web analytics

Explosão atômica destruiu uma civilização antiga na Terra, indica texto de 12.000 anos

Explosão atômica destruiu uma civilização antiga na Terra

Uma ilustração manuscrita da Batalha do Céu de Kurukshetra, guerreada entre os Kauravas e os Pandavas, gravada no épico Maabárata. Crédito da imagem: Wikimedia Commons.

Estaria este texto de 12 mil anos revelando que uma bomba atômica explodiu na Terra no passado distante?

Mais de 12.000 anos atrás, um evento incrível deixou uma marca na antiga civilização hindu.

Inúmeros textos antigos descrevem relatos fascinantes que muitos autores acreditam terem ocorrido há milhares de anos na Terra. Enquanto muitas civilizações antigas em todo o mundo deixaram uma marca na história, com inúmeras escritas, monumentos e objetos antigos que nos obrigam a reavaliar o que sabemos sobre a história, muitos desses relatos são olhados com descrença por estudiosos convencionais. Alguns chamam esses relatos de mitologia, alguns referem-se a eles como folclore, mas a verdade é que existem inúmeros textos antigos que indicam como antigas civilizações em todo o mundo passaram por coisas incríveis e elas se certificaram em documentá-los o melhor que puderam.

Por mais controverso que seja, muitas pessoas em todo o mundo acreditam que há uma grande chance de que, no passado distante, dezenas de milhares de anos atrás, a humanidade foi visitada por seres, não da Terra. Muitas pessoas ainda acreditam que estamos sendo visitadas até hoje, e há evidências amplas que sugerem que somos visitados continuamente por civilizações não da Terra. Hoje, evidências de visitas podem ser encontradas em inúmeras imagens, vídeos e gravações disponibilizadas ao público. Existem inúmeros vídeos e imagens de alegados avistamentos de OVNIs.
Alguns deles podem não ser reais, mas alguns deles poderiam muito bem estar mostrando a verdade.

No entanto, como a humanidade antiga, milhares de anos atrás, documentava o que eles viam? Imagine viver 10 mil anos atrás, em algum lugar da Índia, e você olha para o céu e vê o que hoje se conhece como um OVNI. Como você melhor documentaria essa experiência?

As civilizações antigas em todo o mundo recorreram a arte rupestre, petróglifos, geoglifos, arte de cerâmica e até mesmo à escrita. Dos deuses que desceram do céu, mencionados em numerosas culturas antigas em todo o mundo, até incríveis discos voadores mencionados pelos antigos egípcios há milhares de anos, evidências que sugerem que fomos visitados por alienígenas antigos podem ser encontradas ao nosso redor.

Possíveis evidências escritas de um antigo contato extraterrestre e tecnologia avançada existente na Terra há milhares de anos, talvez possam ser encontradas se olharmos o Maabárata e o Ramáiana.

Acredita-se que esses textos antigos documentam tecnologias incríveis e as histórias sobre o que muitos acreditam serem evidências de seres de carne e osso entre nós.

O Maabárata é um dos dois épicos sânscritos principais da Índia antiga, o outro sendo o Ramáiana.

Ele consiste em 100.000 versos, divididos em 18 partes ou livros, que são equivalentes a oito vezes a Ilíada e a Odisséia combinadas.

Esses textos antigos são mais do que uma narração histórica. Eles são uma combinação de fatos, lendas histórias e mitos.

Uma vasta coleção de discursos didáticos escritos em uma bela linguagem, nutrindo toda a mitologia hindu e criando uma das principais religiões do mundo: o hinduísmo.

Entre esses textos históricos, vemos uma história de um evento devastador ocorrido há milhares de anos. Este evento, incomparável a qualquer outro na história, mesmo na história antiga, parece muito familiar aos eventos que abalaram a história moderna: o uso de bombas atômicas.

O historiador Kisari Mohan Ganguli argumenta que o Mabárata e o Ramáiana estão cheios de descrições de grandes holocaustos nucleares que aparentemente são de proporções incrivelmente maiores que os de Hiroshima e Nagasaki.

Curiosamente, quando um aluno perguntou ao Dr. Oppenheimer se o primeiro dispositivo nuclear que saiu foi o de Alamogordo. Durante o Projeto Manhattan, ele respondeu … Bem … sim.
Nos tempos modernos, sim, é claro.

Então, o que esse texto antigo diz? E como você pode ter certeza de que ele realmente descreve um evento nuclear, que se desenrola na Terra há milhares de anos?

O antigo texto hindu, o Maabárata:

Gurkha, voando um Vimana veloz e poderoso,

lançou um único projétil

carregado com o poder do Universo.

