web analytics

Bombeiro que desapareceu durante excursão de esqui reaparece a 4.800km do local de origem

Bombeiro que desapareceu durante excursão de esqui reaparece a 4.800km

Um bombeiro veterano que desapareceu enquanto estava em uma excursão de esqui no norte do estado de Nova Iorque foi encontrado cinco dias depois, vivo e ainda estava usando seu equipamento de esqui – a quase 4.800 km de distância na Califórnia, disseram autoridades.

Constantinos Filippidis, 49, visitou a Montanha Whiteface para um retiro de esqui com colegas, quando saiu para uma última descida de esqui na tarde de 7 de fevereiro.

Mas Filippidis, um veterano com 28 anos no Departamento de Bombeiros de Toronto, no Canadá, conhecido pelo apelido de ‘Danny’, nunca retornou.

Cerca de 100 bombeiros de Toronto viajaram para Wilmington, N.Y., para ajudar o Departamento de Conservação Ambiental, a Polícia do Estado de Nova Iorque e a patrulha de esqui da Motanha Whiteface a procurar o pai de dois filhos.

Mas a busca chegou ao fim quando Filippidis telefonou para sua esposa de um aeroporto de Sacramento, disseram autoridades.

MatthewPegg, Chefe de Bombeiros de Toronto, disse em um comunicado:

Estamos todos muito aliviados em saber que ele está seguro, após o que foi uma operação de busca exaustiva. Embora os detalhes estejam limitados neste momento, fomos informados de que ele está sendo cuidado pela polícia em Sacramento.

Filippidis estava sozinho e desorientado quando chamou sua esposa, que rapidamente reconheceu sua voz.

Ele ainda estava usando o capacete de esqui preto, óculos Oakley, jaqueta de esqui verde e calças de esqui que ele tinha quando desapareceu.

“Ele meio que se encontrou, disse o presidente da Associação de Bombeiros de Toronto, Frank Ramagnano, aos jornalistas em uma coletiva de imprensa.

Filippidis teria sido incapaz de explicar à sua esposa ou às autoridades como ele foi parar a cerca de 4.800 quilômetros de distância no outro lado do país.

“Ele estava confuso”, disse Ramagnano. “Ele não conseguiu dar respostas diretas”.

Filippidis disse aos policiais que ele pode ter sofrido uma lesão na cabeça enquanto esquiava e ele lembrou estar dormindo enquanto estava viajava em um “grande caminhão de estilo de plataforma”, e que ele havia conseguido um corte de cabelo depois de chegar a Sacramento.

Ele disse que também comprou um iPhone, o qual usou para chamar sua esposa.

Os policiais não acreditaram inteiramente na história de Filippidis até que eles passaram suas informações através do banco de dados de pessoas desaparecidas.

Filippidis teve momentos de lucidez enquanto ele estava com os policiais, mas ele também não conseguia lembrar como ele viajou do centro de Sacramento para o aeroporto, a cerca de 17 quilômentros de distância.

Ao anunciar a descoberta de Filippidis, a Polícia do Estado de Nova Iorque disse que “as circunstâncias relativas a este caso estão sob investigação”.

(Fonte)


E como não podia deixar de ser, algumas pessoas estão sugerindo que Filippidis tenha sido abduzido por alienígenas e retornado a milhares de quilômetros do local que foi pego.

n3m3

"

ATENÇÃO: Os comentários abaixo são de responsabilidade única e exclusiva de seus próprio autores e o site OVNI Hoje não se responsabiliza por quaisquer inconveniências por eles causados, como também reserva o direito aos seus moderadores de banir qualquer usuário que bem determinarem. Ao usar a área de comentários abaixo, você concorda com esses termos.

Assim, seja civilizado ao comentar e reporte abusos, marcando tais comentários como 'inapropriados', acessando a pequena flecha apontada para baixo no lado direito de cada comentário.

Obrigado.

Ad Blocker Detectado

Olá leitor. O OVNI Hoje depende dos anúncios aqui publicados para que seja possível pagar sua hospedagem e trazer notícias a você de forma gratuita. Por favor, considere nos apoiar desabilitando o seu bloqueador de anúncios. Obrigado

Refresh