web analytics

Estes bilionários poderão encontrar vida fora da Terra antes da NASA: Milner, Musk, Bezos, Bigelow, Zuckerberg

Veja o que Milner, Musk, Bezos, Bigelow e Zuckerberg têm em comum:

Milner, Musk, Bezos, Bigelow, Zuckerberg

O bilionário russo Yuri Milner anunciou na conferência da Nova Era Espacial em Seattle seus planos de patrocinar um projeto para enviar naves espaciais à lua de Saturno, Encélado para procurar por vida alienígena. Milner parece mais um de uma tendência recente de bilionários que colocam suas vistas nas estrelas e usam seu dinheiro para ajudar o homem a explorar o cosmos.

Entre o custo do pagamento dos cientistas, a coleta de materiais e a construção de equipamentos de ponta, as viagens espaciais são caras. Mas e quanto àqueles para os quais o dinheiro não é um problema? À medida que a tecnologia continua a avançar e a idéia de viagens espaciais se torna mais realista, um número crescente de cidadãos mais ricos do mundo se envolvem na pressa internacional para explorar o nosso universo, e talvez até encontrar a vida alienígena ao longo do caminho.

Aqui estão cinco dos indivíduos mais reconhecidos (e mais ricos) que competem com a NASA na corrida espacial internacional.

 

Yuri Milner

Yuri Milner © The Economist Events / Facebook

Milner anunciou seus planos para financiar uma missão para Encelado, uma lua de Saturno, na conferência New Space Age em Seattle. O bilionário russo é citado em Forbes como o investidor tecnológico mais influente da Rússia. Milner foi um dos primeiros investidores no Facebook e Twitter, e mais recentemente investiu no Spotify e Airbnb.

Hoje, Milner está mais interessado na vida alienígena do que na tecnologia e, na conferência, explicou suas esperanças de enviar uma missão privada a Encelado ‘relativamente logo’ para investigar se os jatos recentemente observados são uma indicação de vida extraterrestre, informou o New Scientist.

 

Elon Musk

Elon Musk.

Talvez o nome mais conhecido na lista, Musk é o CEO da SpaceX, uma empresa que projeta, cria e até lança naves espaciais, satélites e foguetes no sistema solar. No entanto, Musk não está tão preocupado com a viagem intergaláctica quanto com a criação de uma colônia em nosso próximo vizinho do sistema solar.

Musk delineou seus objetivos intergalácticos em um artigo publicado em junho de 2017, e sugere que, se tudo for planejado, as naves poderiam começar a voar para Marte em apenas 10 anos.

 

Jeff Bezos

Bezos é o fundador da Amazon e tem uma fortuna estimada em US$ 99 bilhões. Ele também quer entrar na corrida espacial e anunciou no início deste ano seus planos para usar alguns de seus bilhões para financiar a pesquisa para levar o homem a Marte e além.

No momento, Bezos está começando pequeno e trabalhando para fazer viagens espaciais acessíveis e realistas. Isso envolve a criação de vôos comerciais para o espaço que são muito mais baratos do que o quarto de milhão de dólares oferecido pela Virgin Atlantic. No entanto, Bezos expressou que, eventualmente, ele gostaria de trabalhar rumo ao objetivo de ter milhões de pessoas vivendo e trabalhando no espaço, informou o New York Times.

 

Robert Bigelow

Este bilionário do setor imobiliário é muito aberto com sua crença na vida extraterrestre e se orgulha de ter gastado ‘milhões e milhões e milhões’, mais do que qualquer outra pessoa nos EUA, na busca de provar que os extraterrestres são reais. Bigelow é também o fundador e presidente da Bigelow Aerospace, uma empresa com sede em Las Vegas que trabalha para projetar e criar naves espaciais, tanto para o governo quanto para empresas privadas, nas quais os humanos poderiam viver .

Até agora, a empresa lançou com sucesso duas espaçonaves, a Genesis I e II. Ela também é responsável pelo módulo de atividade expansível Bigelow (BEAM), que agora está anexado ao módulo Tranquility da Estação Espacial Internacional.

 

Mark Zuckerberg

Nem mesmo o criador do Facebook pode resistir ao fascínio de saber o que está além das estrelas. Zuckerberg fez parceria com o Star Shot Project, um projeto destinado a enviar robôs no espaço, para exploração. O projeto foi saudado como o ‘projeto de busca alienígena mais ambicioso de todos os tempos’ e tem o apoio de Stephen Hawking.

Embora o projeto não enviaria seres humanos para o espaço, os robôs tirariam fotografias que seriam enviadas de volta à Terra, permitindo-nos ver o que (ou quem) está escondido nos lugares mais distantes do universo.

As empresas privadas também podem estar na liderança, mas a linha de chegada para esta Corrida Espacial não está muito clara. A primeira iteração foi indiscutivelmente ‘conquistada’ quando Neil Armstrong deu seus primeiros passos na Lua, então esta sequência terminaria quando estabelecermos a primeira base da Lua? Quando um humano andará em Marte? Quando deixamos o sistema solar?…

…As empresas privadas não estão sujeitas aos mesmos processos lentos que muitas vezes bloqueiam os projetos governamentais, e elas podem garantir ou redistribuir o financiamento muito mais rapidamente, se necessário. No entanto, ao contrário de agências como a NASA, elas têm acionistas para serem mantidos felizes e precisam constantemente buscar rentabilidade.

Os dois setores (governamental e privado), portanto, têm uma tremenda oportunidade de ajudar uns aos outros. As empresas privadas podem gerar receita através de contratos governamentais – por exemplo, a NASA contratou a Boeing para transportar astronautas para a Estação Espacial Internacional (ISS) e a SpaceX fechou um acordo com a Força Aérea dos EUA para lançar seu drone secreto. Isso deixa as agências governamentais livres para prosseguirem com o tipo de pesquisa prospectiva e de longo prazo que pode não gerar receita imediata, mas isso pode ser mais tarde simplificado e aprimorado no setor privado. Esses ambiciosos viajantes espaciais estão focados em criar habitats no espaço para que os astronautas ou outros habitem, e gastam milhões para provar que os extraterrestres são reais.

(Fonte)


E estes são só cinco deles, pois há muitos mais.

Com exceção de Bigelow, que teve a coragem de dizer em rede nacional e no horário nobre nos Estados Unidos que os alienígenas existem e estão nos visitando a Terra, os outros ainda não se manifestaram de forma mais incisiva sobre este assunto. Mas é claro, eu aposto que lá no fundo, assim como Bigelow, eles também acreditam na hipótese da visitação extraterrestre à Terra.

Bigelow disse que os ETs já estão aqui. E agora?

Quem diz que só existe a raça humana no Universo, ou não tem alcance intelectual para compreender a grandeza do cosmos, ou é pago para negar isso.

n3m3

Loading...

ATENÇÃO: Os comentários abaixo são de responsabilidade única e exclusiva de seus próprio autores e o site OVNI Hoje não se responsabiliza por quaisquer inconveniências por eles causados, como também reserva o direito aos seus moderadores de banir qualquer usuário que bem determinarem. Ao usar a área de comentários abaixo, você concorda com esses termos.

Assim, seja civilizado ao comentar e reporte abusos, marcando tais comentários como 'inapropriados', acessando a pequena flecha apontada para baixo no lado direito de cada comentário.

Obrigado.

Ad Blocker Detectado

Olá leitor. O OVNI Hoje depende dos anúncios aqui publicados para que seja possível pagar sua hospedagem e trazer notícias a você de forma gratuita. Por favor, considere nos apoiar desabilitando o seu bloqueador de anúncios. Obrigado

Refresh