web analytics

A existência do tempo – Um dos maiores mistérios do Universo

 

Um dos maiores mistérios do Universo

Sem dúvida, o tempo é um dos grandes mistérios do Universo e pensadores, filósofos, cientistas e nós, as pessoas comuns, temos pensado sobre a existência do tempo e o que exatamente ele é, por um longo tempo.

Portanto, porque tantas pessoas tentaram defini-lo, há muitas “definições” de tempo.

Então, eles dizem, por exemplo, que o ‘tempo’ é:

  • O contínuo, o progresso indefinido da existência e dos acontecimentos no passado, presente e futuro, que – como sabemos – existem de uma só vez ;
  • Uma dimensão em que os eventos podem ser ordenados do passado através do presente para o futuro, e também a medida das durações dos eventos e dos intervalos entre eles;
  • Uma quantidade contínua e mensurável em que os eventos ocorrem em uma sequência procedente do passado, através do presente para o futuro, e muitas mais outras definições.

Infelizmente, não há uma definição única adotada por pessoas comuns; elas simplesmente não conseguem definir exatamente o que o tempo é.   Elas geralmente concordam que o tempo é um ‘contínuo’, que segue o esquema passado – presente – futuro , e os eventos acontecem irreversivelmente, e eles não podem ser evitados.

Isso significa que concordamos que o tempo existe e que a existência de tempo parece ser algo absolutamente normal e real, porque vivemos todos os dias, funcionamos de acordo com rotinas como escola, trabalho, sono, etc. e tudo é colocado em prazos para tornar nossas vidas mais fáceis e mais disciplinadas.

Muitos físicos, no entanto, dizem que o tempo em si realmente não existe.

É uma ilusão criada nas mentes humanas e somente sua existência está codificada em nossas mentes. Para nós, o tempo está ‘correndo’ e muitas vezes dizemos: “o tempo está passado … tenho que ir … “, mas do ponto de vista dos físicos, o tempo não está fluindo ou passando, ele simplesmente – é.

Além disso, o tempo não funciona como uma sequência de eventos que aconteceram, acontece agora ou acontecerá no futuro. Esses eventos – como parte do espaço-tempo de quatro dimensões – existem todos de uma vez.

Mas alguns deles já aconteceram, alguns acontecem e alguns – por enquanto – permanecem como um grande desconhecido para nós. Nós, seres humanos, fazemos a diferença entre passado, presente e futuro, mas como o grande Albert Einstein disse:

A distinção entre passado, presente e futuro é apenas uma ilusão teimosamente persistente.

Já no século XVI, Angelus Silesius (1624 – 1677), sacerdote e médico católico alemão, conhecido como poeta místico e religioso, também disse:

O tempo se faz por si mesmo, seu relógio anda na sua cabeça.

No momento em que você parar o pensamento, o tempo para…

Algumas décadas atrás, um físico teórico estadunidense, John Archibald Wheeler (1911 – 2008), juntamente com seu colega, Bryce DeWitt (1923 – 2004), físico norte-americano, introduziu o termo buraco negro e desenvolveu uma equação denominada a ‘Equação Wheeler-DeWitt’ que mostrou que o tempo não existe como tal.

A equação permaneceu muito controversa por um longo tempo, porque os cientistas tiveram dificuldades em aceitar que o tempo não existe no nível da matéria.

Em seu livro “About Time: Einstein’s Unfinished Revolution“, Paul Davies escreve que “há muitos séculos, São Agostinho de Hipona, um dos pensadores mais proeminentes do mundo, especializado na natureza do tempo, deu uma resposta perspicaz, se enigmática, a esta pergunta:

Se ninguém me pergunta, eu sei; mas se alguém exigir que eu lhe diga, não posso…

Quanto ao tempo e a Deus, Agostinho e vários outros pensadores cristãos colocam Deus no reino da eternidade. “Supremo acima do tempo porque é um presente sem fim. Nesta existência, o tempo não passa; em vez disso, Deus percebe todos os tempos ao mesmo tempo…”

Assim, o Deus do cristianismo clássico não só existe fora do tempo, mas também conhece o futuro, bem como o passado e o presente…

Há muitos problemas com o tempo e, provavelmente, o tempo continuará sendo um dos maiores enigmas da humanidade, pelo menos por um longo período, porque, como o Prof. Wheeler disse:

De todos os obstáculos para um relato de existência completamente penetrante, nenhum se mostra de forma mais assustadora do que “tempo”.

Explique o tempo? Não sem explicar a existência. Explique a existência? Não sem explicar o tempo. Para descobrir a conexão profunda e oculta entre o tempo e a existência, para fechar em si o nosso quarteto de perguntas, é uma tarefa para o futuro. (“Hermann Weyl and the Unity of Knowledge”)

(Fonte)

E por falar em tempo, há quem diga que a viagem no tempo ocorre desde a antiguidade:

A viagem no tempo pode estar ocorrendo desde a antiguidade

Termos recém pesquisados por leitores:

"

ATENÇÃO: Os comentários abaixo são de responsabilidade única e exclusiva de seus próprio autores e o site OVNI Hoje não se responsabiliza por quaisquer inconveniências por eles causados, como também reserva o direito aos seus moderadores de banir qualquer usuário que bem determinarem. Ao usar a área de comentários abaixo, você concorda com esses termos.

Assim, seja civilizado ao comentar e reporte abusos, marcando tais comentários como 'inapropriados', acessando a pequena flecha apontada para baixo no lado direito de cada comentário.

Obrigado.

Ad Blocker Detectado

Olá leitor. O OVNI Hoje depende dos anúncios aqui publicados para que seja possível pagar sua hospedagem e trazer notícias a você de forma gratuita. Por favor, considere nos apoiar desabilitando o seu bloqueador de anúncios. Obrigado

Refresh