web analytics

SETI ataca para tentar derrubar provas da existência de OVNIs, com explicações absurdas

SETI ataca para tentar derrubar provas da existência de OVNIs

Crédito da imagem: express.co.uk

Como nossos leitores mais assíduos sabem, em dezembro passado um artigo do New York Times revelou a existência de um projeto secreto dos EUA do Departamento de Defesa que investigou o fenômeno OVNI por cinco anos, de 2007 a 2012. Logo após, foram divulgados dois vídeos obtidos pela Marinha dos EUA, mostrando o que foi filmado por câmeras em infravermelho de aviões caças. 

Aqueles que não estão a par daquela notícia, ou não viram os vídeos, poderão acessar clicando aqui e aqui.

Mas, como já era de se esperar, a ciência de tendência predominante agora está tentando desmoralizar aquilo que foi divulgado.

De acordo com o site express.co.uk, em um podcast de rádio do Big Picture Science Skeptic Check, produzido no Instituto SETI (sim, aquele instituto que diz estar procurando por vida extraterrestre ao escutar por transmissões de rádio vindas do espaço), um painel de “especialistas” diz ter examinado a filmagem que foi liberada pelo Pentágono.

James McGaha, um piloto aposentado da Força Aérea dos EUA, astrônomo e diretor do Observatório Grasslands, fez parte do painel e diz não estar convencido de que o vídeo seja prova de nada.

De acordo com o artigo, McGaha disse:

As pessoas vêem o que querem ver.

Se você não for treinado para saber o que está olhando, o cérebro preencherá as lacunas.

McGaha ainda disse que os pilotos não eram observadores treinados para fenômenos astronômicos.

Ele disse:

A câmera aqui detecta calor e mostra o brilho do calor, e não como o objeto se parece.

Isso significa que o objeto é mais quente do que as nuvens.

 

Ora, obviamente o objeto é mais quente do que a nuvem. Não seriam as nuvens mais frias do que um objeto voador com algum tipo de dispositivo para poder sustentá-lo no ar?  Será que o astrônomo McGaha convenientemente esqueceu de suas aulas básicas de física?

Ele continua:

O que é quase certo é que se trata da exaustão de algum avião a uma certa distância; ele poderia estar a dezenas de quilômetros de distância.

Isso poderia ser dois motores a jato em uma aeronave – quando isso foi filmado, estava em vídeo, eles não viram nada visualmente’.

Então, o cara que não estava lá, diz que se trata de uma aeronave à distância, menosprezando não só o piloto que viu o objeto (na verdade foram mais de um piloto) com seus próprios olhos e ainda relatou seu comportamento ao se deslocar em velocidades impossíveis para a tecnologia que conhecemos. McGaha também menospreza o equipamento militar altamente preciso e sofisticado do caça. 

McGaha continua com mais asneiras que chegam a ser mais ridículas do que as antigas desculpas dos militares de que os OVNIs eram o planeta Vênus, ou simplesmente gás do pântano:

É improvável que o que é visto no vídeo esteja se movendo.

Pilotos e policiais não são observadores treinados como astrônomos e muitas vezes vêem o que acreditam.

É claro, astrônomos são mesmo treinados para observarem OVNIs… só que não!

Ele ainda disse:

Tenho 40.000 horas de experiência de olhar o céu noturno como um astrônomo e milhares de horas de voo à noite em aviões, e nunca vi nada que eu não entendesse o que era.

Devo admitir, aqui ele pode estar falando a verdade.  Quando possivelmente viu algo estranho, ele entendeu perfeitamente o que era e guardou segredo para si mesmo, pois seus chefes não aprovariam que ele falasse. E não é agora, como parte do segmento da ciência que foge do fenômeno dos OVNIs como o diabo foge da cruz, que ele vai falar.

 

E as asneiras continuaram além disso, mas nem vale a pena comentar, pois trata-se de um discurso óbvio de alguém que quer desmoralizar um fenômeno que já está mais do que comprovado como sendo real.

 

Os comentários de McGaha certamente não foram bem recebidos por alguns daqueles que escutavam o podcast.

Um usuário escreveu:

O vídeo em questão vem de uma câmera de armas. Os pilotos de caça são pessoas extremamente bem treinadas.

Presumir que eles são incapazes de usar seu equipamento e não são competentes para distinguir uma aeronave de algo incomum é realmente forçar a barra.

Independentemente disso, o corpo de anos de pesquisa honesta estabelece que algo de fora de nossa civilização conhecida está sendo visto nos céus e nos corpos de água. Nenhuma quantidade de tentativas para desbancar isto irá mudar esses fatos.

O usuário Thomaswastaken acrescentou:

Os eventos em vídeo são corroborados por pelo menos um piloto.

Os vídeos, de acordo com a fonte, são de dois jatos diferentes, em duas horas diferentes do dia.

O relatório do evento diz que seis pilotos viram o objeto pessoalmente. Além disso, um navio e um E2 Hawkeye tinham o objeto no radar quando atuavam como controle de tráfego aéreo.

Até que você possa explicar múltiplas linhas de evidências interativas, você não tem base alguma para tentar desbancar o relato.

Mas isso é assim mesmo. São macaquinhos mandados para manter o status quo, pois para aqueles que estão no poder não é conveniente que saiamos do casulo imposto por eles mesmos.

Só espero que esta corrente não seja forte o suficiente para estagnar o movimento que está tentando trazer à tona a verdade sobre o fenômeno dos OVNIs.

Quanto aos absurdos falados por McGaha, só posso dizer a ele:

Você sabia que um astrônomo com um currículo um pouco melhor que o seu, Clyde Tombaugh (sim, isso mesmo: o cara que descobriu Plutão), declarou ter visto OVNIs? Ele até disse o seguinte: “Eu acho que vários cientistas de reputação não estão sendo científicos quando recusam considerar a possibilidade da origem e natureza extraterrestres“.

Então Sr. McGaha, recomendo que tire a tampa da lente de seu telescópio, pois funciona melhor dessa forma.

Famosos que avistaram OVNIs: Clyde Tombaugh, descobridor de Plutão

n3m3

"

ATENÇÃO: Os comentários abaixo são de responsabilidade única e exclusiva de seus próprio autores e o site OVNI Hoje não se responsabiliza por quaisquer inconveniências por eles causados, como também reserva o direito aos seus moderadores de banir qualquer usuário que bem determinarem. Ao usar a área de comentários abaixo, você concorda com esses termos.

Assim, seja civilizado ao comentar e reporte abusos, marcando tais comentários como 'inapropriados', acessando a pequena flecha apontada para baixo no lado direito de cada comentário.

Obrigado.

Ad Blocker Detectado

Olá leitor. O OVNI Hoje depende dos anúncios aqui publicados para que seja possível pagar sua hospedagem e trazer notícias a você de forma gratuita. Por favor, considere nos apoiar desabilitando o seu bloqueador de anúncios. Obrigado

Refresh