web analytics

O mistério da suposta estrutura alienígena está longe de ser resolvido, ao contrário do que alguns astrônomos estão alegando

suposta estrutura alienígena

No início deste mês, astrônomos utilizando telescópios da NASA anunciaram a quatro ventos que teriam resolvido o mistério da “Estrela Tabby” (KIC 8462852).

Para aqueles que não lembram ou não seguiram o caso, esta famosa estrela deixou os astrônomos perplexos, porque ela aumentava e diminuía seu brilho de forma anormal.  Este fato fez com que alguns astrônomos considerassem a possibilidade de que esse estranho comportamento pudesse estar sendo causado por uma gigantesca estrutura de uma civilização extraterrestre ao seu redor.

Mas é claro, os astrônomos associados à NASA não podiam deixar por menos e tiveram que achar uma solução para o caso que não envolvesse nenhuma inteligência alienígena no processo.  Assim, de acordo com o renomado site científico scientificamerican.com, esses astrônomos agora alegam que a causa desse estranho fenômeno é somente poeira espacial ao redor da estrela. Isto depois de já terem levantado outras razões que envolviam enxames de cometas e outras coisas bizarras, mas que sempre foram derrubadas por outros estudiosos.

Veja o que o site Scientific American mencionou sobre este novo estudo:

 

Os astrônomos chegaram a esta conclusão, depois de notarem que esse escurecimento era mais pronunciado na banda ultravioleta (UV) do que na luz infravermelha. Qualquer objeto maior que um grão de poeira causaria um escurecimento uniforme em todos os comprimentos de onda, disseram membros da equipe de estudo.

“Isso descarta a teoria da megaestrutura alienígena, pois isso não poderia explicar o escurecimento dependente do comprimento de onda”, disse o autor principal Huan Meng, da Universidade do Arizona, em um comunicado . “Suspeitamos, em vez disso, que há uma nuvem de poeira em órbita da estrela, com um período orbital de aproximadamente 700 dias”.

Todavia, o próprio site Scientific American admite que o mistério não foi totalmente solucionado. Veja:

No entanto, o novo estudo não resolve todos os mistérios da KIC 8462852. Por exemplo, não aborda os mergulhos de brilho de 20% a curto prazo, que foram detectados pelo telescópio espacial Kepler da NASA. (Kepler agora está observando uma parte diferente do céu durante sua missão estendida de K2 e não acompanhará a estrela de Tabby para o futuro previsível).

E um estudo diferente – liderado por Joshua Simon dos Observatórios da Instituição Carnegie para Ciência em Pasadena, na Califórnia – descobriu que a estrela de Tabby teve duas grandes variações de brilho nos últimos 11 anos. (Simon e seus colegas também determinaram que a estrela diminuiu cerca de 1,5 por cento de fevereiro de 2015 até agora).

Até este trabalho, pensávamos que as mudanças de luz da estrela só estavam ocorrendo em uma direção – escurecendo”, disse Simon em um comunicado . “A percepção de que a estrela às vezes fica mais brilhante além de períodos de escurecimento é incompatível com a maioria das hipóteses para explicar o seu comportamento estranho”.

E assim, embora alguns astrônomos tenham declarado que o mistério dessa estrela esteja resolvido, na verdade ele está longe disso, deixando assim a chama do otimismo acesa no coração daqueles que torcem para que o estranho comportamento dessa estrela seja da alguma forma associado ao fato de não estarmos sós no Universo.

Para saber mais detalhes sobre esta misteriosa estrela, acesse o artigo abaixo:

O veredito ainda não foi dado sobre a possibilidade de ETs ao redor da estrela KIC 8462852

n3m3

ATENÇÃO: Os comentários abaixo são de responsabilidade única e exclusiva de seus próprio autores e o site OVNI Hoje não se responsabiliza por quaisquer inconveniências por eles causados, como também reserva o direito aos seus moderadores de banir qualquer usuário que bem determinarem. Ao usar a área de comentários abaixo, você concorda com esses termos.

Assim, seja civilizado ao comentar e reporte abusos, marcando tais comentários como 'inapropriados', acessando a pequena flecha apontada para baixo no lado direito de cada comentário.

Obrigado.

Ad Blocker Detectado

Olá leitor. O OVNI Hoje depende dos anúncios aqui publicados para que seja possível pagar sua hospedagem e trazer notícias a você de forma gratuita. Por favor, considere nos apoiar desabilitando o seu bloqueador de anúncios. Obrigado

Refresh