web analytics

Confirmada a veracidade do avistamento de OVNI por vários pilotos comerciais nos EUA

Antes de adentrarmos no assunto, vale lembrar a todos que a sigla OVNI não significa necessariamente “nave alienígena”, mas sim Objeto Voador Não Identificado. Assim, como o que foi reportado pelos pilotos não pôde ser identificado, esta sigla é perfeitamente cabível neste caso.

avistamento de OVNI por vários pilotos comerciais

Caças F-15 similares a este foram despachados atrás do OVNI.

Em novembro passado, o OH publicou uma notícia de que caças da Força Aérea dos EUA foram despachados para investigar uma aeronave não identificada que voava sobre o estado de Oregon.

Agora, através da Lei de Liberdade da Informação, foram conseguidas as gravações da comunicação entre as aeronaves comerciais que viram o objeto e a torre de controle, bem como telefonemas entre os operadores de radar e da autoridade aérea dos EUA (FAA), mostrando que houve uma preocupação muito grande quanto ao que o objeto poderia ter sido, pois envolveu inclusive questões de segurança nacional, já que os caças que foram despachados foram incapazes de encontrar o objeto, embora o mesmo tenho sido confirmado por várias aeronaves comerciais.

O objeto em questão foi primeiramente visto ‘rasgando’ o céu no norte do estado da Califórnia em altíssima velocidade, a 37.000 pés (11.200 metros), logo após virando para o norte, acompanhando o tráfego aéreo da região e então desaparecendo do radar. Além de se tornar invisível ao radar, esta “aeronave” não tinha um transponder e tampouco se comunicou por ‘radio com os operadores de radar.

De acordo com informações publicadas no site thedrive.com, o “intruso”rapidamente desapareceu do radar e então foi visto pelas tripulações de voos comerciais que operavam na região. A nave não identificada continuou seu voo por aproximadamente meia hora. As conversas a respeito do objeto não identificado entre os pilotos que voavam na área e o controle de tráfego aéreo foram constantes, com descrições de todos os envolvidos dizendo que uma aeronave branca estava cruzando o céu a 37.000 pés, a qual estava muito longe para que pudessem identificá-la.

Este caso é complexo e envolve vários voos comerciais além dos caças F-15, mas para tornar curta um longa história e ser mais objetivo, aqui estão alguns fatos de interesse:

– A chamada do piloto do voo Southwest 4712 foi extremamente interessante. Ele imediatamente nota o quão estranho foi este encontro, dizendo que nunca tinha visto nada assim em seus quase 30 anos de carreira como piloto. Ele disse:

Se fosse como um tipo de estrutura Lear (jato particular), eu provavelmente não o teria visto tão claramente. Ela era uma aeronave branca e era enorme. E estava se movendo bem rapidamente também, porque estávamos conseguindo acompanhá-la, …ela provavelmente estava indo mais rápido do que nós… Era sim uma enorme aeronave.

Ele também disse que viu o objeto desde o norte da Califórnia, até sua descida em Portland.

 

– Uma funcionária da FAA disse que não se tratou de uma aeronave pequena e que estava se movendo muito rapidamente, mais rápida do que um 737 que voava próximo dela. Ela também disse que o incidente deveria ser registrado como “potencialmente significativo”. Ela ainda declarou:

Isto foi uma coisa estranha o suficiente para a qual não havia um código de procedimentos… Não é com frequência que vemos um ‘cara’ desconhecido naquela altitude.

 

– Nas gravações obtidas através da Lei de Liberdade de Informação, pode-se ouvir o seguinte de alguns operadores envolvidos no caso:

…definitivamente há algo lá fora.

 

…ele executou uma manobra brusca e seguiu para o norte.

 

…tenho o pressentimento que alguém irá investigar isso minuciosamente.

 

– Nem mesmo as autoridades militares conseguiram identificar a origem do objeto, tampouco seu destino, pois ele simplesmente desapareceu.

 

– Embora o objeto tenha sido avistado por tripulações de vários voos comerciais, aparentemente nunca ficou próximo o suficiente para ser identificado.

 

Abaixo estão vídeos dos registros de radar e áudio deste incidente (infelizmente sem legenda).

Este primeiro trata do áudio e dados de radar, como ocorrido em tempo real:

 

O vídeo abaixo mostra os dados completos de radar, obtidos da FAA, através da Lei de Liberdade de Informação:

 

Abaixo, as conversas por telefone que ocorreram enquanto o incidente se desenrolava:

 

Os telefonemas abaixo foram feitos após o incidente:

 

Há várias possibilidades quanto a origem do objeto, dentre elas uma aeronave experimental militar tão secreta, que nem mesmo os outros militares envolvidos na sua procura sabiam de sua existência, ou ainda uma aeronave secreta de outro país, tal como a Rússia. E também, é claro, não se pode descartar a possibilidade de ter sido um objeto de origem extraterrestre.

Enquanto as autoridades militares não se manifestarem além daquilo que é exigido pelos pesquisadores através da Lei de Liberdade de Informação, a dúvida continuará. E, sinceramente, tenho a convicção de que essas autoridades sabem muito bem do que se trata.

n3m3

Termos recém pesquisados por leitores:

"

ATENÇÃO: Os comentários abaixo são de responsabilidade única e exclusiva de seus próprio autores e o site OVNI Hoje não se responsabiliza por quaisquer inconveniências por eles causados, como também reserva o direito aos seus moderadores de banir qualquer usuário que bem determinarem. Ao usar a área de comentários abaixo, você concorda com esses termos.

Assim, seja civilizado ao comentar e reporte abusos, marcando tais comentários como 'inapropriados', acessando a pequena flecha apontada para baixo no lado direito de cada comentário.

Obrigado.

Ad Blocker Detectado

Olá leitor. O OVNI Hoje depende dos anúncios aqui publicados para que seja possível pagar sua hospedagem e trazer notícias a você de forma gratuita. Por favor, considere nos apoiar desabilitando o seu bloqueador de anúncios. Obrigado

Refresh