web analytics

Piloto de caça que perseguiu OVNI pede aos líderes mundiais que levem a sério a ameaça alienígena

Piloto de caça que perseguiu OVNI pede aos líderes mundiais

Ex-piloto militar dos EUA, David Fravor, testemunhou OVNI fazendo manobras impossíveis.

Um piloto norte-americano que afirma ter perseguido uma nave alienígena advertiu os líderes mundiais que levem a sério os avistamentos de OVNIs.

O comandante do piloto da Marinha dos EUA aposentado, David Fravor, falou em apoio ao ex-oficial de inteligência do governo dos Estados Unidos, Luis Elizondo, que revelou ter gerenciado um departamento de pesquisa de OVNIs no Pentágono, chamado Advanced Aviation Threat Identification Program (AATIP)…

Elizondo foi responsável pela publicação de vídeos anteriormente classificados como secretos, do Departamento de Defesa dos EUA, de encontros com OVNIs – um dos quais mostra a nave que Fravor viu voar a uma velocidade incrível.

O Comandante Fravor, de 53 anos, estava voando um dos dois caças em uma missão de treinamento de rotina a cerca de 160 quilômetros no oceano Pacífico, na costa de San Diego, quando foram desviados para verificar uma aeronave que apareceu no radar de seu navio-cruzeiro da marinha, o USS Princeton.

O operador disse que estavam rastreando uma dúzia de aeronaves misteriosas há mais de duas semanas, mas não haviam despachados aviões tripulados quando estas apareceram.

O objeto apareceu pela primeira vez a 80.000 pés (24.000 metros), então se precipitou para o mar, parando a 20.000 pés (6.000 metros) e pairando antes de desaparecer do radar.

Quando o Comandante Fravor chegou, ele viu uma nave branca pairando a 50 pés (15 metros) acima de uma perturbação no oceano.

Ele disse:

Ela estava simplesmente se movendo aleatoriamente por aí – essa coisa branca de 40 pés (12 metros) de comprimento, tic tac, sem asas.

Era um dia claro com fundo azul e ela era perfeitamente branca. Não vimos nenhuma janela, nenhuma forma de propulsão, nada, apenas um grande objeto branco.

Era arredondada em ambas as extremidades e tinha um corpo cilíndrico que arredondava, a mesma coisa de frente para trás.

Eu não pude dizer do que era feito, era branco brilhante, mas não refletia muita luz.

Fravor voou em direção à nave que começou a subir em sua direção, passando-o a cerca de 12 mil pés (3.500 metros). Ele acha ter chegado a menos de meia milha (800 metros) do objeto.

Ele disse:

Eu literalmente persegui essa coisa e ela começou a nos espelhar, era como se percebesse que estávamos lá. Cruzei para o outro lado, para ver se eu poderia me aproximar e ela acelerou rapidamente e desapareceu. Em questão de um segundo, ela se foi.

Quando foi perguntado o que passou por sua mente, ele disse:

Eu estava pensando, “Isso é muito estranho”. Em 16 anos de vôo, eu nunca tinha visto nada disso. Nada que possa pairar e subir a essa velocidade e acelerar e simplesmente desaparecer.

Eu estava mais curioso do que com medo. Eu queria ver o quão perto eu poderia chegar dela, para ver o que era.

Os dois aviões de combate foram informados para dirigir-se a um ponto de encontro a 60 milhas (100 km) de distância.

No entanto, o operador de rádio no Princeton emitiu uma mensagem dizendo que a nave misteriosa apareceu na sua frente.

Neste ponto, outra aeronave foi enviada para investigar e gravar imagens de radar da nave. O vídeo de 90 segundos mostra o objeto em forma alongada pairando, antes de se deslocar para a esquerda, no que parece ser uma velocidade sem precedentes.

Fravor disse:

Isso bloqueou o radar, você não conseguia travá-lo num radar convencional.  Você poderia passivamente rastreá-lo e vê-lo, mas se você tentasse travá-lo no radar, ele não permitia que você fizesse isso.