 

Uma coluna incandescente de fumaça e chama,

tão brilhante quanto dez mil sóis,

levantou-se com todo o seu esplendor.

 

Era uma arma desconhecida,

um raio de ferro,

um gigantesco mensageiro da morte,

que reduziu a cinzas

toda a raça dos Vrishnis e dos Andhakas.

 

Os cadáveres estavam tão queimados

que eram irreconhecíveis.

 

Cabelo e as unhas caíram;

Cerâmica quebrou sem causa aparente,

e os pássaros ficaram brancos.

 

…Depois de algumas horas

todos os alimentos foram infectados …

… para escaparem deste fogo

os soldados se jogaram em córregos

para lavar-se e a seus equipamentos’.

 

Uma segunda passagem:

Densas flechas de fogo,

como uma grande chuva,

enviadas após a criação,

englobando o inimigo.

Uma escuridão espessa rapidamente se instalou sobre os anfitriões de Pandava.

Todos os pontos da bússola foram perdidos na escuridão.

O vento feroz começou a soprar

Nuvens rugiram para cima,

chovendo pó e cascalho.

 

Pássaros croaxaram loucamente … Os próprios elementos pareciam perturbados.

O sol parecia vacilar nos céus

A terra tremeu,

ardida pelo calor violento terrível desta arma.

 

Elefantes explodiram em chamas

e corriam de um lado para o outro em um frenesi…

por sobre uma vasta área,

outros animais caíam ​​ao chão e morriam.

De todos os pontos da bússola,

as flechas de chama choviam de forma contínua e feroz. – O Maabárata

O texto acima descreve um evento violento e terrível, que muitos autores argumentam, só pode ser comparado a uma bomba nuclear que detonou na Terra. No entanto, há muitas outras referências no Ramáiana que parecem ser muito semelhantes às descritas no texto acima.

Mas há evidências, além dos textos que apoiam a teoria de que um dispositivo nuclear detonou na Terra há milhares de anos?

De acordo com os teóricos dos astronautas da antiguidade, sim.

A evidência, nota os teóricos, foi encontrada em 1992, quando os pesquisadores descobriram em Rajasthan, a 16 quilômetros a oeste de Jodhpur, uma camada de cinzas radioativas, cobrindo uma área de cerca de oito quilômetros quadrados.

A radiação era supostamente tão intensa que ainda contamina a área hoje.

Os antigos sítios arqueológicos de Harappa e Mohenjo-Daro são tratados como outra evidência importante. Ali, especialistas descobriram esqueletos espalhados por toda a área, quase como se um evento súbito e extremamente destrutivo tivesse acontecido por lá, devastando cidades inteiras.

‘(Era uma arma) tão poderosa
que poderia destruir a Terra em um instante –
Um grande som alto em fumaça e chamas –
E nela fica a morte … ‘- O Ramáiana

Então, o que realmente aconteceu há milhares de anos? O que o homem antigo documentou nesses textos antigos? É realmente possível que um dispositivo semelhante a uma bomba atômica explodiu na Terra há cerca de 12 mil anos?

O Maabárata e o Ramáiana realmente descrevem a utilização de armas nucleares? Em caso afirmativo, de onde essas armas vieram? Dos deuses?

Se uma bomba atômica realmente foi detonada no passado, uma cratera teria sido deixada para trás? Os teóricos dos astronautas da antiguidade dizem que sim, e apontam para uma cratera com 2154 metros de diâmetro, localizada a 400 quilômetros de Mumbai.

A data em que a cratera foi criada, de acordo com especialistas, varia entre 12.000 e 50.000 anos atrás.

(Fonte)


Quem pode afirmar categoricamente que aquilo que foi descrito acima é somente fruto da imaginação fértil de um povo que mal de pena conhecia lanças, arcos e flechas?

n3m3

"

ATENÇÃO: Os comentários abaixo são de responsabilidade única e exclusiva de seus próprio autores e o site OVNI Hoje não se responsabiliza por quaisquer inconveniências por eles causados, como também reserva o direito aos seus moderadores de banir qualquer usuário que bem determinarem. Ao usar a área de comentários abaixo, você concorda com esses termos.

Assim, seja civilizado ao comentar e reporte abusos, marcando tais comentários como 'inapropriados', acessando a pequena flecha apontada para baixo no lado direito de cada comentário.

Obrigado.

Ad Blocker Detectado

Olá leitor. O OVNI Hoje depende dos anúncios aqui publicados para que seja possível pagar sua hospedagem e trazer notícias a você de forma gratuita. Por favor, considere nos apoiar desabilitando o seu bloqueador de anúncios. Obrigado

Refresh