web analytics

Vice-Xerife realmente viu o OVNI de Roswell e sua tripulação morta, segundo investigações recentes

ovni de Roswell e sua tripulaçãoUma entrevista em vídeo com o falecido Charles Forgus, um Vice-Xerife de Big Springs no Condado de Howard, Texas, surgiu em junho, na qual ele disse que ele e seu superior viram o local do acidente do suposto OVNI de Roswell em julho de 1947.

O Sr. Forgus descreveu em detalhes para um investigador privado como ele viu um disco voador cair e alienígenas mortos sendo removidos antes da dupla ser solicitada a deixar o local.

O relato, filmado em 1999, foi lançado nos livro UFOs Today, 70 Years of Lies , Misinformation and Government Cover-Up (OVNIs Hoje, 70 Anos de Mentiras, Desinformação e Acobertamento pelo Governo) pela Dra. Irena Scott em junho.

Vice-Xerife Charles Forgus e sua esposa. Crédito: express.co.uk

O investigador UFO britânico Philip Mantle, que o publicou, diz que ele foi criticado por outros no campo por liberar o vídeo, em meio a alegações de que era um ‘falso testemunho’.

No entanto, o Mantle diz que novas investigações têm justificado o lançamento e alega que o Sr. Forgus estava dizendo a verdade.

Roswell tem estado no coração da cena OVNI desde julho de 1947, quando os militares sensacionalmente anunciou num comunicado de imprensa que tinham encontrado os restos de um disco voador que caiu no deserto nas proximidades.

Mas no dia seguinte eles retiraram a declaração, dizendo que era na verdade um balão de ar da Força Aérea dos EUA danificado.

Testemunhas mais tarde se manifestaram para dizer que haviam corpos de alienígenas dentro da ‘nave que caiu’, os quais, junto com os destroços, foram então levados para uma base militar ultra-secreta misteriosa.

Houve alegações e contra-alegações, inclusive que os corpos eram bonecos de teste e que teria sido um balão de espionagem  ultra-secreto sobre os russos.

Toda a confusão significa que é uma das maiores teorias conspiratórias do mundo até hoje.

O Sr. Forgus descreveu ter ouvido sobre o local do acidente no rádio da polícia, enquanto ele e o Xerife Jess Slaughter estavam em rota perto de Roswell para pegar um prisioneiro.

Ele disse que a dupla fez um desvio e viram um disco voador no chão e corpos misteriosos sendo removidos.

No entanto, uma outra investigação pela Mutual UFO Network sediada nos Estados Unidos (MUFON) concluiu que ele pode ter testemunhado um acidente de seis anos mais tarde, envolvendo um vôo de treinamento da Força Aérea dos EUA e que não tinha nada a ver com alienígenas.

Depois que o livro foi lançado, a MUFON também investigou o testemunho.

Devido às discrepâncias de cronologia, foi deduzido que ele pôde ter visto um acidente diferente.

Foi descoberto que o Sr. Slaughter, o xerife mencionado pelo Sr. Forgus, não foi o xerife em 1947. Ele desempenhou o cargo nos anos 1950.

E o Sr. Forgus não foi Vice-Xerife até 1953, de acordo com os registros.

Artigos no jornal Big Springs Weekly Herald foram encontrados, informando sobre o Xerife Slaughter e o Vice-Xerife Forgus em 1953.

O investigador de MUFON Robert Spearing não ficou convencido que o Sr. Forgus viu o acidente de OVNI em Roswell, mas pode ter estado no local de um acidente da Força Aérea dos Estados Unidos em 1953.

Ele observou que a investigadora em 1999 nem sequer perguntou ao Sr. Forgus a data, ou mesmo ano do incidente, ou a localização precisa, apesar de dizer na introdução do livro que foi o acidente de Roswell em julho 1947.

Sr. Spearing encontrou um artigo no Reno Evening Gazette, da noite de 28 de agosto de 1953, que disse que 11 pilotos tinham sobrevivido a um acidente de um bombardeiro B-50 que pousou com as rodas para cima nas planícies suavemente onduladas, 35 milhas (56 km) ao sudoeste de Tatum, no Novo Mexico.

O Sr. Spearing disse em um relatório de investigação da MUFON:

Isto coincide com a viagem para o oeste, pouco antes deles irem em direção a o norte, para Roswell.

No entanto, ele disse que este acidente conflitou com o relato do Sr. Forgus, pois não envolveu um disco e não havia cadáveres.

O Sr. Spearing especulou que o acidente, como relatado, poderia ter sido uma história de acobertamento para um acidente de aeronaves experimentais, em que as pessoas morreram, e isso era o que o Sr. Forgus realmente viu.

Ele concluiu:

Parece altamente improvável que o Sr. Forgus estava forjando uma história de inverdades.

Seu intervalo de tempo não bate, mas parece provável que ele se deparou com algo incomum no deserto, juntamente com o Sr. Slaughter.

