web analytics

O que Neil deGrasse não está reconhecendo sobre os OVNIs

Há dois dias (22) foi publicado aqui no OH o artigo intitulado Importante astrônomo dá sua opinião sobre as recentes liberações do Pentágono sobre OVNIso qual gerou discussões interessantes na área de comentários.

Embora eu tenha concordado em parte com o cientista quando ele diz que não há provas de que os OVNIs sejam naves de seres extraterrestres, o posicionamento do astrônomo falhou, e muito, em sua postura como cientista, pois não seria a “missão” de um homem da ciência estar interessado em decifrar o desconhecido? Afinal, já está mais do que comprovado e até mesmo admitido pelos governos mundiais de que o fenômeno dos OVNIs é mesmo real. Resta saber porque ele ocorre e quem é responsável por ele, com provas incontestáveis.

Após maiores pesquisas na internet, encontrei um artigo falando justamente sobre a postura de deGrasse, e trago abaixo um trecho daquele artigo que pode ser de interesse a todos:

O que Neil deGrasse não está reconhecendo sobre os OVNIs

O que Neil não está reconhecendo

Em primeiro lugar, Neil não está reconhecendo que esta é uma ocorrência comum, e tem sido há décadas. Ele não está reconhecendo que está claro que estamos olhando para uma tecnologia de controle inteligente e altamente sofisticada.

Encontros com OVNIs têm sido rastreados no radar, bem como visivelmente confirmados milhares de vezes, e este é apenas um exemplo de encontros múltiplos, muitos dos quais são muito mais extraordinários do que este.

Isto posto, este foi bastante extraordinário. Estamos falando de objetos que viajam a velocidades tremendas e realizam manobras que nenhuma aeronave conhecida pode realizar, algumas das quais desafiam nossa compreensão atual da física.

Um dos pilotos de um desses encontros particular, David Fravor, descreve sua experiência da seguinte maneira:

Quando cheguei perto disso, provavelmente dentro de uma milha a meia milha (1,6 km a 0,8 km), acelerou rapidamente para o sul e desapareceu em menos de dois segundos. . . . Não tinha asas. . . não havia rotores. . . . Isso foi extremamente abrupto. Como uma bola de pingue-pongue saltando da parede, ele bate e vai para o outro lado e muda as direções à vontade. E, em seguida, a capacidade de pairar sobre a água e, em seguida, iniciar uma subida vertical de basicamente zero para cerca de 12.000 pés, e depois acelerar em menos de dois segundos e desaparecer – é algo que eu nunca tinha visto na minha vida.

Neil pode estar certo sobre o fato de que não sabemos o que é, mas isso não significa que devemos ignorar o fenômeno. Ele também não fornece explicações alternativas. Ele nem sequer especula sobre o assunto, o que é estranho porque estamos falando, mais uma vez, de um objeto que realiza manobras nunca antes vistas, exibindo recursos tecnologicamente avançados que são extremamente avançados.

Pode não ser ET, mas, caso contrário, de onde é? Pelo que nos disseram, os militares nem têm acesso a esse tipo de tecnologia. Se vieram das forças armadas, como os pilotos militares e os seus superiores não conheceriam uma nave nas proximidades, dado que eles próprios são representantes dos militares?

Seriam essas naves feitas pelo homem, talvez de um programa aeroespacial oculto que nem mesmo os militares dos EUA conhecem? Quem sabe. Mas o fato de que Neil deGrasse-Tyson nem mesmo reconheceu as características operacionais destas naves mostra que ele realmente não reconhece o significado e as implicações de tais avistamentos…

(Fonte)

Infelizmente, Neil deGrasse-Tyson é um cientista que só tem postura de cientista quando lhe convém.

n3m3

Loading...

ATENÇÃO: Os comentários abaixo são de responsabilidade única e exclusiva de seus próprio autores e o site OVNI Hoje não se responsabiliza por quaisquer inconveniências por eles causados, como também reserva o direito aos seus moderadores de banir qualquer usuário que bem determinarem. Ao usar a área de comentários abaixo, você concorda com esses termos.

Assim, seja civilizado ao comentar e reporte abusos, marcando tais comentários como 'inapropriados', acessando a pequena flecha apontada para baixo no lado direito de cada comentário.

Obrigado.

Ad Blocker Detectado

Olá leitor. O OVNI Hoje depende dos anúncios aqui publicados para que seja possível pagar sua hospedagem e trazer notícias a você de forma gratuita. Por favor, considere nos apoiar desabilitando o seu bloqueador de anúncios. Obrigado

Refresh