web analytics

Cientistas estão confusos com a descoberta de criatura pré-histórica em rio da Inglaterra

Segundo o jornal inglês Liverpool Echo, um limpador de janelas estava caminhando com um amigo ao longo das margens do rio Mersey, quando uma criatura misteriosa foi encontrada.

criatura pré-histórica em rio da Inglaterra

Criptozoologia é o estudo de animais cuja existência ainda não foi confirmada pela comunidade científica. Criptozoólogos, aqueles que trabalham no campo da criptozoologia, investigam avistamentos populares e lendas destes animais misteriosos e procuram evidências de sua existência. As pessoas que trabalham neste campo passam a maior parte do seu tempo tentando estabelecer teorias que podem explicar os supostos avistamentos destas criaturas. Hoje em dia, a criptozoologia tornou-se um interesse popular e é ainda objecto de muitas séries de televisão.

No entanto, a comunidade acadêmica não reconhece a criptozoologia como uma verdadeira ciência. Em vez disso, ela é considerada uma pseudociência, o que significa que não segue o método científico. Como mencionado anteriormente, o termo criptozoologia é usado para descrever os animais que supostamente não existem. Muitas destas criaturas vêm do folclore e outras histórias locais, mas suas lendas permanecem vivas com a ajuda de avistamentos que continuam até os dias de hoje. Alguns dos criptídeos mais conhecidas em todo o mundo são o Bigfoot, o monstro do Lago Ness e do Chupacabra. Mas o que muitas pessoas desconhecem, é que além de investigar as criaturas lendárias mais populares, criptozoólogos também estão interessados nesses “monstros” que aparecem da noite para o dia como cadáveres nas praias ou rios.

E este foi o caso da criatura morta misteriosa que foi encontrado na quinta-feira (26/4) à tarde, nas margens do rio Mersey, no noroeste da Inglaterra. Embora ninguém tenha sido capaz de explicar o que era, alguns especialistas sugerem que poderia ser um golfinho, um boto ou apenas um peixe gigante, enquanto outros acreditam que poderiam ser os restos de uma criatura pré-histórica.

A criatura misteriosa do rio Mersey

Segundo o jornal Inglês Liverpool Echo, um limpador de janelas chamado Sean Hall estava andando com um amigo ao longo das margens do rio Mersey, quando uma criatura misteriosa foi encontrada.

Ele disse:

A primeira coisa que pensei quando vi, é que era uma foca que estava tendo problemas e poderia precisar de ajuda para voltar para a água.

Mas quando Sean e seu amigo se aproximaram, viram que a estranha criatura estava morta. O que chamou a atenção deles foi que a criatura tinha presas e sua pele era estranha ao toque. Além disso, Sean, de 28 anos, disse que a criatura não tinha nem olhos, o que é extremamente estranho para um animal, lembrando assim os monstros pré-históricos do rio.

Sean disse ao Liverpool Echo:

No começo, pensamos que era uma foca, e então nos aproximamos. Pensamos que ela estava com problemas, então fomos dar uma olhada, para ver se poderíamos ajudá-la a voltar para o mar. Mas ela estava morto. A criatura nem parecia ter olhos. Foi muito estranho.

Rapidamente, Sean e seu amigo entraram em contato com várias organizações de animais para identificar o animal misterioso, mas nenhuma delas foi capaz. No entanto, quando os especialistas viram as imagens da criatura, ficaram perplexos. O Dr. Leonie Robinson, professor de biologia marinha na Universidade de Liverpool, disse que, como o animal estava em más condições, a maioria de suas características a serem identificadas tinham sido perdidas. Ele mencionou que, de acordo com as imagens, pode ser qualquer coisa, desde um boto até um peixe grande.

O Dr. Robinson também afirmou que a criatura deve ter morrido há muito tempo, já que sua cabeça parecia estar podre na mandíbula.

Ele explicou:

‘Infelizmente, está tão podre que perdeu a maioria de suas características de identificação. Pode ser mais fácil identificá-la em carne e osso, mas de acordo com as imagens, pode ser qualquer coisa, desde um boto até um peixe grande…

Um especialista da Sociedade Real para a Prevenção da Crueldade contra os Animais (RSPCA), especializada no resgate de animais e que promove a causa do bem-estar de todos os animais, disse que a criatura desconhecida provavelmente tem um vínculo com golfinhos e botos. No entanto, a RSPCA encaminhou os detalhes da criatura estranha para o conselho local, que é responsável pela eliminação de animais mortos e incidentes relacionados aos encalhes de cetáceos, e que investiga esses casos.

Um porta-voz da RSPCA disse:

Esta criatura severamente decomposta é muito provavelmente um membro da família dos cetáceos, que inclui golfinhos e botos. A RSPCA transmitiu detalhes ao conselho local responsável pela eliminação de animais mortos e ao Programa de Pesquisa de Cetáceos da Vertente (CSIP), que são responsáveis ​​por investigar as causas de tais encalhes.

No entanto, a explicação científica não satisfez a todos. Há muitos que acreditam que poderia ser uma criatura pré-histórica que conseguiu sobreviver ao longo dos séculos sem ser identificada. E outros acreditam mais na teoria da conspiração, sugerindo que poderiam ser os restos de um animal que foi criado ou geneticamente alterado em laboratórios secretos do governo. Essas são outras possibilidades.

(Fonte)


Talvez um simples exame de DNA poderia solucionar o caso. Contudo, provavelmente as agências responsáveis não irão fazer tal exame, e o caso será esquecido, como já ocorreu várias vezes.

n3m3

"

ATENÇÃO: Os comentários abaixo são de responsabilidade única e exclusiva de seus próprio autores e o site OVNI Hoje não se responsabiliza por quaisquer inconveniências por eles causados, como também reserva o direito aos seus moderadores de banir qualquer usuário que bem determinarem. Ao usar a área de comentários abaixo, você concorda com esses termos.

Assim, seja civilizado ao comentar e reporte abusos, marcando tais comentários como 'inapropriados', acessando a pequena flecha apontada para baixo no lado direito de cada comentário.

Obrigado.

Ad Blocker Detectado

Olá leitor. O OVNI Hoje depende dos anúncios aqui publicados para que seja possível pagar sua hospedagem e trazer notícias a você de forma gratuita. Por favor, considere nos apoiar desabilitando o seu bloqueador de anúncios. Obrigado

Refresh