web analytics

Os Nunnehi – Protetores imortais da nação cherokee

O povo cherokee tem muitas lendas maravilhosas. Algumas das histórias mais interessantes envolvem pessoas que se pareciam com os cherokees normais, mas aparentemente eram seres sobrenaturais, chamados de Nunnehi (Nunne’hi). Eles não eram espíritos da natureza ou deuses, mas eram considerados imortais.

Os Nunnehi eram um grupo feliz que amava música e dança, ajudavam os viajantes perdidos e protegiam os cherokee em tempos de guerra.

 

Quem eram os Nunnehi?

Nunne’hi foi traduzido literalmente como “pessoas que vivem em qualquer lugar”, talvez porque viviam em lugares estranhos, subterrâneos, dentro de montanhas e sob riachos. Para os cherokees eles são “os imortais” ou “pessoas que vivem para sempre”. O singular é naye’hi . Esses imortais viviam onde hoje estão os estados da Carolina do Norte, Tennessee e Geórgia, perto das terras tradicionais da nação cherokee.

Os Nunnehi - Protetores imortais da nação cherokee

Os Nunne’hi pareciam como pessoas cherokee normais, mas podiam desaparecer à vontade. Arte gráfica por Thalia Lightbringer.

Um conto fala de uma depressão circular que as pessoas disseram que era uma casa dos Nunnehi. As moradias cherokee eram prédios públicos circulares, cobertos de casca de árvore, com bancos no interior. Esta moradia e as pessoas que lá viviam eram aparentemente invisíveis e intangíveis. As pessoas lançavam detritos dentro da depressão e, quando voltavam, o chão estava limpo de novo. Depois que os colonos brancos chegaram, as coisas jogadas lá dentro permaneceram lá. Os cherokee dizem que os Nunnehi abandonaram a casa deles, porque estavam aborrecidos com os brancos.

Casa cherokee em 1761. Crédito: tn4me.org

Outros lugares onde essas pessoas sobrenaturais viviam eram nas colinas, montes e montanhas na área, especialmente picos de montanhas altas, com poucas árvores no topo. Foi dito que os Nunnehi tinham grandes moradias em Pilot Knob, sob o monte Nikwasi, na Carolina do Norte, e sob Blood Mountain, na Geórgia.

Os Nunnehi não podiam ser encontrados se não quisessem, pois normalmente eram invisíveis. Se você seguisse o som da música deles, ela mudaria e pareceria estar vindo de outra direção assim que parecesse que você estava chegando perto. No entanto, o Nunnehi foram pessoas muito simpáticas e prestativas, e apareciam quando eram necessárias. Eles geralmente ajudavam os viajantes perdidos, trazendo-os para as casas da cidade de Nunnehi, para cuidarem deles e depois os levando de volta para suas casas.

Uma história fala de quatro mulheres que vieram dançar na cidade de Nottely. Elas saíram por volta da meia noite. Alguns dos homens da cidade observaram essas mulheres e as viram descendo a trilha até o rio. Quando as mulheres chegaram à água, elas desapareceram. Então as pessoas da cidade sabiam que tinham sido visitadas por mulheres Nunnehi.

 

 

Os Nunnehi eram protetores do cherokee

Há também histórias do Nunnehi ajudando os cherokees quando eram atacados. Dizia-se que o monte Nikwasi era o local de uma dessas batalhas. Uma tribo desconhecida invadiu do sudeste. Ninguém poderia ficar contra eles. Quando os guerreiros chegaram a Nikwasi, na cabeceira do rio Little Tennessee, as pessoas de lá foram obrigadas a recuar.

As pessoas do povoado pensaram que estavam perdidas, quando um estranho apareceu entre eles, dizendo que derrotaria os invasores por eles. Então, muitos guerreiros começaram a vir do lado do monte para atacar os invasores. As pessoas sabiam que isso significava que estavam sendo ajudadas pelos Nunnehi.

Os Nunnehi ficaram invisíveis quando eles lutaram. Os guerreiros invasores recuaram, mas a maioria deles foi morta. Quando restavam poucos, o chefe Nunnehi os poupou, dizendo-lhes que mereciam sua punição por atacar um povo pacífico. Ele disse aos guerreiros remanescentes para levar essa história de volta para sua tribo.

