web analytics

Reatores nucleares em miniatura poderão ser usados em Marte

Reatores nucleares em miniatura poderão ser usados em Marte

O projeto Kilopower desenvolveu um tipo de reator de fissão nuclear em miniatura para uso em outros mundos.

Criado através de um consórcio entre a NASA e o Departamento de Energia, o reator, que em breve passará por testes no deserto de Nevada, poderá se tornar uma parte integrante das futuras missões para Marte.

Disponível em configurações de 1KW ou 10KW, o reator tem o potencial de alimentar tudo, desde os locais de habitação de astronauta até as instalações necessárias para transformar recursos brutos em combustível utilizável.

Em comparação, a fonte de energia no jipe-sonda Curiosity que está em Marte só gera 120 watts.

O líder do projeto Kilopower, Pat McClure, disse:

Sua torradeira de pão usa cerca de um quilowatt. Em uma casa normal você usa cerca de 5 KW em média por dia, em qualquer momento.

Perceba, porém, que isso é muita energia para a NASA. Na NASA eles são acostumado com dezenas a centenas de watts. Portanto, ter um quilowatt ou 10 quilowatts é muita eletricidade.

Uma das maiores preocupações com o uso de reatores nucleares no espaço é o que acontece se o lançamento der errado e os perigosos materiais nucleares caírem no planeta.

No entanto, neste caso, a McClure sustenta que o reator Kilopower não tem nada para que nos preocupemos.

As pessoas sempre pensam que você vai voar Chernobyl para o espaço ou algo assim. Antes de executar a fissão de um reator, há poucas quantidades de radioatividade que existem no núcleo, porque é urânio, mas é muito pequeno. Se algo acontecesse em um acidente de lançamento, não vai realmente apresentar um problema ao público.

Você está falando muito menos do que um milirem para uma dose máxima. A maioria das pessoas estaria no alcance de microrem. Está menos, muito menos do que você receberia de radiação de fundo ou fazendo um vôo de avião.

(Fonte)

Colaboração: Lênio

n3m3

ATENÇÃO: Os comentários abaixo são de responsabilidade única e exclusiva de seus próprio autores e o site OVNI Hoje não se responsabiliza por quaisquer inconveniências por eles causados, como também reserva o direito aos seus moderadores de banir qualquer usuário que bem determinarem. Ao usar a área de comentários abaixo, você concorda com esses termos.

Assim, seja civilizado ao comentar e reporte abusos, marcando tais comentários como 'inapropriados', acessando a pequena flecha apontada para baixo no lado direito de cada comentário.

Obrigado.

Ad Blocker Detectado

Olá leitor. O OVNI Hoje depende dos anúncios aqui publicados para que seja possível pagar sua hospedagem e trazer notícias a você de forma gratuita. Por favor, considere nos apoiar desabilitando o seu bloqueador de anúncios. Obrigado

Refresh