web analytics

Os OVNIs não fazem parte de um único fenômeno, mas de vários, acredita editor de site especializado

O editor do site UFO Conjectures tem uma visão interessante sobre os OVNIs. Veja:

OVNIs não fazem parte de um único fenômeno

A ideia de que os OVNIs representam um fenômeno único deve ser descartada de uma vez por todas.

As “coisas” que apareceram por sobre nossas cabeças e no solo, e mesmo nas águas da Terra, são múltiplas em essência e tipo.

Não há um tipo de OVNI, e o fato – e é sim um fato – que os OVNIs representam muitos tipos de realidade pressupõe que as percepções enigmáticas são de fenômenos, e estes não são tangíveis, muito prováveis.

(Presumo que alguns de vocês gostariam de se desviar para uma discussão de essência e tipo, mas deixe-me ficar dentro do entendimento comum de ambos.)

Nós, entusiastas de OVNIs, sabemos que os eles apareceram em uma multitude de configurações: formas de luz múltiplas, muitas estruturas semelhantes a hardware, centenas de exibições aéreas de forma ímpar, uma quantidade de embarcações de veículos no solo (com uma infinidade de entidades diversas), e amorfos como o sonho, como espetáculos semelhantes a fantasmas.

No meu círculo, pensar que as naves sejam do espaço exterior faz pouco sentido, a Terra é muito remota, obscura e sem importância para provocar visitas extraterrestres, mas posso admitir a possibilidade de que alguns OVNIs que foram avistados tenham sido naves espaciais de uma espécie avançada (civilização) que tropeçou sobre este planeta em uma missão exploratória espacial, e nessa espécie talvez retorne esporadicamente ao longo de milênios.

Mas se esse foi ou é o caso, parece que as estruturas usadas pela espécie (ou provavelmente um contingente de Inteligência Artificial) não aparecem em uma enxurrada de modelos de naves.

Ou seja, os OVNIs, se forem naves espaciais, não apareceriam em uma variedade de configurações tão grande quanto as relatadas por testemunhas de OVNIs. Isso seria muito criativo ou impraticável para uma espécie avançada continuar atravessando a galáxia ou o Universo se as leis da economia estiverem em jogo.

E mesmo sem qualquer temperança econômica por uma espécie extraterrestre “rica”, o bom senso sugere que uma esquadrilha de OVNIs de tão longe não seria tão florida quanto ao que os humanos tem avistado; seria muito estrambólico para uma espécie avançada, moderada, que é prática o suficiente para viajar em torno do espaço por curiosidade, em vez de ostentação.

Então, com uma observação ocasional de OVNI, que seja realmente um vislumbre de uma excursão por ETs, temos que admitir – e sei que isso é difícil para alguns de vocês – que todas as outras observações de OVNIs devem ser imaginárias ou furtos de alucinação, porque pode não pode haver um vasto exército de visitantes espaciais, usando seus próprios veículos interestelares únicos para explorarem a Terra, a qual, como costumo propor, é muito inútil para convidar tal atenção.

Os OVNIs oferecem uma variedade de possibilidades além de veículos para o transporte de ETs: projeções do id humano, aquele malvado corpulento do inconsciente (freudiano), um mau funcionamento neurológico ou um impulso imaginativo de uma disposição pré ou sub esquizofrênica.

A variedade de observações de OVNIs mitiga contra um fenômeno válido. Nenhum fenômeno já foi tão profundamente diversificado, nenhum.

Assim, os OVNIs são fenômenos, fenômenos mentais provavelmente, ou fenômenos reais oferecidos por uma força ou forças que brincam com a existência humana, com a realidade humana.

E, portanto, seria melhora para nós, entusiastas de OVNIs, lidarmos com a etiologia mental errante ou perseguir, filosoficamente, a fonte da feitiçaria dos Discos Voadores: Deus ou o Criador Omnipotente da Matriz .

(Fonte)

A opinião apresentada acima não pode ser descartada, porém, quem é que sabe com certeza quais são as origens deste intrigante fenômeno?

Sim, é muito provável que alguns representantes de nossa espécie já tenham o domínio dessa informação e, se este for realmente o caso, eles não estão compartilhando conosco; ou até mesmo os que estão compartilhando são aqueles taxados de lunáticos ou charlatões.  Ou ainda, talvez não merecemos, como uma raça de briguentos desequilibrados que somos, saber a origem ou origens deste fenômeno.

Talvez um dia, esperançosamente logo, teremos a resposta.

n3m3

Termos recém pesquisados por leitores:

Loading...

ATENÇÃO: Os comentários abaixo são de responsabilidade única e exclusiva de seus próprio autores e o site OVNI Hoje não se responsabiliza por quaisquer inconveniências por eles causados, como também reserva o direito aos seus moderadores de banir qualquer usuário que bem determinarem. Ao usar a área de comentários abaixo, você concorda com esses termos.

Assim, seja civilizado ao comentar e reporte abusos, marcando tais comentários como 'inapropriados', acessando a pequena flecha apontada para baixo no lado direito de cada comentário.

Obrigado.

Ad Blocker Detectado

Olá leitor. O OVNI Hoje depende dos anúncios aqui publicados para que seja possível pagar sua hospedagem e trazer notícias a você de forma gratuita. Por favor, considere nos apoiar desabilitando o seu bloqueador de anúncios. Obrigado

Refresh