Outra história fala de um homem velho que foi atacado enquanto cortava madeira. Ele estava sozinho, já que o resto de seu pessoal partiu para uma caçada ou dança. Ele correu de volta para sua casa para pegar uma arma. Quando ele saiu, ficou surpreso ao ver um bando de guerreiros que vieram ajudá-lo. Eles lutaram contra os atacantes, mas desapareceram assim que o velho foi agradecê-los.

 

Alguns cherokee foram viver com Nunnehi

O povo Cherokee no River Valley e Hiwassee ouviu vozes de Nunnehi chamando-os para avisá-los que um mau momento estava chegando. Isso foi antes de sua remoção forçada para Oklahoma em 1838, que ficou conhecida como a “Trilha das Lágrimas”. Os Nunnehi convidaram alguns dos cherokees para morarem com eles em sua casa na montanha em Pilot Knob, Carolina do Norte. No entanto, antes que os cherokee pudessem entrar na casa dos Imortais, eles precisavam jejuar por sete dias e não fazer nenhum som alto. As pessoas decidiram confiar nas vozes dos Nunnehi porque elas sempre foram úteis para eles. Então jejuaram conforme solicitado, e foram levados para dentro da montanha para viver.

 

 

Mais mitos e lendas

Em outra aldeia, o povo cherokee se reuniu na casa para jejuar e no sétimo dia ouviu um barulho como um trovão vindo em sua direção. O chão começou a tremer e a moradia começou a se elevar no ar. Apesar das advertências, algumas pessoas gritaram de medo, e os Nunnehi deixaram cair parte da casa.

Os Nunnehi levaram as pessoas de outra aldeia para viver com eles sob as águas de um rio. Os cherokee disseram que depois disso você podia ouvir as pessoas falando debaixo do rio em dias quentes de verão.

O povo cherokee, que optou por não ir com os Nunnehi, foi mais tarde forçado a deixar suas terras e se mudar para o estado de Oklahoma, junto com algumas outras tribos. Diz-se que alguns dos Nunnehi foram para Oklahoma para continuar a vigiar o povo cherokee.

Os cherokees, que foram para Oklahoma, disseram que um dos seus maiores arrependimentos foi deixar seus parentes que se juntaram aos Nunnehi em suas terras natais.

 

Esses contos são fantásticos e agradáveis ​​de serem lidos, porque geralmente são histórias de resultados positivos. Seria bom acreditar que havia realmente alguns imortais que ajudaram as pessoas. Talvez se você se encontrasse vagando pelas montanhas onde os cherokees moravam, você poderia ouvi-los ainda, tocando música e dançando com os parentes daqueles que andaram na Trilha das Lágrimas…

(Fonte)

Colaboração: Diana Artemis


Seria interessante se pudéssemos descobrir exatamente onde param os fatos reais e começa a mitologia desses povos indígenas do mundo todo, os quais possuem histórias extraordinárias para nos contar sobre outros seres que os ajudavam em tempos difíceis. Mas será mesmo que era tudo mito, oriundo da imaginação fértil dessas pessoas, ou esses povos conviviam com seres alheios à nossa realidade?

n3m3

Termos recém pesquisados por leitores:

ATENÇÃO: Os comentários abaixo são de responsabilidade única e exclusiva de seus próprio autores e o site OVNI Hoje não se responsabiliza por quaisquer inconveniências por eles causados, como também reserva o direito aos seus moderadores de banir qualquer usuário que bem determinarem. Ao usar a área de comentários abaixo, você concorda com esses termos.

Assim, seja civilizado ao comentar e reporte abusos, marcando tais comentários como 'inapropriados', acessando a pequena flecha apontada para baixo no lado direito de cada comentário.

Obrigado.

Ad Blocker Detectado

Olá leitor. O OVNI Hoje depende dos anúncios aqui publicados para que seja possível pagar sua hospedagem e trazer notícias a você de forma gratuita. Por favor, considere nos apoiar desabilitando o seu bloqueador de anúncios. Obrigado

Refresh