Quando ele decola e vai para o lado, isto é uma distância significativa para viajar em um período de tempo muito curto, estamos falando de milhas, essa coisa simplesmente ‘puf ‘ e em cerca de um segundo está fora do lado da tela.

Você olha para o vídeo, não há nenhum rastro de escapamento, não há nenhuma indicação de como essa coisa está se movendo. Tendo visto muitos aviões diferentes, você pode sempre pelo menos ver pontos quentes onde o escape está saindo. Visualmente, eu estava perto o suficiente para saber que “não temos nada assim”.

Ele insistiu que o objeto era de origem alienígena.

Ele disse:

Eu sei o que vi, foi impressionante, teve um desempenho incrível, obviamente eu não estava em um ato hostil com ela; você teria suas mãos muito ocupadas se tivesse.

Honestamente, não penso que os humanos tenham a tecnologia para fazer o que isso fez. Nem o corpo humano pode suportar acelerações como essa. É uma tecnologia incrível para poder ir ao espaço e voltar e pairar sobre a água.

Eu sei o que vi e as outras três pessoas que estavam lá viram ao mesmo tempo. Acho que você teria dificuldade em questionar minha credibilidade quanto a experiência de vôo. Eu sou totalmente são, com boa saúde, eu não uso drogas.

Fisicamente a vimos e a perseguimos e somos os únicos que realmente chegaram perto de uma dessas coisas.

Fravor agora está convidando o especialista espacial britânico Stephen Hawking para ver o vídeo e dar sua opinião sobre ele.

Fravor disse:

Eles deveriam estar conversando com Stephen Hawking. Ele é um homem brilhante, eu gostaria de ouvir seus pensamentos sobre isso. Eles disseram que estão falando com alguns outros físicos teóricos como ele sobre as possibilidades.

E em um severo aviso para os governos de todo o mundo, ele acrescentou:

Todos nós precisamos levá-los a sério como uma espécie, porque não sabemos a intenção dessas coisas, se eles são como o ET (do filme do mesmo nome) é ótimo, mas se são como (no filme) a Guerra dos Mundos, nem tanto.

Você pode ignorá-los e esperar que eles apenas observem, ou você pode fazer algo sobre isso e tentar entender o que eles estão fazendo e desenvolver tecnologia, caso eles tenham uma má intenção…

(Fonte)

Veja abaixo o vídeo de uma outra entrevista com o piloto David Fravor pela CNN, legendado pelo canal João Marcelo no YouTube:

Embora o David Fravor, como bom militar, está preocupado com a segurança do nosso planeta, eu não estou nem um pouco, pois se essas entidades responsáveis pelos OVNIs quisessem nos atacar, elas já o teriam feito há muito tempo, muito antes de desenvolvermos armamentos nucleares.  E mesmo os armamentos mais sofisticados que temos hoje parecem não ser páreo para eles.

Assim, nossa preocupação deve ser focada em descobrir em definitivo quem eles realmente são, de onde vêm e qual é sua agenda.

n3m3

Termos recém pesquisados por leitores:

Loading...

ATENÇÃO: Os comentários abaixo são de responsabilidade única e exclusiva de seus próprio autores e o site OVNI Hoje não se responsabiliza por quaisquer inconveniências por eles causados, como também reserva o direito aos seus moderadores de banir qualquer usuário que bem determinarem. Ao usar a área de comentários abaixo, você concorda com esses termos.

Assim, seja civilizado ao comentar e reporte abusos, marcando tais comentários como 'inapropriados', acessando a pequena flecha apontada para baixo no lado direito de cada comentário.

Obrigado.

Ad Blocker Detectado

Olá leitor. O OVNI Hoje depende dos anúncios aqui publicados para que seja possível pagar sua hospedagem e trazer notícias a você de forma gratuita. Por favor, considere nos apoiar desabilitando o seu bloqueador de anúncios. Obrigado

Refresh