web analytics

Planetas em Trappist-1 provavelmente podem abrigar vida alienígena

Planetas em Trappist-1 provavelmente podem abrigar vida alienígena

Parece cada vez mais provável que os sete mundos do sistema Trappist-1 possam abrigar a vida alienígena.

Em fevereiro de 2017, cientistas da NASA anunciaram a descoberta de sete planetas extrasolares em órbita da estrela Trappist-1, que está localizada a aproximadamente 40 anos-luz da Terra.

Foi a primeira vez que um grande número de mundos do tamanho da Terra foi encontrado dentro de um único sistema solar e pareceu haver uma boa chance de que pelo menos um deles pudesse ser habitável.

Desde então, os cientistas têm tentado aprender mais sobre o sistema Trappist-1, e agora quatro novos estudos foram publicados revelando o que encontraram.

Produzidos em colaboração com o astrônomo da Universidade de Birmingham, Dr. Amaury Triaud, as pesquisas buscaram refinar o que sabemos sobre aquela estrela, bem como a massa e os raios de seus planetas.

Os pesquisadores descobriram que todos os sete mundos extrasolares são rochosos, com até 5 por cento de sua massa sendo água – uma quantidade considerável em comparação com 0,02 por cento da Terra.

Também acredita-se que todos os sete exoplanetas são temperados, o que significa que a água líquida pode existir em suas superfícies.

Agora estão tentando determinar qual daqueles planetas é o mais provável de suportar a vida.

O Dr. Triaud disse:

Depois de descobrir este incrível sistema planetário, nossa equipe estava extremamente ansiosa para saber mais sobre Trappist-1.

Um ano depois, estamos relatando nossos resultados. Graças aos nossos esforços, os planetas Trappist-1 estão se tornando os mundos mais bem estudados fora do sistema solar.

(Fonte)

Colaboração: Lênio


Lembrando a todos que este é somente um entre bilhões de sistemas planetários em nossa galáxia. E, até agora, pudemos contabilizar bilhões de outras galáxias no Universo.

Interessante saber também que um estudo anterior determinou que o sistema planetário Trappist-1 aparenta ter mais possibilidade de vida do que o nosso próprio planeta.

E tem gente que ainda acha que a vida só ocorreu na Terra.

Sistema planetário TRAPPIST-1 tem mais possibilidades de vida do que a Terra, conclui estudo

n3m3

Termos recém pesquisados por leitores:

ATENÇÃO: Os comentários abaixo são de responsabilidade única e exclusiva de seus próprio autores e o site OVNI Hoje não se responsabiliza por quaisquer inconveniências por eles causados, como também reserva o direito aos seus moderadores de banir qualquer usuário que bem determinarem. Ao usar a área de comentários abaixo, você concorda com esses termos.

Assim, seja civilizado ao comentar e reporte abusos, marcando tais comentários como 'inapropriados', acessando a pequena flecha apontada para baixo no lado direito de cada comentário.

Obrigado.

Ad Blocker Detectado

Olá leitor. O OVNI Hoje depende dos anúncios aqui publicados para que seja possível pagar sua hospedagem e trazer notícias a você de forma gratuita. Por favor, considere nos apoiar desabilitando o seu bloqueador de anúncios. Obrigado

Refresh