web analytics

Tudo já está predeterminado, ou temos livre arbítrio?

Como tudo nesse Universo parece estar entrelaçado, por que não adentrarmos em um assunto paralelo que pode ser de interesse dos nossos leitores?

Veja abaixo um artigo de Cynthia MacKanzie, que trata a questão do tão controverso livre arbítrio:

Tudo já está predeterminado, ou temos livre arbítrio

Podemos ter poder para mudar eventos em nossas vidas ou tudo é predeterminado?

O futuro já existe? Que poder temos como indivíduos para influenciar os eventos em nossas vidas? Cientistas, filósofos e teólogos há muito se perguntam se tudo é predeterminado ou se temos livre arbítrio?

O assunto é um dos maiores mistérios da ciência e parece que podemos encontrar uma resposta para nossa pergunta em física quântica, mas há um problema.

A física quântica lida com o comportamento da matéria e suas interações com a energia, na escala de átomos e partículas subatômicas. É o estudo do mundo microscópico. Isso resulta no que podem parecer algumas conclusões muito estranhas sobre o mundo físico.

 

A física quântica pode ser intimidante, mas uma vez que você entenda o básico, você, de repente, descobre que ela oferece respostas a perguntas espantosas e, ao mesmo tempo, levanta novas questões.

Os povos antigos há muito tempo têm suas próprias opiniões sobre o livre-arbítrio, e a física quântica teria sido considerada com grande ceticismo milhares de anos atrás. De acordo com muitas crenças antigas, não há escolha, o destino é inevitável, e é simplesmente o nosso destino, seguido pelo fim de tudo, que significa – a morte.

A ideia do destino de uma pessoa ser predeterminado era amplamente conhecida na Europa antiga. As três deusas do destino podem ser encontradas na mitologia grega, romana e eslava. No norte da Europa, as pessoas acreditavam nas Nornas, que governavam o destino das pessoas. Na filosofia oriental, as leis do carma estão enraizadas na ideia de que as ações determinaram as consequências. Teólogos da Igreja Católica apoiam a teoria do livre arbítrio. O Catecismo da Igreja Católica (nº 1730) afirma que “o homem é racional e, portanto, semelhante a Deus; ele é criado com livre-arbítrio e domina seus atos.”

Conforme nosso conhecimento aumentou, a ciência moderna e a física em particular podem falar com mais força sobre o assunto.

 

A física quântica apoia o livre arbítrio

De acordo com a astrofísica teórica de Mike Specian, da Universidade Johns Hopkins, “as leis da física são literalmente funções matemáticas. Insira o estado de um sistema, e o resultado lhe diz o futuro, como por onde uma bola jogada de um penhasco irá cair, ou quanta luz se dobrará quando passar pela água.

Naturalmente, reunir todas as informações necessárias para descrever perfeitamente o estado de um sistema pode ser impossível. Assim também pode ser a busca para aprender cada uma das leis da física. Mas, filosoficamente, os físicos clássicos operam sob a suposição de que um conjunto completo dessas leis existe, e com completa onisciência seria suficiente para prever todos os eventos futuros. Se você aceita essa premissa simples, então as leis da física clássica tornam o universo plenamente previsível e, portanto, totalmente predeterminado, a menos que uma de duas coisas seja verdadeira: A) não há um estado de um sistema, ou B) as leis da física não são deterministas, ou seja, as mesmas condições iniciais gerarão resultados finais diferentes.

Até o momento, os cientistas não encontraram nenhuma evidência que sugira que as leis da física não sejam determinísticas.

Muitos físicos e neurocientistas acreditam no determinismo, mas, de acordo com a física quântica, nada pode ser predeterminado, independentemente de como os eventos possam aparecer. A física quântica mostra o passado, bem como o futuro é criado.

Ou poderíamos simplesmente dizer que não há passado nem futuro. Criamos ambos, de forma contínua e imprevisível. Assim, a física quântica suporta o livre arbítrio.

 

O que a teoria das supercordas diz sobre o livre-arbítrio?

…A teoria das supercordas, uma das principais teorias de hoje, tem o potencial de revelar um dos maiores mistérios do universo, ou seja, como a gravidade e a física quântica se encaixam. A teoria das supercordas afirma que existem 10 dimensões. Nove dessas dimensões são de espaço e uma é de tempo.

Então, como você pode ver, há uma contradição aqui. De acordo com a teoria das supercordas, você não tem o livre arbítrio porque o futuro já existe. Se a teoria das cordas se mostrar correta, talvez possamos finalmente provar ou refutar o determinismo e descobrir se temos ou não o livre-arbítrio.

Encontrar respostas para essas grandes questões científicas é tão divertido quanto frustrante.

(Fonte)


Às vezes paro para pensar se devo realmente me esforçar tanto; se simplesmente ficando deitado na minha cama descansando o dia todo não obteria o mesmo resultado. Mas então, vem na minha cabeça: se eu fizer isso, não seria isso também algo que foi escrito no meu destino?

Um bom dia a todos. 🙂

n3m3

Termos recém pesquisados por leitores:

"

ATENÇÃO: Os comentários abaixo são de responsabilidade única e exclusiva de seus próprio autores e o site OVNI Hoje não se responsabiliza por quaisquer inconveniências por eles causados, como também reserva o direito aos seus moderadores de banir qualquer usuário que bem determinarem. Ao usar a área de comentários abaixo, você concorda com esses termos.

Assim, seja civilizado ao comentar e reporte abusos, marcando tais comentários como 'inapropriados', acessando a pequena flecha apontada para baixo no lado direito de cada comentário.

Obrigado.

Ad Blocker Detectado

Olá leitor. O OVNI Hoje depende dos anúncios aqui publicados para que seja possível pagar sua hospedagem e trazer notícias a você de forma gratuita. Por favor, considere nos apoiar desabilitando o seu bloqueador de anúncios. Obrigado

Refresh