web analytics

Diminuição do brilho de estrela não é devido a alienígenas, dizem cientistas

Diminuição do brilho de estrela não é devido a alienígenas

Se alguma vez houve uma megaestrutura alienígena em órbita da Estrela Tabby, há muito se desintegrou em pó. Os mergulhos na luz da estranha estrela são quase definitivamente causados ​​por um anel de poeira, não um grande objeto opaco entre nós e a estrela.

Em 2015, uma equipe de astrônomos liderada por Tabetha Boyajian da Universidade Yale viu a luz da estrela KIC 8462852 de repente diminuir seu brilho. A estrela, apelidada de estrela Tabby em homenagem a Boyajian, diminuiu seu brilho em até 22% durante vários dias, antes de retornar ao normal.

Em maio de 2017, a estrela começou a diminuir novamente. Boyajian, Jason Wright, da Universidade Estadual da Pensilvânia, e seus colegas convidaram os operadores que usavam telescópios ao redor do mundo a olharem para a estrela Tabby. Eles obtiveram os dados mais detalhados que já tivemos sobre como sua luz mudou enquanto as diminuições do brilho ocorriam.

Eles descobriram que a luz não estava escurecendo em todos os comprimentos de onda, indicando que o que quer que seja que estivesse bloqueando o brilho da estrela, não poderia ser uma estrutura sólida e opaca. Isso significa que a idéia de que esse escurecimento poderia ser causado por uma megaestrutura alienígena agora é ainda mais improvável.

Em vez disso, os pesquisadores dizem que provavelmente há densos bolsões de poeira que circundam a estrela, provavelmente causada por cometas ou asteróides que deixam um rastro de poeira enquanto orbitam. Esta poeira bloqueia mais luz azul do que a luz vermelha.

“É claro que não são alienígenas, tanto quanto eu posso provar que qualquer coisa não seja um alienígena”, diz Wright. “Parece que é uma poeira antiga e ordinária, que é o que a maioria das pessoas pensou que era todo esse tempo”.

(Fonte)

Colaboração: Osnir Stremel Jr

Talvez o melhor título para o artigo acima seria: Cientistas de tendência predominante aliviados em descobrir que a diminuinção do brilho ao redor de estrela não é causado por uma estrutura alienígena.

A Estrela Tabby tem sido motivo de muita controvérsia desde que Tabetha Boyajian descobriu suas características anômalas. O que alguns astrônomos sugeriram foi que ao redor dessa estrela poderia estar sendo construída uma Esfera de Dyson, que seria uma megaestrutura alienígena usada para captar a energia da estrela. Como reportado em um artigo de 2014 aqui no OH, Dyson propôs que uma civilização Tipo II pode até mesmo construir esferas gigantescas ao redor de suas estrelas, para mais eficientemente utilizar sua energia total.

Porém, temos que lembrar que nem sequer sabemos se alienígenas avançados realmente constroem tais estruturas, pois a Esfera de Dyson foi uma imaginária estrutura sugerida pelo físico cujo nome foi dado a ela, Freeman Dyson.

Mas é claro, a comunidade científica de tendência predominante usará esta noticia para declarar: “Viram só? Alienígenas não existem!”

n3m3

Termos recém pesquisados por leitores:

ATENÇÃO: Os comentários abaixo são de responsabilidade única e exclusiva de seus próprio autores e o site OVNI Hoje não se responsabiliza por quaisquer inconveniências por eles causados, como também reserva o direito aos seus moderadores de banir qualquer usuário que bem determinarem. Ao usar a área de comentários abaixo, você concorda com esses termos.

Assim, seja civilizado ao comentar e reporte abusos, marcando tais comentários como 'inapropriados', acessando a pequena flecha apontada para baixo no lado direito de cada comentário.

Obrigado.

Ad Blocker Detectado

Olá leitor. O OVNI Hoje depende dos anúncios aqui publicados para que seja possível pagar sua hospedagem e trazer notícias a você de forma gratuita. Por favor, considere nos apoiar desabilitando o seu bloqueador de anúncios. Obrigado

Refresh