web analytics

Você sabe quantas dimensões existem?

Peça a alguém para nomear todas as dimensões que eles conhecem e provavelmente diriam o seguinte: comprimento, largura e profundidade. Eles também podem adicionar tempo se estiverem pensando fora da caixa tridimensional. Mas fazendo a um teórico da cordas a mesma pergunta, provocaria uma resposta muito diferente. De acordo com esse ramo da física teórica, existem pelo menos 10 dimensões do espaço, a maioria das quais é impossível para os seres humanos perceberem.

As dimensões são as métricas que os físicos usam para descrever a realidade. Soa como algo muito amplo, certo? Vamos começar com as três dimensões que a maioria das pessoas aprende na escola primária. As dimensões espaciais – largura, altura e profundidade – são as mais fáceis de visualizar. Existe uma linha horizontal em uma dimensão porque ela tem apenas comprimento; um quadrado é bidimensional porque tem comprimento e largura. Adicione profundidade e obtemos um cubo, ou uma forma tridimensional.

Estas três coordenadas são usadas para identificar a localização de um objeto no espaço. Mas o espaço não é o único plano em que existe; nós também existimos no tempo, onde é a quarta dimensão. Uma vez que conhecemos a altitude, a longitude, a latitude e a posição no tempo, temos as ferramentas necessárias para traçar sua existência no universo tal como o conhecemos.

Mas alguns físicos que acatam a teoria das cordas argumentam que há mais na realidade do que o Universo observável. A teoria das cordas, também conhecida como ‘teoria das supercordas’, visa unificar duas teorias principais que descrevem como o universo funciona: relatividade geral (que se aplica aos objetos muito grandes) e mecânica quântica (que se aplica aos muito pequenos). Em um universo de quatro dimensões, essa teoria não seria possível, mas uma vez que os cientistas ajustaram a matemática para incluir 10 dimensões – 11 incluindo o tempo – suas equações funcionaram.

Depois de chegar a uma teoria que depende da existência de 10 dimensões espaciais, os teóricos das cordas tiveram o trabalho de explicar onde essas novas dimensões estavam escondidas. Sua resposta: elas são tão reais quanto as dimensões ‘grandes’ que podemos ver, mas as dimensões extras são enroladas de forma tão apertada que são muito pequenas para que percebamos diretamente.

Nossa compreensão básica da física torna isso difícil de processar, mas o teórico das cordas Brian Greene faz um excelente trabalho ao enquadrar o conceito em termos que as pessoas podem entender. Em sua palestra TED de 2005, Greene compara essas dimensões invisíveis aos cabos conectados aos postes telefônicos: De uma janela, um fio parece uma linha unidimensional. Mas se estivéssemos estudando de perto, veríamos que o cordão é realmente redondo, tornando-o tridimensional. Nenhuma analogia comparando dimensões não observáveis ​​com objetos no mundo observável pode ser perfeita, mas isso ilustra como algo tão fundamental para a realidade poderia estar escondido à vista de todos.

A teoria das cordas afirma que deve haver pelo menos 10 dimensões do espaço, mais uma dimensão para o tempo, mas há físicos que argumentam que há mais. Alguns postulam um universo composto por 11 dimensões espaciais. Mas, realmente explodir a mente de alguém quando perguntarem quantas dimensões existem, diga 26: Esse é o número mágico de acordo com a teoria das cordas Bosonic, e é tão alto quanto os físicos convencionais estão dispostos a ir por enquanto.

(Fonte)

Ninguém realmente pode comprovar nenhuma dessas teorias, mas há outras hipóteses que vão ainda mais além, como pode ser visto o artigo abaixo:

Alienígenas de outras dimensões podem coexistir ao lado da nossa

n3m3

Termos recém pesquisados por leitores:

ATENÇÃO: Os comentários abaixo são de responsabilidade única e exclusiva de seus próprio autores e o site OVNI Hoje não se responsabiliza por quaisquer inconveniências por eles causados, como também reserva o direito aos seus moderadores de banir qualquer usuário que bem determinarem. Ao usar a área de comentários abaixo, você concorda com esses termos.

Assim, seja civilizado ao comentar e reporte abusos, marcando tais comentários como 'inapropriados', acessando a pequena flecha apontada para baixo no lado direito de cada comentário.

Obrigado.

Ad Blocker Detectado

Olá leitor. O OVNI Hoje depende dos anúncios aqui publicados para que seja possível pagar sua hospedagem e trazer notícias a você de forma gratuita. Por favor, considere nos apoiar desabilitando o seu bloqueador de anúncios. Obrigado

Refresh