web analytics

A partir de experimento em 2020 Marte poderá ser habitável novamente

Marte poderá ser habitável novamente

Em julho, o congressista estadunidense Dana Rohrabacher (R-CA 48º Distrito) perguntou a um painel seleto NASA sobre a possibilidade de civilizações em Marte “milhares de anos atrás”. A NASA, é claro, tem educadamente negado, mas ainda você podia ver a curiosidade infantil nos olhos de Rohrabacher.

No entanto, é esse tipo de expectativa quase tensa que acendeu o fogo em empresários como Elon Musk para elaborar planos de colonizar Marte. No momento, o custo seria de cerca de US $ 10 bilhões por pessoa, devido aos imensos desafios que obviamente vêm com este novo território.

A NASA pode não especular muito sobre outras formas de vida, pelo menos não em público, mas eles sabem muito bem que a engenhosidade infantil é um dos ingredientes especiais necessários para reduzir o custo radicalmente.

Agora que “Marte Ataca!” esperançosamente não é mais uma possibilidade, o que mais poderia ser feito no planeta vermelho para acender seu próprio fogo de novo? Marte realmente apresenta uma atmosfera, embora ela contenha apenas um mero 0. 13% de oxigênio, em comparação com 21% aqui na Terra.

O Administrador Chefe da NASA, Robert Lightfoot, quer aproveitar as possibilidades existentes e disse ao site Futurism em uma entrevista:

Mars 2020, tem um experimento onde realmente iremos tentar gerar oxigênio na atmosfera em Marte, claramente isso é uma capacidade humana mais à frente.

Conseguir mais com menos soa como um plano viável. Então, uma vez que o próximo robô chega em Marte em 2020 com a missão da NASA, ele vai levar a vida microbiana como algas e bactérias. Os cientistas acreditam que, se você alimentar os microorganismos no solo marciano, eles vão começar a criar oxigênio como um subproduto que pode ser usado para várias finalidades.

Isto poderia muito bem fornecer ar para uma colônia real e também pode ser usado como combustível de foguete para alimentar nossas naves que estarão indo para lá e voltando (com um pouco de fé do coração, é claro), que é uma perspectiva excitante e um grande passo no sentido de um Marte “terraformado” e habitável.

NASA realmente começou a pensar grande novamente e também tem planos para proteger a atmosfera preciosa com um escudo magnético artificial, e recentemente ainda mostrou o código para uma grande visão de uma base em Marte .

No entanto, a próxima fase da exploração espacial e de assentamentos no espaço gira principalmente em torno da Lua, a fim de demarcar sua posse, antes que as empresas privadas o façam.

Afinal, na Lua a NASA já propôs usar a mesma abordagem inovadora e transformar sua água existente em combustível de foguete para chegar a Marte de forma mais eficiente.

(Fonte)

Interessante o fato da NASA querer levar vida microbiana para Marte, na forma de algas e bactérias, após ela mesmo dizer que não quer contaminar o planeta vermelho, como pode ser visto no artigo abaixo.

Será que esta é uma forma da agência espacial contradizer quem declarar ter descoberto vida marciana nativa, pois agora ela terá a desculpa de que aquilo encontrado era somente contaminação pela vida que ela mesmo levou?

NASA muda rota de jipe-sonda para não contaminar água em Marte. Mas será que realmente precisa?

n3m3

Termos recém pesquisados por leitores:

ATENÇÃO: Os comentários abaixo são de responsabilidade única e exclusiva de seus próprio autores e o site OVNI Hoje não se responsabiliza por quaisquer inconveniências por eles causados, como também reserva o direito aos seus moderadores de banir qualquer usuário que bem determinarem. Ao usar a área de comentários abaixo, você concorda com esses termos.

Assim, seja civilizado ao comentar e reporte abusos, marcando tais comentários como 'inapropriados', acessando a pequena flecha apontada para baixo no lado direito de cada comentário.

Obrigado.

Ad Blocker Detectado

Olá leitor. O OVNI Hoje depende dos anúncios aqui publicados para que seja possível pagar sua hospedagem e trazer notícias a você de forma gratuita. Por favor, considere nos apoiar desabilitando o seu bloqueador de anúncios. Obrigado

Refresh