web analytics

15.000 cientistas emitem um alerta à humanidade

alerta à humanidade

Milhares de cientistas de 184 países emitiram uma dura advertência sobre o futuro do nosso planeta.

O aviso, que vem 25 anos depois de apenas 1.500 cientistas terem emitido um alerta semelhante em 1992. No Twitter, o hashtag é #ScientistsWarningToHumanity.

A campanha foi iniciada por William Ripple, da Faculdade de Engenharia Florestal da Universidade Estadual de Oregon (EUA) que, junto com o estudante Christopher Wolf, realizou uma análise revisada de cada uma das preocupações que haviam sido levantadas há quarto de século.

Com a exceção de um rápido declínio na taxa de destruição do ozônio, os resultados foram sombrios.

Além de mudanças climáticas, Ripple destacou várias preocupações ambientais, incluindo zonas oceânicas mortas, diminuição da biodiversidade, perdas florestais e pesca marinha insustentável.

Ele disse:

As tendências são alarmantes, e falam por si próprias.

Os cientistas de todo o mundo estão muito preocupados com o estado do mundo, a situação ambiental e as mudanças climáticas. Portanto, isto lhes permite ter uma voz coletiva.

Co-autora, Professora Eileen Crist também ecoou as preocupações destacadas no relatório:

Estamos no meio de um evento de extinção em massa que é antrópica. Se perdemos 50 a 75 por cento das espécies do planeta neste século – que é o que os cientistas estão nos dizendo – o que vai acontecer se continuarmos a operar da mesma forma? Se isso acontecer, não poderá ser consertado.

(Fonte, via)

E a raça humana continua achando que quando tudo acabar vai poder comer o dinheiro que gerou com a devastação.

Precisamos desesperadamente de uma interseção vinda de cima, seja espiritual ou alienígena, pois somos incapazes de consertar esta tendência estúpida por nós mesmos. 

Contudo, as chances disso acontecer são ínfimas: se os asnos não conseguem salvar a si mesmos, então não merecem continuar.

n3m3

Termos recém pesquisados por leitores:

ATENÇÃO: Os comentários abaixo são de responsabilidade única e exclusiva de seus próprio autores e o site OVNI Hoje não se responsabiliza por quaisquer inconveniências por eles causados, como também reserva o direito aos seus moderadores de banir qualquer usuário que bem determinarem. Ao usar a área de comentários abaixo, você concorda com esses termos.

Assim, seja civilizado ao comentar e reporte abusos, marcando tais comentários como 'inapropriados', acessando a pequena flecha apontada para baixo no lado direito de cada comentário.

Obrigado.

Ad Blocker Detectado

Olá leitor. O OVNI Hoje depende dos anúncios aqui publicados para que seja possível pagar sua hospedagem e trazer notícias a você de forma gratuita. Por favor, considere nos apoiar desabilitando o seu bloqueador de anúncios. Obrigado

Refresh