web analytics

Crânios alongados de Paracas não são nativos da América, mostra resultado de DNA

Há três dias, foi publicado aqui no OH um artigo intitulado “Resultados recém obtidos de DNA de crânios alongados poderão reescrever nossa história“, onde dizia que pesquisadores estavam prestes a revelar algumas de suas descobertas sobre esses misteriosos crânios.

Abaixo está o que foi revelado até agora:

Crânios alongados de Paracas

Os Paracas eram uma mistura étnica incrivelmente complexa de pessoas … Há uma série de haplogrupos diferentes que foram encontrados nos testes de DNA dos crânios alongados de Paracas, e esses haplogrupos, que é sua ascendência genética, não se encaixam na história do Peru em qualquer forma ou maneira…

De acordo com um grupo de especialistas que lidam com o fenômeno dos crânios de Paracas, os recentes resultados de DNA revelaram que estes crânios alongados não são nativos da região.

Durante a década de 1920, um arqueólogo peruano chamado Julio Tello descobriu uma série de túmulos em Paracas, no Peru. O conteúdo da tumba deixou especialistas perplexos à medida que inúmeros crânios alongados foram recuperados das tumbas. Desde então,mais crânios alongados foram encontrados na região, levantando inúmeras questões sobre essas pessoas misteriosas.

Por mais de cinco anos, especialistas como Brien Foerster tentaram resolver o mistério por detrás dos crânios alongados. Embora tenham sido feitos muitos progressos na sua compreensão, a jornada foi muito difícil.

A análise deste crânio alongado, que tem cabelo ruivo, mostra que ele possui um haplogrupo mitocondrial U2e, o que pode significar que ele se originou em algum lugar do Cáucaso … longe de Paracas.

Após inúmeros estudos e pesquisas, começamos a descobrir mais sobre esses crânios misteriosos. Algumas análises de DNA mostraram que o alongamento presente no crânio de Paracas não foi o resultado da deformação craniana artificial, mas sim pela genética. Alguns dos Crânios de Paracas têm um volume craniano que é até 25% maior e 60% mais pesado do que os crânios humanos convencionais. Enquanto a deformação artificial da cabeça pode alterar o formato do crânio, ela não pode alterar seu volume.

No final da semana passado, um simpósio foi realizado em Los Angeles, onde os especialistas anunciaram novos resultados de testes realizados nos crânios alongados.

Os principais palestrantes do evento foram L.A. Marzulli e Brien Foerster.

Conforme relatado pelo site Megalith Marvels, Foerster, autor de vários livros sobre o assunto e um reconhecido especialista dos Crânios de Paracas, publicou a seguinte informação sobre os resultados de DNA acima mencionados.

Os resultados do DNA realmente foram incrivelmente complicados … Levará algum tempo para descobrir o que os resultados significam. O que mostra com certeza é que as pessoas de crânios alongados de Paracas não eram 100% americanos nativas. Eles eram uma mistura ou até mesmo você poderia dizer, de certa forma, um híbrido de pessoas diferentes.

Mais perguntas do que respostas …

Foerster explica:

Seus tipos sanguíneos também são muito complicados; eles deveriam ser do tipo “O” se forem 100% americanos nativos, e esse não é o caso. É provável que vejamos uma sub-espécie da humanidade em relação aos Paracas … Parece haver uma grande quantidade de evidências de DNA proveniente da Extremo Oriente da Europa e do Extremo Ocidente da Ásia. Mais especificamente, estou falando sobre a área entre o Mar Negro e o Mar Cáspio, onde antigamente pessoas de crânio alongado viveram há cerca de 3000 anos.

(Fonte)


Embora os testes de DNA tenham mostrado a origem surpreendente dessas pessoas de crânios alongados (e note que ninguém aqui falou que os crânios eram alienígenas), como era de se esperar, muitos arqueólogos convencionais estão combatendo esta notícia.

Impressionante como os “professores da impossibilidade” lutam ferrenhamente para que as coisas fiquem sempre iguais, tal como eles, os eternos donos da razão, acham que devem ser.

n3m3

Termos recém pesquisados por leitores:

Loading...

ATENÇÃO: Os comentários abaixo são de responsabilidade única e exclusiva de seus próprio autores e o site OVNI Hoje não se responsabiliza por quaisquer inconveniências por eles causados, como também reserva o direito aos seus moderadores de banir qualquer usuário que bem determinarem. Ao usar a área de comentários abaixo, você concorda com esses termos.

Assim, seja civilizado ao comentar e reporte abusos, marcando tais comentários como 'inapropriados', acessando a pequena flecha apontada para baixo no lado direito de cada comentário.

Obrigado.

Ad Blocker Detectado

Olá leitor. O OVNI Hoje depende dos anúncios aqui publicados para que seja possível pagar sua hospedagem e trazer notícias a você de forma gratuita. Por favor, considere nos apoiar desabilitando o seu bloqueador de anúncios. Obrigado

Refresh