expandindo nossa consciência estando aqui.

Neste artigo, vamos explorar a visão geral de como uma simulação controlada baseada no medo pode provocar despertares e escolhas diferentes que começam a mudar a natureza da própria realidade.

O físico Tom Campbell fez o estudo com Robert Monroe através de experiências fora do corpo por meio de estados alterados de consciência. O objetivo era explorar a natureza da nossa realidade não física, a fim de aprender mais sobre porque estamos em uma realidade física e como alterá-la.

Ele começou conscientemente a fazer experiências no reino não físico, a fim de entender como a consciência funciona. Ele deduziu que a consciência é primária e a realidade física era um derivativo disso.

Tom é o autor de My Big Toe, The Theory of Everything, (Meu Dedão do Pé, A Teoria de Tudo – título em tradução livre) que discutiu que a mente modifica e cria o físico, e não o contrário. Ele então deduziu que a mesma física que explicava a consciência, explicava a mecânica quântica.

Segundo Tom, a consciência é um computador de informação. Nossos cinco sentidos lêem ou interpretam quais são os dados em nossa realidade.

Além disso, se a consciência é um sistema de informação, os sistemas de informação evoluem e crescem baixando sua entropia.

Entropia mais baixa é mais ordem e entropia alta é desordem. Com esta explicação, a humanidade deve se esforçar para a baixa entropia, a fim de evoluir esta realidade simulada em algo melhor.

Em uma realidade virtual física, há um limite de velocidade e um pixel de tempo se move através de um pixel de distância. A realidade física tem um conjunto de parâmetros, mas os jogadores são, na verdade, consciência fora da realidade, experimentando a realidade através de um avatar.

O ato de perceber que não nos originamos dentro da realidade física libera nossa consciência para expandir além dos parâmetros dessa realidade.

Essa realidade só existe nas mentes dos jogadores. Nossa intenção pode mudar nossa realidade, modificando a probabilidade futura e interpretando os dados de maneira diferente.

Não podemos modificar tudo, incluindo as opções de livre arbítrio de outras pessoas. Nós só podemos mover a probabilidade do futuro uma certa quantidade em uma realidade física, mas mudanças maiores podem ocorrer no nível de consciência, fazendo melhores escolhas.

Para evoluirmos, podemos quebrar os padrões desta realidade atual, introduzindo mais informações que aumentam a ordem. A modificação ocorre cooperando, amando e cuidando uns dos outros, ao contrário de sermos egocêntricos e temerosos.

Por fim, se todos tentarem otimizar para todos os outros, e todos honrarem o livre-arbítrio de cada um, nossa realidade mudará instantaneamente.

A realidade em que estivemos existindo foi ‘des-desenvolvida’ e não é sustentável.Ela foi centrada no medo e auto-preservação, onde o medo está alinhado na hierarquia, a fim de controlar o poder através de um pequeno grupo que detém a maior parte dos recursos.

Quando a simulação por computador começa a fazer escolhas mais evoluídas que importam e são dignas de apoio, as unidades de consciência individualizadas entram no sistema e passam a desempenhar os papéis da realidade, porque as escolhas então importam.

Isso é o que está acontecendo agora mesmo no sistema, à medida que mais consciência real entra e torna a simulação real.

Mais e mais físicos estão aprendendo essa teoria da realidade virtual e seu propósito. Quando a ciência dominante começa a relatar a verdadeira natureza de nossa realidade, tudo o que nos foi ensinado também terá que mudar.

Isso provará que somos parte de uma consciência conectada maior, a qual atua no físico. Ciência, filosofia, teologia e metafísica entrarão em um único entendimento.

Segundo Tom, essa realidade é um “treinador de redução de entropia” para unidades de individuação da consciência. Temos uma missão ou propósito de estarmos aqui, que é aumentar a qualidade de nossas consciências.

Em outras palavras, evoluir através do crescimento espiritual, e nossa realidade aqui é o caminho mais rápido onde as entidades vão fazer escolhas significativas e importantes que as ajudam a evoluir mais rapidamente.

Nossa missão é ser gentil e cuidar de outras pessoas. Ao fazermos isso, nossa vida pode ficar mais feliz e cheia de alegria em meio à ganância e controle que existe na realidade virtual física.

Aqueles que fazem escolhas egocêntricas e com medo vão lutar e estar cheios de emoções e lutas negativas. Sem medo e ego, começamos a fazer escolhas que nos apoiam, bem como as outras pessoas.

(Fonte)


São vários os cientistas que dizem que vivemos numa realidade holográfica, ou virtual. Estariam eles certos?

Aqui está outro artigo relacionado que possa ser de interesse:

A realidade ao nosso redor pode ser produto de um programa de computador, diz filósofo britânico. NASA concorda!

n3m3

Termos recém pesquisados por leitores:

ATENÇÃO: Os comentários abaixo são de responsabilidade única e exclusiva de seus próprio autores e o site OVNI Hoje não se responsabiliza por quaisquer inconveniências por eles causados, como também reserva o direito aos seus moderadores de banir qualquer usuário que bem determinarem. Ao usar a área de comentários abaixo, você concorda com esses termos.

Assim, seja civilizado ao comentar e reporte abusos, marcando tais comentários como 'inapropriados', acessando a pequena flecha apontada para baixo no lado direito de cada comentário.

Obrigado.

Ad Blocker Detectado

Olá leitor. O OVNI Hoje depende dos anúncios aqui publicados para que seja possível pagar sua hospedagem e trazer notícias a você de forma gratuita. Por favor, considere nos apoiar desabilitando o seu bloqueador de anúncios. Obrigado

Refresh