web analytics

Sinal vindo de uma galáxia distante pode ser somente uma novela alienígena

Sinal vindo de uma galáxia distante

A cacofonia de sinais de rádio e televisão transmitidos nos últimos 100 anos efetivamente transformou a Terra em um megafone astral, violando a tranquilidade do infinito com pulsos incessantes de som e vídeo. Nosso exibicionismo desnudo certamente é digno de um Asbo interestelar, com cada transmissão escapando para o espaço e poluindo toda a galáxia.

Teoricamente, qualquer civilização alienígena razoavelmente avançada poderia facilmente sintonizar este ouro cósmico do para uma visão abrangente do século passado da Terra. Estima-se que nossas transmissões mais antigas – as primeiras transmissões de rádio – já alcançaram algumas centenas de estrelas ‘próximas’…

O astrofísico Carl Sagan, certa vez, ironicamente teorizou que a primeira transmissão de televisão com um sinal poderoso o suficiente para alcançar extraterrestres teria sido os comícios de Hitler em Nuremberga…

No entanto, as transmissões funcionam em ambos os sentidos. Não é nenhum segredo que até mesmo este primitivo posto avançado tem recebido transmissões de rádio do espaço profundo por décadas. Interpreta-las e explicá-las é outro assunto, com cientistas levando décadas para descobrir que a grande maioria dos sinais de rádio interestelar naturalmente emanam de estrelas de nêutrons chamadas pulsares. Contudo, grandes anomalias persistem – o exemplo mais famoso sendo uma transmissão misteriosa captada pelos astrônomos no ano passado.

Em agosto, a descoberta do FRB 121102 foi anunciada com entusiasmo – a primeiro ‘rajada rápida de rádio’ que realmente se repetiu. Este era um fenômeno sem precedentes e profundamente incomum. A insistência do sinal permitiu que os telescópios mais poderosos do mundo descobrissem onde se originou, o que acabou por ser uma galáxia distante, longe – a três bilhões de anos-luz da Terra…

Para deixar isso ainda mais misterioso, esta transmissão perplexa recentemente entrou em overdrive, com quantidades inimagináveis ​​de energia focada sendo maniacamente jogadas no espaço e no tempo – como o martelo de Thor sendo atacado por um pica-pau. O único fato sólido que os cientistas podem deduzir é que é afortunado que estejamos tão longe – uma única explosão de milisegundo irradia a mesma energia que o nosso Sol faz em um dia. “Se isso fosse mesmo no lado distante da nossa própria galáxia, perturba completamente o rádio na Terra e saturaria os sinais nos smartphones”, disse Shami Chatterjee, associado de pesquisa em astronomia da Universidade de Cornell. “Tudo o que está acontecendo é assustador. Nós não gostaríamos de estar lá.”

A especulação sobre a fonte do sinal se concentra em novos tipos de buracos negros, estrelas em colisão e, sim, o envolvimento de extraterrestres. Não é uma teoria tão absurda como parece – esses tipos de sinal são exatamente o tipo de emissão universal que os cientistas esperariam de civilizações como a nossa. Andrew Siemion, diretor do Berkeley SETI Research Center, concorda. “Não podemos descartar a hipótese ET para as RRRs”, ressaltou.

Com o sinal FRB 121102 agora com três bilhões de anos, qualquer civilização capaz de transmiti-lo teria há muito tempo se destruída, sendo substituída por máquinas ou incinerada pelo seu sol moribundo. É certamente um alerta que possamos encontrar em breve um destino semelhante…

(Fonte)

Eis aqui um dos mistérios do nosso Universo que será muito difícil de ser desvendado. Os astrônomos podem até teorizar sobre isto, mas vindo tão distante assim da nossa galáxia, essa rajada rápida de rádio irá gerar muita teoria e pouco fato.

Misteriosos sinais vindos do espaço acabam de deixar os cientistas ainda mais intrigados

n3m3

"

ATENÇÃO: Os comentários abaixo são de responsabilidade única e exclusiva de seus próprio autores e o site OVNI Hoje não se responsabiliza por quaisquer inconveniências por eles causados, como também reserva o direito aos seus moderadores de banir qualquer usuário que bem determinarem. Ao usar a área de comentários abaixo, você concorda com esses termos.

Assim, seja civilizado ao comentar e reporte abusos, marcando tais comentários como 'inapropriados', acessando a pequena flecha apontada para baixo no lado direito de cada comentário.

Obrigado.

Ad Blocker Detectado

Olá leitor. O OVNI Hoje depende dos anúncios aqui publicados para que seja possível pagar sua hospedagem e trazer notícias a você de forma gratuita. Por favor, considere nos apoiar desabilitando o seu bloqueador de anúncios. Obrigado

Refresh