Também parece mais provável que o evento ocorreu em 1953, quando os militares dos EUA estavam testando a nave em formato de disco Vertical Take Off Landing (VTOL) algumas das quais tinham 100 pés de diâmetro (30 metros) e, provavelmente, eram pilotadas por um ou dois pilotos.

Isto torna improvavel que tenha sido o acidente de Roswell de julho de 1947, portanto 1953 ou depois é o melhor período do incidente.

Contudo, a MUFON foi incapaz de falar com qualquer parente do Sr. Forgus.

Mas, depois que a história foi publicada em junho, o Sr. Mantle e a Dra. Scott conseguiram encontrar o filho do Sr. Forgus, Glen Lee Forgus.

O filho do Sr. Forgus revelou que seu papai tinha falado anteriormente sobre ter visto o acidente em aproximadamente quatro ou cinco ocasiões.

O Sr. Mantle disse:

Ele falou a respeito disso com Glen, quando Glen era jovem.

A opinião de Glen era a de que Charles pensou que se tratava do acidente de Roswell.

No entanto, seu filho disse que seu pai não falou sobre ter visto corpos.

O Sr. Mantle acrescentou:

No começo, ele não pensou necessariamente que era um OVNI; Glen disse que naquele momento ele pode não ter tido nenhuma idéia o que era.

Charles pode não ter pensado sobre OVNIs quando viu pela primeira vez o acidente, porque ele não tinha sido exposto a muita ou mesmo nenhuma informação sobre OVNIs.

Mais tarde, quando ouviu na mídia sobre OVNIs e Roswell, ele achava que poderia ter sido isso.

Mantle acrescentou:

Glen também disse ter pensado que, quando Charles fez a viagem para Roswell, ele não foi com o Xerife Slaughter, mas com uma pessoa diferente, que poderia ter sido outro policial.

Ele não conseguia se lembrar do nome da pessoa com quem Charles tinha viajado ou quem era o xerife na época. Assim, o acidente poderia ter acontecido em 1947, que foi a época que Forgus lembrou ter sido.

Glen disse que Charles era uma pessoa muito correta e não se impressionava com o conhecimento falso. Ele era um tipo de pessoa que não gostava de besteiras, tendo trabalhado na aplicação da lei. Ele tinha sido um policial e estado nas forças armadas.

Assim, existe a possibilidade de que o Charles Forgus viu o acidente no período de tempo que ele relatou.

Em Julho, um sobrinho do Sr. Forgus também se manifestou. Ele disse que seu tio nunca mencionou o acidente, mas acrescentou:

Posso te dizer, ele não é uma pessoa que teria fabricado essa história.

Philip Mantle disse:

Ele era muito correto e não um tipo absurdo de pessoa..  é por isso que ele trabalhava com a aplicação da lei.

Um conhecido pesquisador de Roswell simplesmente rotulou o testemunho do Vice-Xerife Forgus como sendo uma mentira. Agora, temos informações de um sobrinho e do filho desta testemunha, o último dos quais apoia a história de seu falecido pai.

(Fonte)

Verdadeiro ou não, o testemunho do Vice-Xerife Forgus não muda o fato de que há muitas indicações que os militares estadunidenses mentiram descaradamente após as primeiras notícias de que um disco voador havia caído no deserto perto de Roswell.

No vídeo abaixo, você poderá ver o Sr. Forgus falando sobre o que testemunhou. (Para informações de como ativar a legenda em português, embora esta não seja precisa, clique aqui):

Lamentavelmente, o evento de Roswell já ocorreu há muito tempo, e quanto mais longe ficamos da data do ocorrido, mais difícil fica de estabelecer os fatos. Mas para aqueles que têm dúvidas de que algo sinistro realmente ocorreu perto da cidade de Roswell em 1947, fica aqui um artigo que pode mudar suas cabeças:

Documentos ultra-secretos sobre OVNIs são vazados, e confirmam o acidente de Roswell

n3m3

Termos recém pesquisados por leitores:

"

ATENÇÃO: Os comentários abaixo são de responsabilidade única e exclusiva de seus próprio autores e o site OVNI Hoje não se responsabiliza por quaisquer inconveniências por eles causados, como também reserva o direito aos seus moderadores de banir qualquer usuário que bem determinarem. Ao usar a área de comentários abaixo, você concorda com esses termos.

Assim, seja civilizado ao comentar e reporte abusos, marcando tais comentários como 'inapropriados', acessando a pequena flecha apontada para baixo no lado direito de cada comentário.

Obrigado.

Ad Blocker Detectado

Olá leitor. O OVNI Hoje depende dos anúncios aqui publicados para que seja possível pagar sua hospedagem e trazer notícias a você de forma gratuita. Por favor, considere nos apoiar desabilitando o seu bloqueador de anúncios. Obrigado

Refresh