web analytics

Os OVNIs são reais e usam energia que poderá mudar nosso futuro, diz especialista

Os OVNIs são reais

Os OVNIs são reais e usam tecnologia extremamente avançada que poderia levar a avanços na produção de energia na Terra, foi dito ontem (12/01/2018).

Jan Harzan, um dos maiores pesquisadores mundiais do OVNIs, disse que sua organização provou nos últimos 50 anos que os discos voadores realmente existem.

O Sr. Harzan é diretor executivo da Mutual UFO Network (MUFON), a maior organização mundial dedicada aos OVNIs e à pesquisa alienígena.

A organização com base nos EUA mantém um banco de dados de avistamentos que é atualizado diariamente, com muitos casos investigados.

Até agora, a MUFON analisou mais de 100.000 casos de OVNIs.
Muitos são explicados, mas a organização diz que cerca de cinco por cento não têm explicação terrestre.

O Sr. Harzan estava falando em resposta a recentes revelações de que o governo dos Estados Unidos investiu milhões de dólares em uma investigação secreta sobre a ameaça potencial representada pelos OVNIs.

Ele disse:

A MUFON vem investigando e pesquisando o fenômeno OVNI desde 1969.

Primeiro, os OVNIs são reais; segundo, os OVNIs representam tecnologia extremamente avançada; e terceiro, grandes avanços irão acontecer se fizermos com que nossos cientistas e engenheiros façam o estudo desse fenômeno sem impedimento.

Estes avanços envolvem os campos de propulsão, energia, comunicação, biologia e consciência, para citar apenas alguns.

Muitos dos que acreditam na realidade dos OVNIs estão convencidos de que estes objetos são alimentados por um sistema de ‘energia livre’ que não tem custo para produzir.

Há uma crescente teoria da conspiração de que o governo dos EUA já sabe como aproveitar esse poder, depois de supostamente recuperar um OVNI em Roswell em 1947.

No entanto, a teoria afirma que aqueles que estão por detrás da indústria de combustíveis fósseis acobertaram sua existência para que possam continuar a ganhar dinheiro com a fonte de energia poluente.

As declarações ocorreram após as revelações do mês passado sobre o Programa Avançado de Identificação de Ameaças de Aviação do Pentágono (AATIP) que apresentou imagens da Marinha dos EUA de um OVNI misterioso na costa de San Diego em novembro de 2004.

Luis Elizondo, o ex-oficial da inteligência que dirigiu o AATIP e depois deixou seu posto, disse que o OVNI desafiava as leis da física.

O Sr. Harzan disse que a notícia foi um ‘ponto de virada’ na investigação OVNI.

Ele disse à Space.com:

Esta é apenas a ponta do iceberg.

Os cofres militares de MUFON estão cheios de tais vídeos e dados sobre esses objetos.

Agora que os portões foram abertos um pouco, é hora do resto sair de forma ordenada.

E, ao fazê-lo, que fique seguro para os nossos cientistas e engenheiros estudarem este fenômeno sem medo de ridícularização, mas com financiamento fornecido pelo Congresso e indústria privada.

Alejandro Rojas, porta-voz da Scientific Coalition for Ufology  – SCU (Coalisão Científica para Ovnilogia), disse por serem inexplicáveis não significava que os OVNIs sejam alienígenas.

Ele disse:

Lembre-se, o ‘NI’ significa “Não Identificado”, e não alienígena.

Não sabemos o que são essas coisas.

Só porque ficamos incomodados com a idéia de alienígenas não significa que não devemos investigar quando as pessoas que pilotam nossa tecnologia mais avançada dizem que encontram algo que supera suas aeronaves. Seria altamente negligente não investigar.

Steven Aftergood do Project on Government Secrecy (Projeto sobre o Segredo Governamental) na Federação dos Cientistas Americanos em Washington, DC, também pediu cautela.

Ele disse:

É um pouco consternador ver quão rapidamente os fenômenos aéreos não identificados são interpretados publicamente e retratados como OVNIs de origem possivelmente extraterrestre.

Coletivamente, todos devemos nos tornar mais inteligentes e mais perceptivos, não mais estúpidos e ingênuos.

(Fonte)

A declaração final de Steven Aftergood, ao meu ver, está corretíssima. Porém, ele se contradiz, pois ser “mais inteligente e perceptivo” não significa descartar prontamente a possibilidade de que os OVNIs possam ser de origem extraterrestre, como ele e muitas pessoas fizeram após ser provado que os OVNIs são mesmo reais. TODAS as possibilidade devem ser consideradas e estudadas. Rejeitar a possibilidade de que os OVNIs possam ser extraterrestres, sem os devidos estudos, é tão estúpido e preconceituoso quanto o contrário.

Seria muito bom se os cientistas de tendência predominante seguissem à risca aquilo que pregam. Se o fizessem e deixassem o preconceito de lado, muitos mais avanços seriam obtidos para a raça humana.

n3m3

Termos recém pesquisados por leitores:

Loading...

ATENÇÃO: Os comentários abaixo são de responsabilidade única e exclusiva de seus próprio autores e o site OVNI Hoje não se responsabiliza por quaisquer inconveniências por eles causados, como também reserva o direito aos seus moderadores de banir qualquer usuário que bem determinarem. Ao usar a área de comentários abaixo, você concorda com esses termos.

Assim, seja civilizado ao comentar e reporte abusos, marcando tais comentários como 'inapropriados', acessando a pequena flecha apontada para baixo no lado direito de cada comentário.

Obrigado.

Ad Blocker Detectado

Olá leitor. O OVNI Hoje depende dos anúncios aqui publicados para que seja possível pagar sua hospedagem e trazer notícias a você de forma gratuita. Por favor, considere nos apoiar desabilitando o seu bloqueador de anúncios. Obrigado

Refresh